Nesta etapa no fluxo de trabalho de integração de um pod do Horizon para Horizon Cloud, baixe e implante o Horizon Cloud Connector no seu ambiente de vSphere. A execução dessas etapas faz com que o dispositivo virtual do Horizon Cloud Connector seja implantado e executado no ambiente vSphere.

Se você estiver baixando o Horizon Cloud Connector 2.0 ou posterior, o procedimento a seguir explicará como implantar o nó primário do dispositivo virtual no ambiente do vSphere do pod.

Se você estiver baixando o Horizon Cloud Connector 1.10 ou anterior, o procedimento a seguir explicará como implantar o dispositivo virtual no ambiente do vSphere do pod.

Observação: Salvo indicação em contrário, as etapas no procedimento se aplicam a todas as versões do Horizon Cloud Connector. Essas etapas usam o termo "dispositivo virtual" para se referir ao nó primário do dispositivo ( Horizon Cloud Connector 2.0 e posterior) ou ao dispositivo virtual ( Horizon Cloud Connector 1.10 e anterior).
Importante: Você deve implantar o Horizon Cloud Connector no ambiente do vSphere do pod usando o vSphere Client. Não implante o Horizon Cloud Connector diretamente no host do ESXi.

Pré-requisitos

Procedimento

  1. Conforme descrito na lista de pré-requisitos, baixe o dispositivo do Horizon Cloud Connector usando o link fornecido no e-mail de assinatura.
    O dispositivo do Horizon Cloud Connector está disponível como um arquivo OVA e tem sua localização inicial no my.vmware.com após fazer logon no my.vmware.com usando as credenciais da sua conta My VMware.
    Importante: Para ter as correções de produto mais recentes e os recursos mais atualizados, verifique se a versão baixada é a versão mais recente disponível com disponibilidade geral ou posterior. A versão 2.0.0.0 é a versão mais recente com disponibilidade geral. Se você já fez download de um OVA do Horizon Cloud Connector com uma versão anterior a 2.0.0.0, faça login em my.vmware.com e obtenha a versão mais recente para emparelhar seu pod.
  2. Usando o vSphere Client, implante o dispositivo do Horizon Cloud Connector como um modelo OVF para o pod do Horizon.
    Para obter informações gerais sobre a implantação de modelos OVF, consulte o guia Administração da máquina virtual do vSphere na página Documentação do VMware vSphere.
    O assistente de implantação do OVF tem várias etapas, em que você faz opções típicas de implantação do OVF, como qual host, repositório de dados, rede etc.
    • (Horizon Cloud Connector 1.8 ou 1.9 apenas) A etapa de Configuração é onde você seleciona um perfil de recurso para o dispositivo do Horizon Cloud Connector. O perfil de recurso determina quais serviços do Horizon Cloud devem ser ativados para o dispositivo.
      Observação: Se você estiver implantando o Horizon Cloud Connector 1.10 ou posterior, ou o Horizon Cloud Connector 1.7 ou anterior, não terá a opção de selecionar um perfil de recurso. A implantação de uma dessas versões do dispositivo sempre ativa o serviço de licença de assinatura e todos os serviços hospedados na nuvem adicionais, como o Cloud Monitoring Service (CMS).
    • A etapa Personalizar modelo é onde você fornece detalhes que são específicos para o dispositivo do Horizon Cloud Connector.
  3. (Horizon Cloud Connector 1.8 ou 1.9 apenas) Na etapa do assistente de Configuração, selecione um perfil de recurso para especificar os serviços do Horizon Cloud que estão ativados para o dispositivo.
    Perfil de recursos Descrição
    Recurso Completo

    Ativa todos os serviços do Horizon Cloud compatíveis para o dispositivo. Esses serviços incluem:

    • O Serviço de licença de assinatura do Horizon
    • O Serviço do Cloud Broker Client, que oferece suporte ao Universal Broker e à criação de atribuições de várias nuvens
    • O Cloud Monitoring Service, que permite que você monitore a capacidade, o uso e a integridade em toda a sua frota de pods conectados à nuvem
    • O Serviço de Localidade de Imagem, que oferece suporte ao Serviço de Gerenciamento de Imagens do Horizon

    Esse perfil de recurso é selecionado por padrão.

    Recurso Básico

    Ativa apenas o serviço de licença de assinatura. O Serviço do Cloud Broker Client, o Cloud Monitoring Service e o Serviço de Localidade de Imagem são desativados.

    Selecione este perfil se você não quiser usar serviços de Horizon Cloud adicionais com o pod e quiser reduzir o uso de recursos do dispositivo do Horizon Cloud Connector.

    Observação: Se você selecionar esse perfil de recurso e estiver integrando seu primeiro pod a uma nova conta de tenant, desative manualmente a configuração do Cloud Monitoring Service (CMS) depois de emparelhar o dispositivo com o pod. Devido a uma limitação conhecida, a configuração do CMS não é desativada automaticamente quando você seleciona o perfil Recurso Básico. A desativação manual da configuração garante que o console administrativo não faça tentativas desnecessárias de conexão com o serviço do CMS. Consulte o final do tópico Concluir o emparelhamento do pod do Horizon com o Horizon Cloud usando o portal de configuração do Horizon Cloud Connector.

    Se você quiser usar serviços do Horizon Cloud adicionais após a implantação do dispositivo, deverá ativar cada serviço manualmente. Consulte Ativação manual do Horizon Cloud Services para o Horizon Cloud Connector 1.8 ou 1.9.

    Observação: Cada perfil de recurso tem requisitos de recursos específicos. Antes de selecionar um perfil para o dispositivo, certifique-se de ter configurado a capacidade mínima de recursos necessária para esse perfil, conforme descrito em Pods do VMware Horizon com o Horizon Cloud: lista de verificação de requisitos: atualizada conforme apropriado para a conexão de pods a partir da versão de manutenção de agosto de 2021.
  4. Na etapa do assistente para Personalizar modelo, conclua os itens necessários e especifique aqueles que são apropriados para seu ambiente.
    A entrada nessa etapa é usada para configurar o dispositivo virtual.
    1. Especifique uma senha root para o dispositivo virtual.
      Observação: Verfique se de que a nova senha atende aos padrões de segurança de uma senha forte. Verifique se a senha contém um mínimo de oito caracteres com pelo menos uma letra maiúscula, um número e um caractere especial.
      Importante: Devido a uma limitação conhecida, o assistente de implantação OVF continua a implantar o dispositivo virtual, mesmo que você especifique uma senha do root que não contenha um caractere especial. Nesse caso, a implantação será bem-sucedida, mas você será impedido(a) de fazer login no sistema operacional do dispositivo virtual após a implantação. Para garantir que você possa acessar o dispositivo virtual após sua implantação, verifique se a senha contém pelo menos um caractere especial.
    2. (Horizon Cloud Connector 2.0 e posterior) Para implantar o nó primário do dispositivo, verifique se a opção Nó de Trabalhador está desativada. Por padrão, essa opção está desativada.
    3. (Horizon Cloud Connector 1.9 e posterior) Para usar a autenticação de chave pública SSH para a conta do ccadmin, digite a chave pública SSH que você gerou anteriormente.
      Importante: A partir do Horizon Cloud Connector 1.9, o acesso a SSH não é mais compatível com a conta de usuário do root. Para maior segurança, o acesso a SSH é compatível somente com a conta de usuário do ccadmin por meio de uma chave pública (altamente recomendável) ou da autenticação de senha.

      Você ainda pode usar a conta do root para realizar tarefas administrativas não SSH no dispositivo.

      Se não precisar de acesso SSH ao dispositivo antes de emparelhá-lo com o pod, você poderá ignorar essa etapa. Você pode adiar o registro de uma chave pública e a ativação do acesso SSH até que o dispositivo seja emparelhado com o pod.
    4. Especifique um endereço IP estático para o dispositivo virtual.
      Não use IPv6 com o appliance virtual do Horizon Cloud Connector. IPv6 não é compatível.
    5. Se o seu ambiente exigir o uso de um servidor proxy HTTP para seus dispositivos virtuais acessarem a Internet, defina as configurações relacionadas ao proxy.
      Importante: Tenha em mente as seguintes considerações:
      • Não há suporte para a configuração SSL do proxy para o certificado autoassinado para o dispositivo virtual do Horizon Cloud Connector.
      • Para garantir que somente as solicitações de saída para a internet sejam roteadas pelo proxy HTTP, configure os hosts sem proxy que ignoram o servidor proxy ao receber solicitações internas do dispositivo. No mínimo, para Nenhum Proxy para, digite o subdomínio DNS das instâncias do Servidor de Conexão e do vCenter Server associadas ao pod que será emparelhado com o Horizon Cloud Connector. Você também pode especificar hosts sem proxy inserindo um intervalo de IP, usando um separador de vírgula entre as entradas, conforme mostrado no seguinte exemplo:
        .ad-domain.example.com, 10.109.*
        Se você deixar em branco a configuração Nenhum Proxy para, o dispositivo virtual obterá os nomes de host do Servidor de Conexão fornecidos pelo administrador do ou que foram descobertos. O dispositivo descobre nomes de host do Servidor de Conexão consultando o pod. Ele configura esses hosts descobertos como hosts implícitos sem proxy.
  5. Usando o vSphere Client, ligue o dispositivo do Horizon Cloud Connector.
  6. Quando o dispositivo estiver totalmente ligado, use a opção do vSphere Client para iniciar o console do dispositivo Horizon Cloud Connector.
    • (Horizon Cloud Connector 2.0 e posterior) Aguarde até 10 minutos para que o Kubernetes conclua seu processo de inicialização. Durante esse período, o sistema exibe uma tela de inicialização azul com a mensagem "Configurando o Horizon Cloud Connector (Primário)…". Após a conclusão da inicialização, o sistema exibirá a tela azul do console com o endereço da URL do nó primário. Você carregará essa URL no navegador para o fluxo de trabalho de integração.
    • (Horizon Cloud Connector 1.10 e anterior) Aguarde até que a tela azul do console do dispositivo apareça com o endereço da URL do dispositivo virtual. Você carregará essa URL no navegador para o fluxo de trabalho de integração.
    A seguinte captura de tela é um exemplo para um dispositivo implantado que tem um endereço https://10.92.245.255/.
    Console azul do Horizon Cloud Connector, conforme aparece no vSphere Client.
  7. Conclua as etapas em Ativar acesso SSH ao Horizon Cloud Connector usando uma interface de linha de comando.
  8. Para usar um nome de domínio completo (FQDN) para o dispositivo virtual do Horizon Cloud Connector e resolver o nome do host, crie um registro de pesquisa direta e inversa no seu servidor DNS que mapeia esse FQDN para o IP estático do dispositivo virtual do Horizon Cloud Connector.
  9. Continue com o fluxo de trabalho de integração do pod prosseguindo para Verifique se o pod do Horizon e o dispositivo virtual estão prontos para serem emparelhados.