Se você quiser criar uma atribuição de área de trabalho VDI ou farm habilitado para o gerenciamento do NSX Cloud, o agente do NSX deverá ser instalado na imagem publicada que você usa para esse farm ou atribuição. Você deve instalar o agente do NSX na VM da imagem antes de publicá-la. Você instala o agente do NSX depois que a VM é criada, e a página VMs Importadas mostra o status ativo do software relacionado ao agente da VM.

Instalar o agente do NSX envolve baixar um arquivo de script de instalação do PowerShell a partir do local download identificado no Cloud Service Manager (CSM) do ambiente do NSX Cloud. Na VM da imagem, execute esse script de instalação para fazer download dos binários de instalação do agente do NSX e instalar o agente. Muitos dos detalhes sobre como instalar o agente do NSX nas VMs do Windows estão localizados na documentação do NSX-T Data Center. Para obter mais informações, consulte o tópico Instalar o agente do NSX e seus subtópicos no guia de administração do NSX-T Data Center.

Pré-requisitos

Verifique se a página VMs Importadas indica que o status relacionado ao agente está ativo para a VM. Para obter esse status para uma VM criada em um pod no manifesto 1600 e superior, use a ação de Redefinir o Emparelhamento do Agente da página VMs Importadas na VM. Essa ação está localizada na lista suspensa Mais.

Observação: Ao usar o Cliente de Área de Trabalho Remota da Microsoft como software RDP para conectar-se à VM, verifique se a versão é a mais recente. Por exemplo, o software RDP padrão no sistema operacional Windows 7 não é uma versão superior o suficiente. A versão deve ser 8 ou superior.
Verifique se você tem pelo menos uma das seguintes credenciais (nome de usuário e senha) para fazer login no sistema operacional Windows convidado da VM, de acordo com o modo como a VM foi criada.
Quando a VM foi criada Como a VM foi criada Credenciais a serem usadas para fazer login
Antes do início da produção da versão de serviço de dezembro de 2019

Assistente de importação de máquina virtual, na página VMs Importadas.

Antes da data de lançamento do serviço de dezembro de 2019, o assistente de Importação de Máquina Virtual criava VMs que sempre ingressavam automaticamente no domínio do Active Directory especificado no assistente. Para fazer logon em tal VM, use uma das seguintes opções:

  • As credenciais da conta de administrador local que foram especificadas no assistente.
  • As credenciais de uma conta de domínio nesse domínio do Active Directory.
Após o início da produção da versão de serviço de dezembro de 2019

Assistente de importação de máquina virtual, na página VMs Importadas.

A partir da data da versão de serviço de dezembro de 2019, o assistente de Importação de Máquina Virtual fornece a opção da VM criada pelo assistente ingressar em um domínio especificado do Active Directory ou da VM não ingressar no domínio no final do processo de criação.

  • Se a VM tiver sido criada com a alternância Ingresso no Domínio do assistente ativada, você poderá usar as credenciais para uma conta de domínio no domínio especificado do Active Directory ou usar a conta de administrador local especificada no assistente.
  • Se a VM tiver sido criada com a alternância Ingresso no Domínio do assistente desativada, você deverá usar a conta de administrador local especificada no assistente. Nesse caso, como a VM não ingressou no domínio, a conta de administrador local é a única conta que tem acesso ao logon.
Em qualquer versão do serviço

Etapas de preparação manual em Criar e importar manualmente uma máquina virtual do Microsoft Azure para o Horizon Cloud.

Normalmente, você não precisa ingressar a VM no seu domínio do Active Directory quando cria manualmente a VM. Para fazer login nessa VM, use uma das seguintes opções:

  • As credenciais para a conta de administrador local que foi especificada quando a VM criada manualmente foi criada no portal do Microsoft Azure.
  • Se você tiver ingressado manualmente essa VM em um domínio do Active Directory, as credenciais para uma conta de domínio nesse domínio.
Importante: A partir do manifesto do pod 1230 e posteriores, as contas de domínio podem se conectar diretamente a VMs de imagem ingressadas no domínio que possuem o software do agente instalado. Antes do manifesto do pod 1230, o software do agente instalado em uma VM ingressada no domínio impedia que as contas de domínio se conectassem diretamente a essa VM. No entanto, se você ainda não tiver atualizado seu pod para um manifesto 1230 ou superior, antes que uma conta de domínio possa se conectar diretamente a uma VM de imagem ingressada no domínio que tem o software do agente instalado, primeiro você deverá realizar as etapas em Quando o seu pod ainda não está atualizado para o Manifesto 1230 ou posterior; como configurar a capacidade de contas de domínio para conexão remota à imagem importada.

Verifique se você possui as credenciais para fazer login no portal para o CSM do ambiente do NSX Cloud. Você pode usar o CSM para identificar a localização para baixar o script de instalação do PowerShell para instalar o agente do NSX. O CSM é um componente do NSX Cloud e fornece um endpoint de gerenciamento em painel de controle único para seu inventário de nuvem pública. Para obter mais detalhes, consulte o tópico Cloud Service Manager e os tópicos relacionados no guia de administração do NSX-T Data Center.

Procedimento

  1. Use o endereço IP da VM no seu software RDP para se conectar ao sistema operacional Windows da VM.
    • Se a VM foi criada com um endereço IP público, você pode usar esse endereço no software RDP
    • Se a VM tem um endereço IP privado, você deve executar o RDP nela por meio de um destes dois métodos:
      • Usar outra VM em sua assinatura do Microsoft Azure que tenha um endereço IP público e executar um RDP de saída na VM da imagem.
      • Usar sua VPN e seu RDP na VM da imagem em sua rede corporativa.
    Observação: Para acessar uma VM que esteja executando os componentes de software relacionados ao agente, a versão do Remote Desktop Client deve ser 8 ou posterior. Caso contrário, a conexão falha. É recomendável usar o cliente de área de trabalho remota mais atualizado.
  2. Faça login no sistema operacional Windows usando as credenciais (nome de usuário e senha), conforme descrito nos pré-requisitos aqui.
    Ao usar as credenciais de conta de administrador local que foram especificadas no assistente de Importação de Imagem quando a VM foi criada, insira o nome do usuário como \username.
    Observação: Quando a VM é ingressada em um domínio, conforme descrito nos pré-requisitos aqui e você deseja usar uma conta de domínio em vez da conta de administrador local, insira o nome do usuário como domínio\username, onde domínio é o nome do domínio.
  3. Na VM do Windows, faça login no CSM e navegue até Nuvens > Azure > VNets.
  4. Na guia Visão Geral, expanda a área Download e Instalação do Agente, se ainda não estiver expandida.
    Nessa área, localize o local de download exibido do script de instalação do Windows. No local de download também há um comando de instalação básica simples.
    • O local de download exibido tem o padrão http://filepath/nsx_install.ps1, onde nsx_install.ps1 é o arquivo de script do PowerShell e filepath é o caminho do qual se deseja baixar o arquivo.
    • O comando de instalação básica exibido inclui a parte -dnsSuffix sufixo DNS, onde sufixo DNS é um valor gerado dinamicamente relacionado às configurações do DNS que você escolheu quando implantou o PCG na VNet do Microsoft Azure como parte da configuração do NSX Cloud.
    Importante: Ao executar o script para instalar o agente do NSX de uma VM da imagem no Horizon Cloud, você deve especificar:
    • O mesmo sufixo DNS que você vê no CSM para sua VNet do Microsoft Azure. O sufixo DNS é exclusivo de seu ambiente configurado.
    • A opção startOnDemand true. Essa opção otimiza o agente do NSX para o fluxo de trabalho de publicação do Horizon Cloud.
  5. Copie o sufixo DNS exibido para que você o tenha quando for executar o script de instalação nas próximas etapas.
  6. Use o local de download para baixar o arquivo nsx_install.ps1 em uma localização na VM.
  7. Abra um prompt do PowerShell, navegue até onde você baixou o arquivo nsx_install.ps1 e instale o agente executando o comando de instalação usando seu valor de sufixo DNS e a opção -startOnDemand true.
    Importante: A opção -startOnDemand como verdadeira é necessária.
    O seguinte bloco de código é um exemplo do comando em um prompt do PowerShell com um exemplo de sufixo DNS de xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx.xx.internal.cloudapp.net.
    powershell -file 'nsx_install.ps1' -operation install -dnsSuffix xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx.xx.internal.cloudapp.net -startOnDemand true
    Quando acaba a execução do script, é exibida uma mensagem indicando se o agente do NSX foi instalado com êxito.
  8. Feche o prompt de comando do PowerShell.
  9. Abrindo um prompt de comando regular e executando o seguinte comando, verifique se o status de bootstrap do agente está pronto.
    schtasks /query /tn nsx_bootstrap
    Executar esse comando deve exibir a tarefa nsx_bootstrap no status Ready. Veja a seguir um exemplo.
    TaskName              Next Run Time       Status
    --------------------- ------------------- -----------
    nsx_bootstrap         N/A                 Ready
    
  10. Saia do sistema operacional Windows da VM.

O que Fazer Depois

Com o agente do NSX instalado e a tarefa nsx_bootstrap aparecendo como Ready, você poderá publicar a imagem se não tiver mais personalizações a fazer. Consulte Converter uma VM da imagem configurada em uma imagem atribuível no Horizon Cloud.