O fluxo de trabalho de ponta-a-ponta para usar o Serviço de Gerenciamento de Imagens do Horizon para configurar, personalizar e publicar imagens em atribuições de área de trabalho envolve uma determinada sequência de tarefas.

Definições de termos

  • Imagem: uma entidade que contém versões de imagem de área de trabalho/servidor e cópias sob um determinado sistema operacional. As versões e as cópias são organizadas em uma hierarquia e gerenciadas por um administrador.
  • Versão: uma personalização específica de uma imagem em termos de aplicativos ou softwares instalados. A numeração de versão inclui uma versão principal e uma versão secundária (por exemplo, uma versão principal de 1 e uma versão secundária dos resultados de 2 no número da versão 1.2), que ajudam a rastrear a linhagem de uma versão. As versões também podem ser marcadas com marcadores para usar atribuições de várias nuvens.
  • Cópia: uma instância de versão disponível em um pod específico após a versão ser publicada em vários pods. A cópia é uma entidade somente para exibição que fornece informações sobre o status e a localização da instância específica do pod da versão.
  • Pool: para pods do Horizon instalados no local, o "pool" é uma coleção de máquinas virtuais provisionadas de uma versão de imagem específica.
  • Atribuição: para pods do Horizon no Microsoft Azure, a "atribuição " é uma coleção de máquinas virtuais provisionadas de uma versão de imagem específica.
  • Marcador: uma tag especial exclusiva a uma imagem que indica para um pool ou uma atribuição qual versão de uma imagem deve ser usada para provisionar fluxos de trabalho.

Como trabalhar com imagens no Serviço de Gerenciamento de Imagens do Horizon

No contexto do Serviço de Gerenciamento de Imagens do Horizon, uma imagem é uma coleção de versões de imagens que podem ser associadas a pools da área de trabalho ou atribuições nos pods conectados à nuvem.

Observação:

Realize os requisitos preparatórios de importação de uma imagem para o catálogo de imagens e a publicação dessa imagem nesses pods.

As etapas a seguir se aplicam a uma coleção de pods. Por exemplo, uma coleção pode consistir em sete pods. As etapas resumem o processo de importação de uma imagem para o catálogo de imagens e a publicação dessa imagem nesses pods.

Observação: O processo e a terminologia para a criação de imagens diferem ligeiramente entre os pods do Horizon instalados no local e os pods do Horizon no Microsoft Azure.
  • Para pods do Horizon instalados no local, crie uma imagem selecionando um modelo ou snapshot de VM do vCenter. Em seguida, personalize a imagem, publique a imagem, adicione um marcador à imagem e mapeie pools para o marcador.
  • Para pods no Microsoft Azure, você cria uma imagem selecionando uma imagem do sistema operacional no marketplace do Azure ou uma imagem personalizada disponível na assinatura do usuário. Em seguida, personalize a imagem, publique a imagem, adicione um marcador à imagem e mapeie as atribuições para o marcador.

O diagrama a seguir se aplica aos pods do Horizon instalados no local e aos pods do Horizon no Microsoft Azure. O diagrama ilustra o processo de importação de uma imagem para o catálogo de imagens e a publicação dessa imagem nesses pods.

  1. Criar uma Instância de Imagem.

    Uma imagem é uma coleção de uma ou mais versões. Quando você inicia a ação Importar em uma imagem selecionada, o Serviço de Gerenciamento de Imagens do Horizon registra a imagem no serviço por meio do armazenamento dos metadados da imagem no catálogo de imagens. O Serviço de Gerenciamento de Imagens do Horizon também realiza determinadas etapas de preparação na imagem em seu pod de origem.

    • Para pods do Horizon instalados no local, o Horizon Cloud Connector permite a conexão entre o pod de origem e o serviço da imagem. Um dos pods na frota é o pod de origem. Por exemplo, um pod chamado "Pod 4 local" é o pod de origem para uma imagem Win10POS que está passando pela operação de importação. Consulte Importação de uma imagem do vCenter para o catálogo de imagens.
    • Para pods do Horizon no Microsoft Azure, o Horizon Cloud e os componentes de pod permitem que a imagem seja clonada no Microsoft Azure (quando da importar do Azure Marketplace) e sincronizada com o catálogo de imagens no final do processo de importação. Por exemplo, um pod chamado "Pod do Azure 4" é o pod de origem para uma imagem Win10POS que está passando pela operação de importação. Consulte Criar uma imagem importando uma VM do Microsoft Azure Marketplace para o catálogo de imagens.

    Após a conclusão da operação de importação, a imagem é adicionada ao catálogo de imagens como a versão de imagem 1.0. Essa versão da imagem mostra o status Implantação Concluída, indicando que está pronta para ser publicada.

    Neste exemplo, Win10POS se torna uma imagem recém-criada no catálogo.

    Importante:
    • As imagens dos pods do Horizon instalados no local só são publicadas nos pods do Horizon instalados no local.
    • As imagens do Microsoft Azure só são publicadas em pods na sua capacidade de nuvem do Microsoft Azure.
  2. Personalizar a Imagem.

    Depois que a imagem for importada, você poderá personalizar o conteúdo da versão da imagem acessando a imagem diretamente.

    • Para pods do Horizon instalados no local, você acessa a imagem diretamente usando o Acesso ao Console do vCenter.
    • Para pods do Horizon no Microsoft Azure, você acessa a imagem diretamente com uma sessão RDP.

    Em ambos os casos, faça login usando credenciais de administrador local. Consulte Personalização de uma imagem.

  3. Publicar.

    Quando você inicia a ação Publicar na versão de imagem 1.0, o Serviço de Gerenciamento de Imagens do Horizon publica a versão da imagem em todos os pods do mesmo tipo de capacidade que estão presentes na frota de pods no momento da publicação. Quando a imagem importada é de um pod local do Horizon, a ação Publicar publica essa imagem em todos os pods locais do Horizon da frota. Quando a imagem importada é de um pod no Microsoft Azure, a ação Publicar publica em todos os pods do Horizon no Microsoft Azure.

    Observação: Para imagens do Microsoft Azure no catálogo de imagens, é fornecida, por conveniência, uma opção para selecionar outros pods para publicação. Essa opção não está disponível para imagens de origem local.
    O serviço replica e coloca uma cópia da versão da imagem na infraestrutura de suporte de cada pod.
    • Para infraestrutura local com suporte, cada cópia de imagem reside em um repositório de dados na instância do vCenter Server desse pod.
    • Para a infraestrutura hospedada do Microsoft Azure, a cópia da imagem é colocada como uma VM nos grupos de recursos correspondentes ao pod.
    • Você pode observar mensagens de erro detalhadas para um status de cópia da imagem na página de detalhes da cópia devido a problemas de infraestrutura, como a cota do Microsoft Azure sendo excedida, tempos limite ou exceções de soquete.

    Consulte Publicação de uma versão de imagem.

  4. Definir o Marcador (caso de uso).

    Depois de publicada, a versão da imagem deve ser marcada para uso por pools. O marcador comunica para os pools qual versão deve ser usada. As versões podem ter um ou mais marcadores vinculados a pools diferentes, enquanto um pool só pode usar um marcador. Esse design permite distribuir as atualizações por meio de diferentes conjuntos de pools seguindo marcadores diferentes. Consulte Trabalhando com marcadores.

  5. Vincular a um Pool ou uma Atribuição.

    Os Pools (para pods do Horizon instalados no local) ou as Atribuições de Várias Nuvens (para pods do Horizon no Microsoft Azure) são vinculados a uma imagem especificando a imagem e o marcador. Esses pools e atribuições recebem instruções de atualização quando os marcadores são movidos para uma versão diferente. Os pools e atribuições não persistentes são recompilados durante a atualização enquanto os pools e atribuições persistentes provisionam novas cargas de trabalho com base na versão de imagem atualizada mais recente.

    Consulte os seguintes tópicos.

  6. Criar uma Nova Versão.

    Uma vez publicada, você pode usar qualquer versão para criar a próxima versão em um estado não publicado. Depois disso, você pode realizar esse procedimento novamente começando na etapa "Personalizar a Imagem". Consulte Criar uma nova versão da imagem.

    Observação: Ao criar uma nova versão da imagem, você pode mover o marcador criado anteriormente para essa nova versão da imagem, em vez de criar um novo marcador. Essa ação instrui os pools ou as atribuições a atualizarem para a nova versão. Se você precisar de um novo marcador para um caso de uso diferente, sempre poderá adicionar um novo marcador.