As etapas a seguir são para preparar manualmente uma VM que tem um sistema operacional Microsoft Windows Client, antes de instalar os agentes. Você pode realizar essas etapas usando o portal do Microsoft Azure e a conexão com a nova máquina virtual.

Em geral, as etapas para preparar a VM antes de realmente instalar os agentes são:

  1. Defina as propriedades de conta de administrador local da VM como A senha nunca expira. Por padrão, a política de segurança local da VM criada possui contas definidas como uma duração máxima da senha de 42 dias. Impedir que a senha da conta de administrador local expire impede a possibilidade de não ser capaz de usar essa conta local em um momento posterior. O fluxo de trabalho de publicação de imagem do Horizon Cloud usa a conta de administrador local da VM e remove a VM selada resultante do domínio. Se você permitir que a senha da conta expire, em um futuro ponto no tempo, você poderá encontrar problemas ao publicar a imagem.
  2. Baixe o Horizon Agents Installer para a VM.

Pré-requisitos

Conclua as etapas no Criar a máquina virtual manualmente no pod no Microsoft Azure. Se você estiver usando uma VM base que criou no Microsoft Azure fora dessas etapas documentadas, certifique-se de que sua VM base atenda aos critérios listados em Criar e importar manualmente uma máquina virtual do Microsoft Azure para o Horizon Cloud.

Cuidado: Certifique-se de que a VM foi criada com Armazenamento – Use o disco gerenciado definido como Sim e com a rede virtual e sub-rede corretas, conforme descrito em Criar e importar manualmente uma máquina virtual do Microsoft Azure para o Horizon Cloud. Caso contrário, essa VM ficará inutilizável no Horizon Cloud mesmo depois de você a configurar e instalar os componentes relacionados ao agente, e então você terá que recriá-la a partir do zero.

Para verificar se a VM atende os critérios antes que você comece a gastar tempo para configurá-la, faça login no Horizon Cloud e navegue para a página Inventário de VMs para ver se a VM está listada. Se estiver listada, significa que a VM atende aos critérios acima e você poderá continuar a configuração adicional com segurança.

Procedimento

  1. No painel do portal, clique no ícone para a VM abrir a respectiva página de visão geral.
  2. Clique em Conectar.

    Botão Conectar para a VM base do Windows 10 no Microsoft Azure

    Dependendo das configurações do navegador, ele faz o download de um arquivo RDP ou solicita que você salve ou execute.
  3. Use esse arquivo RDP para abrir uma conexão de área de trabalho remota à VM.
    Use o nome de usuário padrão e a senha que você especificou no Assistente de criação de VM. Inclua uma barra invertida (\) na frente do nome de usuário para efetuar logon sem um domínio.
    Tela de logon RDP do Windows

  4. Clique em Sim para o aviso de certificado na tela de Conexão de área de trabalho remota.
    Como esse é o primeiro login no sistema operacional, o Windows pode exibir uma pergunta de solicitação de Redes no lado direito. A solicitação perguntará sobre localizar automaticamente PCs, dispositivos e outros itens na rede. Se a solicitação de Redes for exibida, ignora-a clicando em Não.
  5. Na VM, defina a senha da conta de administrador local da VM como A senha nunca expira.
    Uma maneira de definir a senha da conta de administrador local é abrir Usuários e Grupos Locais executando lusrmgr.msc e atualizando as propriedades da conta.

O que Fazer Depois

Para instalar os componentes de software relacionados ao agente, conclua as etapas descritas no tópico que se aplicam à sua versão do manifesto do pod:

Observação: Se você quiser fazer login na VM usando uma conta de domínio, poderá opcionalmente ingressar a VM no seu domínio do Active Directory. Caso contrário, use a conta de administrador local para fazer login na VM ao instalar o software do agente e personalizar a VM.