Para fornecer um disco de dados em seus aplicativos remotos e áreas de trabalho virtuais provisionados por pod, crie um disco de dados gerenciado usando o portal do Microsoft Azure e adicione-o à VM da imagem. Em seguida, inicialize o disco de dados e formate-o. Depois de formatar o disco, você pode, opcionalmente, carregá-lo com qualquer conteúdo que desejar na configuração inicial do disco. Você deve realizar essas etapas antes de converter a imagem em uma imagem publicada.

No Horizon Cloud, você pode usar discos de dados com VMs da imagem tanto criadas automaticamente pelo assistente de Importação de Máquina Virtual do Marketplace quanto criadas manualmente e emparelhadas com seu ambiente. Para obter informações sobre como usar discos de dados no seu ambiente do Horizon Cloud, consulte Usando discos de dados com áreas de trabalho virtuais de um pod do Horizon Cloud no Microsoft Azure.

Este tópico descreve o fluxo de trabalho de boas práticas no contexto do seu pod do Horizon Cloud, quando a VM já existe em um estado em que está emparelhada com o Horizon Cloud e quando a VM ainda não tem um disco de dados anexado a ela. O assistente de Importação automatizado do sistema cria uma VM sem um disco de dados. Se você criou manualmente a VM base e anexou um disco de dados no momento da criação, deve fazer login na VM e inicializar o disco de dados antes de publicar a imagem. Para inicializar um disco de dados da VM, siga as etapas descritas no tópico da documentação do Microsoft Azure Inicializar um novo disco de dados.

As etapas gerais para adicionar um disco de dados a uma VM e inicializá-los estão disponíveis no tópico da documentação do Microsoft Azure Anexar um disco de dados gerenciado a uma VM Windows usando o portal do Azure. Uma visão geral do processo é:

  • No portal do Microsoft Azure, localize a VM da imagem e adicione um disco de dados a ela.
  • Você faz login na VM e inicializa esse disco de dados.

Pré-requisitos

Verifique se a página VMs Importadas indica que o status relacionado ao agente está ativo para a VM. Para obter esse status para uma VM criada em um pod no manifesto 1600 e superior, use a ação de Redefinir o Emparelhamento do Agente da página VMs Importadas na VM. Essa ação está localizada na lista suspensa Mais.

Obtenha o nome e o endereço IP da VM exibido na página VMs Importadas. Use o nome para localizar a VM nos grupos de recursos do pod no portal do Microsoft Azure para que você possa anexar o disco de dados à VM. Você usa o endereço IP para fazer login na VM para inicializar o disco de dados depois que ele é anexado.

Observação: Ao usar o Cliente de Área de Trabalho Remota da Microsoft como software RDP para conectar-se à VM, verifique se a versão é a mais recente. Por exemplo, o software RDP padrão no sistema operacional Windows 7 não é uma versão superior o suficiente. A versão deve ser 8 ou superior.
Verifique se você tem pelo menos uma das seguintes credenciais (nome de usuário e senha) para fazer login no sistema operacional Windows convidado da VM, de acordo com o modo como a VM foi criada.
Quando a VM foi criada Como a VM foi criada Credenciais a serem usadas para fazer login
Antes do início da produção da versão de serviço de dezembro de 2019

Assistente de importação de máquina virtual, na página VMs Importadas.

Antes da data de lançamento do serviço de dezembro de 2019, o assistente de Importação de Máquina Virtual criava VMs que sempre ingressavam automaticamente no domínio do Active Directory especificado no assistente. Para fazer logon em tal VM, use uma das seguintes opções:

  • As credenciais da conta de administrador local que foram especificadas no assistente.
  • As credenciais de uma conta de domínio nesse domínio do Active Directory.
Após o início da produção da versão de serviço de dezembro de 2019

Assistente de importação de máquina virtual, na página VMs Importadas.

A partir da data da versão de serviço de dezembro de 2019, o assistente de Importação de Máquina Virtual fornece a opção da VM criada pelo assistente ingressar em um domínio especificado do Active Directory ou da VM não ingressar no domínio no final do processo de criação.

  • Se a VM tiver sido criada com a alternância Ingresso no Domínio do assistente ativada, você poderá usar as credenciais para uma conta de domínio no domínio especificado do Active Directory ou usar a conta de administrador local especificada no assistente.
  • Se a VM tiver sido criada com a alternância Ingresso no Domínio do assistente desativada, você deverá usar a conta de administrador local especificada no assistente. Nesse caso, como a VM não ingressou no domínio, a conta de administrador local é a única conta que tem acesso ao logon.
Em qualquer versão do serviço

Etapas de preparação manual em Criar e importar manualmente uma máquina virtual do Microsoft Azure para o Horizon Cloud.

Normalmente, você não precisa ingressar a VM no seu domínio do Active Directory quando cria manualmente a VM. Para fazer login nessa VM, use uma das seguintes opções:

  • As credenciais para a conta de administrador local que foi especificada quando a VM criada manualmente foi criada no portal do Microsoft Azure.
  • Se você tiver ingressado manualmente essa VM em um domínio do Active Directory, as credenciais para uma conta de domínio nesse domínio.
Importante: A partir do manifesto do pod 1230 e posteriores, as contas de domínio podem se conectar diretamente a VMs de imagem ingressadas no domínio que possuem o software do agente instalado. Antes do manifesto do pod 1230, o software do agente instalado em uma VM ingressada no domínio impedia que as contas de domínio se conectassem diretamente a essa VM. No entanto, se você ainda não tiver atualizado seu pod para um manifesto 1230 ou superior, antes que uma conta de domínio possa se conectar diretamente a uma VM de imagem ingressada no domínio que tem o software do agente instalado, primeiro você deverá realizar as etapas em Quando o seu pod ainda não está atualizado para o Manifesto 1230 ou posterior; como configurar a capacidade de contas de domínio para conexão remota à imagem importada.

Procedimento

  1. No portal do Microsoft Azure, localize a VM da imagem.
    1. Use a barra de pesquisa do portal para procurar o nome da VM.
      A seguinte captura de tela é uma ilustração da pesquisa por uma VM chamada la48win-1. O primeiro resultado é a máquina virtual.
      Captura de tela da pesquisa por uma VM da imagem no portal do Microsoft Azure por nome.

    2. Exiba a página da VM no portal clicando na máquina virtual na lista de resultados da pesquisa.
    3. Anote o grupo de recursos da VM para usá-lo na página Criar Disco Gerenciado
      As VMs da imagem usadas no Horizon Cloud estão localizadas em um grupo de recursos com um nome no padrão vmw-hcs-podID-base-vms, em que podID é o identificador do pod. No console administrativo do Horizon Cloud, o ID do pod é listado na página de detalhes do pod da página Capacidade.
  2. Adicione um novo disco de dados à VM.
    1. Abra a página Discos da VM clicando em Discos em Configurações.
    2. Clique em Adicionar disco de dados.
      É exibida uma linha de disco de dados.
    3. Use a lista suspensa para clicar em Criar disco.
      É aberta a página de criação de disco.
    4. Na página de criação de disco, especifique os valores necessários.
      Configuração Detalhes
      Nome Digite um nome para o disco de dados.
      Grupo de Recursos Selecione um grupo de recursos para encontrar o disco de dados. Normalmente, você deveria selecionar o mesmo grupo de recursos no qual a VM está localizada (vmw-hcs- podID-base-vms).
      Observação: Você pode localizar o disco de dados em um grupo de recursos diferente dos grupos de recursos do pod.
      Localização Exibe a região do Microsoft Azure na qual a VM está localizada.
      Tipo de conta Selecione o tipo desejado.
      Tipo de origem Selecione Nenhum (disco vazio).
      Tamanho Especifique o tamanho do disco.

      A captura de tela a seguir é um exemplo dos campos preenchidos.


      Captura de tela da página de criação de disco.

    5. Clique em Criar.
      Após o pouco tempo durante o qual o sistema cria o disco, o portal reexibe a página Discos da VM com o novo disco de dados listado.
      Observação: O novo disco de dados é adicionado com Cache do Host definido como Nenhum por padrão. Você pode escolher uma configuração apropriada para o uso pretendido do disco de dados.

      A captura de tela a seguir ilustra a página Discos da VM e seu disco de dados listado.


      Captura de tela da página Discos da VM com o novo disco de dados listado.

    6. No topo da página Discos da VM, clique em Salvar para concluir a anexação do novo disco de dados à VM.
    Nesse ponto, o disco de dados está anexado, mas não inicializado.
  3. Faça login na VM.
    1. Use o endereço IP da VM no seu software RDP para se conectar ao sistema operacional Windows.
      • Se a VM foi criada com um endereço IP público, você pode usar esse endereço no software RDP
      • Se a VM tem um endereço IP privado, você deve executar o RDP nela por meio de um destes dois métodos:
        • Usar outra VM em sua assinatura do Microsoft Azure que tenha um endereço IP público e executar um RDP de saída na VM da imagem.
        • Usar sua VPN e seu RDP na VM da imagem em sua rede corporativa.
      Observação: Para acessar uma VM que esteja executando os componentes de software relacionados ao agente, a versão do Remote Desktop Client deve ser 8 ou posterior. Caso contrário, a conexão falha. É recomendável usar o cliente de área de trabalho remota mais atualizado.
    2. Faça login no sistema operacional Windows usando as credenciais (nome de usuário e senha), conforme descrito nos pré-requisitos aqui.
      Ao usar as credenciais de conta de administrador local que foram especificadas no assistente de Importação de Imagem quando a VM foi criada, insira o nome do usuário como \username.
      Observação: Quando a VM é ingressada em um domínio, conforme descrito nos pré-requisitos aqui e você deseja usar uma conta de domínio em vez da conta de administrador local, insira o nome do usuário como domínio\username, onde domínio é o nome do domínio.
  4. Na VM, execute as etapas para inicializar e formatar o disco de dados, conforme descrito no tópico da documentação do Microsoft Azure Inicializar um novo disco de dados.

Resultados

Neste ponto, a VM da imagem tem um disco de dados vazio e formatado. Se você quiser carregar o disco de dados com qualquer conteúdo que deseja fornecer aos seus usuários finais na configuração inicial do disco, poderá adicionar o conteúdo a qualquer momento até publicar a imagem.