VMware Horizon Cloud Service on IBM Cloud 19.1 | 21 DE MAR DE 2019 

Consulte o Histórico de revisão abaixo para ver se há adições e atualizações para estas notas da versão.

Links para as notas da versão de outras versões (*indica o DaaS Agent): 15.3.2 | 15.3.3 | 16.6 | 16.6.1 | 16.6.2* | 16.11 | 16.11.1 | 16.11.2* | 17.1 | 17.1.1 | 17.2 | 18.1 | 18.3 | 18.4

Nota: A partir de 7 de fevereiro de 2019, o VMware Horizon® Cloud Service™ on IBM Cloud é o novo nome de marca para o que era conhecido como VMware Horizon® Cloud Service™ with Hosted Infrastructure. Na documentação do produto das versões atuais, os clientes continuarão a encontrar referências herdadas a nomes anteriores. Essas referências serão eliminadas progressivamente nas versões posteriores. A documentação do produto das versões mais antigas continuará refletindo os nomes que tinham no momento em que foram lançados.

O que há nas Notas de Versão

As notas de versão cobrem os seguintes tópicos:

Documentação do Produto

Para acessar a documentação do produto voltada para o usuário para todos os modelos de implantação do Horizon Cloud, consulte a página de documentação do VMware Horizon Cloud Service.

Informações de compatibilidade

Para obter as informações mais recentes sobre compatibilidade entre este produto e outros produtos VMware, consulte as matrizes de interoperabilidade de produtos VMware.

Novos recursos

  • Importar VMs no Console Administrativo do Horizon Cloud

    Consulte a seção VMs importadas do Guia de Administração.

  • Gerar logs para VMs em atribuições, bem como imagens e VMs importadas

    Consulte as seções Atribuições, Imagens e VMs importadas do Guia de Administração.

    Nota: Este recurso requer o Horizon Agent Installer 19.1.

  • Atribuir imagens em massa a várias atribuições/farms

    Consulte a seção Imagens do Guia de Administração.

  • Configuração de proxy de saída no Console Administrativo

    Embora esse proxy possa ter outros usos no futuro, o recurso inicial que ele oferece é o acesso ao Cloud Monitoring Service (CMS). Anteriormente, se as suas configurações de firewall e de rede não permitissem acesso ao CMS, que está hospedado na Amazon Web Services (AWS), não era possível usar as funções do CMS. Consulte a seção Configurações do Guia de Administração.

  • Migração de área de trabalho aprimorada

    Agora as VMs podem ser movidas entre atribuições dedicadas nos mesmos ou em diferentes Gerenciadores de Área de Trabalho. Consulte a seção Atribuições do Guia de Administração.

  • Aprimoramentos da segurança do domínio

    Há novas configurações para impedir o envio de nomes de domínio do Active Directory para os Horizon Clients e a exibição dos nomes nos Horizon Clients antes do login do usuário final.

    • Para impedir a comunicação de nomes de domínio para usuários não autenticados, os administradores de Horizon Cloud podem controlar se as informações relacionadas ao domínio são enviadas aos clientes do Horizon antes de o usuário final fazer login e se qualquer informação enviada é exibida nas várias telas de login dos Horizon Clients. Use essas configurações para obter o nível de segurança desejado. Para obter informações detalhadas sobre essas configurações e os cenários de uso, consulte a seção Configurações do Guia de Administração desta versão. As opções para a experiência do cliente do usuário final são:
      • Nenhuma informação de domínio é exibida na tela de login do cliente.
      • Somente o texto predefinido*DefaultDomain*é exibido na tela de login do cliente. Essa opção é fornecida para oferecer suporte aos Horizon Clients anteriores à versão 5.0.
      • Os nomes de domínio do Active Directory são exibidos na tela de login do cliente (este é o comportamento de exibição herdado nas versões anteriores).
    • Com a disponibilidade dessas configurações de segurança nesta versão de serviço, os padrões do sistema aplicados ao seu ambiente do Horizon Cloud a partir desta versão de serviço dependem se você tem uma conta de cliente ou uma nova conta que começa com esta versão:
      • Novas contas de cliente do Horizon Cloud são configuradas por padrão para que nenhuma informação de domínio seja enviada ao cliente antes do login do usuário final, e o campo domínio seja exibido na tela de login do cliente como*DefaultDomain*. Para uma nova conta de cliente com novos pods, os usuários finais que se conectam às suas áreas de trabalho provisionadas pelo pod verão esse comportamento, a menos que você use a página Configurações gerais do Console Administrativo para alterar as configurações de segurança do domínio. Importante: Essa configuração define os requisitos de como seus usuários finais especificam suas informações de domínio na tela de login do cliente, especialmente ao usar clientes mais antigos e em ambientes configurados com vários domínios do Active Directory. Para obter detalhes, consulte o Guia de administração desta versão.
      • As contas de cliente existentes do Horizon Cloud são configuradas por padrão para fornecer o comportamento herdado como era no nível de serviço anterior. Nesse caso, os nomes de domínio do Active Directory são enviados aos clientes, e os usuários finais que se conectam às suas áreas de trabalho provisionadas por pod existentes verão os nomes exibidos na tela de login do cliente. Para controlar o comportamento, todos os pods existentes devem ser atualizados para esta versão.
      • Até que todos os pods implantados existentes sejam atualizados para esta versão, os novos controles de Configurações de Segurança do Domínio não estarão disponíveis na página Configurações Gerais do Console Administrativo. Se você tiver um ambiente misto com pods não atualizados existentes e pods implantados recentemente neste nível de versão, os novos controles não estarão disponíveis. Quando todos os pods da conta forem atualizados, as configurações estarão disponíveis no Console Administrativo para serem ajustadas para o seu comportamento desejado.

Práticas recomendadas

Antes de usar o Horizon Cloud, é útil conhecer os seguintes fatos.

Compatibilidade com outros produtos VMware

Para obter as informações mais recentes sobre compatibilidade entre este produto e outros produtos VMware, consulte as matrizes de interoperabilidade de produtos VMware.

Experiência do navegador

O Console Administrativo é compatível com as versões recentes do Google Chrome, Mozilla Firefox, Microsoft Internet Explorer e Microsoft Edge. Mesmo que você possa tentar usar o Apple Safari, o uso do Console Administrativo no Apple Safari não é compatível nesta versão.

Criando uma VM de área de trabalho de modelo

Quando você estiver criando uma VM de modelo, depois de terminar de configurá-la, execute o seguinte comando no Windows PowerShell:

Get-AppxPackage|Remove-AppxPackage

Isso evita um possível problema de sysprep que leva a uma falha na publicação da imagem.

Limitações conhecidas

Edições de IP de servidor DNS para o tíquete de suporte de solicitação de ingresso no domínio

Após editar um domínio existente do Active Directory, não poderá mais editar diretamente IPs de servidor DNS no console administrativo. Para alterar os IPs do servidor DNS, registre um tíquete junto ao suporte da VMware.

Limite padrão de 2.000 desktops por pod

Agora, há um limite padrão de 2.000 VMs por pod, tanto nas atribuições de desktop quanto nos farms. Isso inclui máquinas virtuais criadas em versões anteriores do produto, mas não inclui desktops do utilitário ou importados. Ao criar ou editar uma atribuição ou farm e a capacidade restante exibida parecer estar muito baixa, talvez seja porque você atingiu o limite. O limite padrão de 2.000 pode ser ajustado na solicitação. Para obter mais informações, entre em contato com seu representante da VMware.

Atualizando imagens usando o acesso do console

A execução de atualizações de imagens (como agentes de atualização) usando o acesso do console sem colocar a imagem offline e depois acessá-la pelo Console do Helpdesk (recurso beta) não é suportada e pode causar problemas com a imagem e pools subsequentes usando essa imagem. Não tente executar atualizações de imagem dessa maneira. Sempre duplique a imagem do Console Administrativo e atualize-a usando o Console HACA.

Copiar e colar entre o sistema cliente e a VM com o HTML Access

Copiar e colar texto entre um sistema cliente e uma VM é suportado por padrão quando o usuário está conectado por meio do Horizon Client. No entanto, quando o usuário está conectado via HTML Access, você deve configurar esse recurso antes que o cliente possa usá-lo. Para obter mais informações, consulte a documentação do VMware Horizon HTML Access.

Os usuários ainda podem fazer login em áreas de trabalho dedicadas após serem removidos do grupo de usuários

Se um usuário estiver em um grupo do Active Directory atribuído a uma atribuição de área de trabalho dedicada, assim que o usuário fizer login em uma determinada área de trabalho, poderá continuar fazendo login na mesma área de trabalho até que o usuário seja desassociado dessa área de trabalho no Console Administrativo, a menos que o usuário seja removido totalmente do Active Directory ou a área de trabalho seja excluída.

Tempo de espera para gerar o relatório de atividades do administrador

Quando você inicia uma exportação na guia Administradores da página Atividade (Monitorar > Atividade > Administradores), há um intervalo de tempo à medida que o sistema gera o relatório, durante o qual você não pode executar outras tarefas no Console Administrativo. Dependendo do número de registros, esse intervalo pode levar vários minutos. Para o tamanho máximo do relatório (50.000 registros), o tempo de espera é de aproximadamente 10 minutos.

Classificação de dados no relatório de atividades do usuário exportado

Quando você exporta dados da guia Usuários da página Atividade (Monitorar > Atividade > Usuários), os dados no arquivo .csv gerado não são classificados por data. Existem duas opções para corrigir isso:

  • Abra o arquivo .csv no Excel e defina o formato de data das células que contêm datas para mm/dd/aa hh:mm AM/PM (por exemplo, 3/14/12 1:30 PM).
  • Crie uma nova pasta de trabalho do Excel em branco e use o assistente de importação de dados para importar o arquivo .csv.

Intervalo de tempo antes de as alterações nas configurações entrarem em vigor

Depois de alterada qualquer uma das configurações a seguir, poderá levar até 5 minutos para que a alteração entre em vigor.

  • Página Configurações Gerais (Configurações > Geral):
    • Tempo Limite da Sessão — Intervalo de Heartbeat do Cliente, Sessão do Agente do Cliente, Usuário Ocioso do Cliente
    • HTML Access — Credenciais de limpeza quando a guia é fechada
    • Opções de pool/farm — Habilitar Nova Tentativa do Cliente
  • Página de Gerenciamento de Identidade (Configurações > Gerenciamento de Identidade):
    • Selecione o item e clique em Configurar — Forçar usuários remotos ao Identity Manager

Convertendo um desktop para uma imagem

Se você iniciar a conversão de um desktop para uma imagem, mas cancelar antes da conclusão da tarefa, uma segunda tentativa de converter o desktop para uma imagem poderá falhar. Para evitar esse problema, você deve desligar o desktop e ligá-lo novamente antes de tentar convertê-lo uma segunda vez.

Questões resolvidas

Os problemas a seguir foram resolvidos na versão 19.1.

  • Quando você criava uma nova imagem, executava Publicar para que atingisse o status Publicado, executava Converter em Área de Trabalho nessa imagem e executava Publicar novamente, o processo de sysprep que acontece no fluxo de trabalho de publicação podia falhar. Se você tiver convertido novamente a imagem em uma imagem não selada, a partir desse ponto a imagem sempre poderá falhar no fluxo de trabalho de publicação. Esse problema foi corrigido e essas falhas não ocorrem mais. [1965320]

Problemas conhecidos

Os problemas novos desta versão estão em negrito.

As problemas conhecidos são agrupadas da seguinte maneira:

Active Directory - Problemas conhecidos

  • Se você adicionar o mesmo grupo à função de Superadministrador e à função de Administrador de Demonstração, os usuários nesse grupo não terão acesso total a todas as funções esperadas.

    Solução: Não adicione o mesmo grupo à função de Superadministrador e à função de Administrador de Demonstração.  [1963653]

  • É preciso até 15 minutos para que o Console Administrativo reflita um estado de bloqueio ou desbloqueio da conta de domínio de BIND primária.

    O objeto de conexão do sistema para o Active Directory é armazenado em cache por 15 minutos. Como resultado, ele pode levar 15 minutos entre o momento quando a conta de BIND primária vai para o estado bloqueado e o sistema gera a notificação para o administrador. Por outro lado, depois que o administrador limpa a condição bloqueada da conta, ele pode levar até 15 minutos para que o sistema pare de notificar sobre a conta agora limpa.

    Solução: Não há.  [2009434]

  • Reutilizar o mesmo nome de farm com um domínio diferente na mesma floresta do Active Directory pode levar a falhas de ingresso no domínio devido à duplicação dos nomes de provedor de serviços (SPNs). Devido a um novo recurso para os controladores de domínio no Microsoft Windows Server 2012 R2 e superior, uma verificação de SPN duplicado no controlador de domínio faz com que haja falhas no ingresso no domínio. Consulte o artigo 3070083 no Microsoft KB.

    Soluções:

    • Evite reutilizar nomes de farm.
    • Conforme descrito no artigo do Microsoft KB, desative as verificações de SPN duplicado no domínio do Active Directory.

    [1969172]

Imagens, farms e atribuições - Problemas conhecidos

  • Quando você tenta atualizar o agente em uma imagem, a tarefa de conversão em imagem pode falhar na VM clonada. 

    Solução: exclua a VM clonada (não a imagem original) e tente novamente. A VM clonada aparecerá nas VMs do utilitário. Se a nova tentativa não for bem-sucedida, salve a VM clonada, execute as etapas abaixo para obter os logs de DCT e entre em contato com seu representante da VMware.

    1. Na VM clonada, navegue até C:\Program Files\VMware\VMware View\Agent\DCT e abra o arquivo 'support.bat'.

      Uma janela de prompt de cmd abre e imprime várias mensagens informando que os logs estão sendo coletados no momento. A conclusão desse processo pode levar alguns minutos.

    2. Quando for solicitada a coleta dos arquivos de despejo, digite 'n', a menos que a VMware tenha solicitado que você colete os arquivos de despejo.

      Um arquivo zip é colocado na área de trabalho que contém logs coletados.

    Para obter mais informações sobre como obter os logs, consulte o artigo da base de conhecimento a seguir: https://kb.vmware.com/s/article/1017939.

    [2202387]

  • Quando você usa o recurso Agente de Atualização a partir de uma versão de agente anterior à 18.2.2, o processo de atualização pode ser deslocado em áreas de trabalho com uma pendência “executada uma vez”.

    Solução: Execute a atualização do agente, adicionando o seguinte argumento de linha de comando na guia Linha de Comando do assistente de Atualização de Agente:
    VDM_SUPPRESS_RUNONCE_CHECK=1

    [2191312]

  • Quando você tem duas atribuições de áreas de trabalho dedicadas associadas ao mesmo grupo de usuários, o seguinte problema pode ocorrer. Se um usuário abrir uma área de trabalho de uma das atribuições usando o Horizon Client e depois um usuário tentar abrir uma área de trabalho a partir da outra atribuição com o Horizon Client, a segunda tentativa falhará com um erro indicando que o usuário não tem autorização para a área de trabalho.

    Solução: Abra a área de trabalho na segunda atribuição usando o navegador em vez do Horizon Client. [2201599]

  • Quando você envia atualizações para uma atribuição de clone tradicional, um pequeno número de VMs pode entrar em um estado de erro de inicialização PXE. Por exemplo:

    • PXE-E53: Nenhum nome de arquivo de inicialização recebido
    • PXE MOF: Sistema operacional não encontrado.

    Solução: Este é um problema do NetApp, portanto, não há uma solução alternativa no Horizon Cloud.  [1969642]

  • Quando um usuário tem direito a uma atribuição de área de trabalho dedicada, essa atribuição é exibida sob Atribuições nas informações de detalhes de usuário mostrada quando você clica no nome do usuário no Console Administrativo. No entanto, depois que o usuário inicializa uma área de trabalho a partir da atribuição, ela não aparece mais nas informações detalhadas do usuário.

    Solução: Não há.  [1958046]

  • Às vezes, reduzir uma atribuição de Clone instantâneo pode falhar em excluir uma das VMs, que vai para um estado desligado.

    Solução: Ligue a VM. Quando ela estiver ligada e visível na atribuição, reduza a atribuição novamente. [2027097]

  • O Console Administrativo informa quais agentes DaaS dos servidores do farm estão ativos, e que suas VMs estão em estado de sucesso vários minutos antes que as VMs estejam, na verdade, prontas para uso na hora de atribuir áreas de trabalho RDS e aplicativos usando esse farm. Devido a esse problema conhecido, depois de criar um farm e o Console Administrativo indicar que os servidores do farm estejam prontos para que você atribua áreas de trabalho da sessão RDS ou aplicativos remotos usando esse farm, você verá na tela, ao acessar as telas de atribuições, mensagens sobre a necessidade de haver servidores RDSH ou farms que esgotaram a capacidade. Esses sintomas se devem ao fato de que o Console Administrativo indica que os servidores do farm estão prontos vários minutos antes que o agente de conexão para o Horizon Agent nas VMs do servidor esteja completamente pronto.

    Solução: Para evitar esse problema, atrase a criação das atribuições usando um farm pelo menos 15 minutos após a interface do usuário indicar que o farm está pronto. [1941076]

  • Se você tentar criar um farm usando uma imagem do Windows Server 2016, as VMs poderão travar no estágio de personalização.

    Solução: Desative o serviço tiledatamodelsvc na imagem do Windows Server 2016 e crie o farm.   [2010914]

Relatórios - Problemas conhecidos

  • Quando o Uso da CPU em uma área de trabalho é muito alto, por exemplo, quando um aplicativo está usando 100%, a notificação de alerta de Integridade da Área de Trabalho não é exibida na guia Integridade da Área de Trabalho da página Relatórios.

    Solução: Não há.  [2015486]

  • Quando IPv6 está ativado em uma imagem, a notificação de IP anormal pode não ser exibida na guia Integridade da Área de Trabalho da página Relatórios.

    Solução: Desative IPv6 para a imagem.  [2017500]

Interface de usuário - Problemas conhecidos

  • O Console Administrativo é exibido em branco.

    Solução: entre em contato com seu representante da VMware, que pode resolver esse problema para você. [2015772]

  • As porcentagens de uso de memória informadas para relatórios de integridade da área de trabalho e usadas para os alertas de integridade da área de trabalho se baseiam na porcentagem de memória confirmada, que é igual à memória física mais o tamanho do arquivo de paginação, e não em uma porcentagem de apenas a memória física.

    A memória confirmada de uma VM de área de trabalho é calculada como a memória física mais o tamanho do arquivo de paginação. Ao calcular a porcentagem de uso de memória em uma área de trabalho, o sistema considera a porcentagem usada desse total (memória física mais tamanho do arquivo de paginação). Os alertas de integridade da área de trabalho e o relatório de uso de memória nos relatórios de integridade da área de trabalho usam esse cálculo de porcentagem. No entanto, quando você faz logon em uma VM de área de trabalho e abre o Gerenciador de Tarefas do Windows para exibir o uso da memória no sistema operacional Windows da área de trabalho, o Gerenciador de Tarefas do Windows exibe a porcentagem com base somente na memória física. Como resultado, a porcentagem de uso de memória exibida pelo Gerenciador de Tarefas do Windows da área de trabalho não coincide com a porcentagem de uso de memória exibida nos relatórios de Integridade da Área de Trabalho ou no alerta de integridade da área de trabalho.

    Solução: Tenha em mente essa diferença se você optar por fazer uma comparação entre a porcentagem de uso de memória relatada pelo Gerenciador de Tarefas do Windows de uma área de trabalho e a porcentagem de uso de memória relatada no relatório de Integridade da Área de trabalho do Console Administrativo e nos alertas de integridade da área de trabalho para a área de trabalho. [2015772]

  • Algumas páginas no Console Administrativo não são exibidas corretamente no navegador Safari.

    Solução: Use um navegador diferente para acessar o Console Administrativo. [1956356]

App Volumes - Problemas conhecidos [estes são apenas Notas de versão do SP]

  • Depois que o App Volumes Agent estiver instalado em uma VM de imagem, o App Volumes Agent não poderá se comunicar com o App Volumes Manager até que o processo de emparelhamento do DaaS Agent seja concluído. A seguinte mensagem de erro é exibida: "Erro de conexão, não é possível entrar em contato com o App Volumes Manager. A virtualização está desativada."

    Solução:

    1. Antes de instalar o App Volumes Agent, certifique-se de que o processo de emparelhamento do DaaS Agent esteja concluído.
    2. Se o emparelhamento do DaaS Agent ocorrer após o App Volumes Agent ser instalado, ignore o erro de conexão e clique em OK. Se o DaaS Agent for emparelhado mais tarde, a conexão será configurada automaticamente.

    [2036603]

Localização - Problemas conhecidos

  • Quando caracteres não ASCII ou ASCII estendidos são usados no nome do modelo True SSO, há falha na recuperação do modelo e o True SSO não pode ser configurado com êxito.

    Solução: Use apenas caracteres ASCII nos nomes de seus modelos True SSO.  [1957829]

  • Não está sendo localizado algum texto na guia Integridade da Área de Trabalho da página Relatórios.  

    Solução: Nenhum   [2019363]

Histórico de revisão

Data Descrição
20 DE MARÇO DE 2019
  • Versão inicial
02 DE AGOSTO DE 2019
  • Limitação conhecida para converter desktop em imagem
check-circle-line exclamation-circle-line close-line
Scroll to top icon