As VMs importadas são VMs não gerenciadas com sistemas operacionais compatíveis importadas no seu ambiente para serem convertidas em imagens ou migradas para atribuições de área de trabalho dedicadas.

Você pode realizar as seguintes ações usando os botões no topo da página.
Ação Descrição
Importar Importe uma VM de área de trabalho de um compartilhamento de arquivos.
Observação: Para importar uma VM, você deve primeiro criar um compartilhamento de arquivos de VMs e preenchê-lo com pelo menos um conjunto de arquivos de VM (consulte Gerenciamento de compartilhamento de arquivos).
  1. Clique em Importar.

    A caixa de diálogo Importar Área de Trabalho - Compartilhamento de Arquivos é exibida.

  2. Insira informações conforme descrito abaixo.
    • Área de trabalho de destino
      • Centro de dados - Centro de dados de destino para a VM importada.
      • Pod - Pod de destino para a VM importada.
      • Rede - Rede de destino para a VM importada. Para usar a rede menos preenchida disponível, selecione a opção Balanço de Carga.
    • Área de trabalho a Ser Importada
      • FileShare - Preenche automaticamente com o compartilhamento de arquivos das VMs.
      • Área de Trabalho - Selecione a VM a ser importada.
        Observação: A VM importada deve atender aos seguintes requisitos.
        • Versão de hardware virtual 11 ou anterior.
        • Somente um controlador de interface de rede (NIC).

        Depois de selecionar uma área de trabalho, os valores são exibidos para CPU, memória e espaço em disco. Abaixo deles, a configuração Reconfigurar Área de trabalho é exibida.

      • Reconfigurar Área de Trabalho
        • Para reconfigurar a VM de área de trabalho como um modelo de área de trabalho quando ela for importada, ative essa configuração e selecione um modelo de área de trabalho no menu suspenso.
          • Se você tiver selecionado um modelo de área de trabalho personalizado, poderá selecionar CPU de Modelo de Área de Trabalho e Memória de Modelo de Área de Trabalho nos menus suspensos.
          • Se você tiver selecionado um modelo de área de trabalho fixo, esses valores não serão editáveis.
        • Para importar a VM de área de trabalho com sua configuração atual, deixe essa configuração desativada.
      • Você otimizou a imagem do Windows? - Selecione SIM ou NÃO para indicar se você executou a ferramenta de otimização de sistema operacional na VM da área de trabalho selecionada.
    • Propriedades
      • Nome da Área de Trabalho - Digite um nome exclusivo para a VM importada.
      • Descrição - Digite uma descrição para a VM importada.
  3. Clique no botão Importar na parte inferior da caixa de diálogo.

    Você pode visualizar o progresso da operação de importação na página Atividade (Monitor > Atividade).

Observação:
  • Se o VMware Tools estiver na VM, ele será atualizado para a versão mais recente do VMware Tools quando a VM for importada. Se o VMware Tools não estiver na VM, a unidade de ferramentas será montada na VM e você precisará instalar o VMware Tools manualmente inicializando o console da VM na página VMs Importadas.
  • As VMs importadas são incluídas nos cálculos de capacidade de área de trabalho.
Renomear Selecione uma VM e clique em Renomear. Insira um novo nome no campo e clique em Salvar.
Observação: Para que essa ação seja bem-sucedida a VM selecionada deve ser emparelhada com o locatário utilizando o Emparelhamento do agente e o DaaS Agent deve estar no estado Ativo.
Encerrar Encerra as VMs.
  • É possível selecionar mais de uma VM por vez.
  • O status da VM deve estar verde.
  • Você só pode encerrar VMs que não possuem sessões de usuário ativas.
Reiniciar
Executa um reinício 'elegante' da VM, permitindo a recuperação de VMs suspensas sem a perda de dados. Se isso não funcionar, pode ser necessário utilizar a opção do menu Desligar, que executa uma reinicialização total da VM e pode resultar em perda de dados.
  • É possível selecionar mais de uma VM por vez.
  • O status da VM deve estar verde.

Você pode realizar as seguintes ações clicando no botão Mais e fazendo uma seleção no menu suspenso.

Ação Descrição
Suspender Suspende a VM selecionada.
Retomar Retoma a operação da VM selecionada.
Ligar Liga a VM selecionada.
Desligar Desliga a VM selecionada.
Redefinir Redefine a VM selecionada.
Converter para Imagem Converte a VM selecionada em uma imagem.
Excluir Exclui permanentemente a VM selecionada.
Migrar para VMs do utilitário Move a VM para a página de VMs do utilitário. Consulte Gerenciando VMs do utilitário.
Migrar para atribuição Associa as VMs à atribuição de uma área de trabalho dedicada. Na caixa de diálogo Migrar VM(s), selecione uma atribuição no campo Nome da atribuição e clique em Migrar.
  • As VMs podem ser migradas somente para atribuições da área de trabalho dedicada com a mesma ID do Desktop Manager.
  • A VM selecionada deve ser emparelhada com o locatário utilizando o Agente de emparelhamento e o DaaS Agent deve estar no estado Ativo.
  • A entrada de registro "Use SVI=0" é necessária. Isso já está presente com o DaaS Agent 17.1.x e o View Agent 7.1, mas terá que ser adicionada manualmente para agentes mais antigos.
Redefinir o emparelhamento do agente

Repara o estado de emparelhamento do agente quando ocorre falha de emparelhamento.

  • Você pode selecionar várias VMs. A ação será aplicada apenas para essas VMs selecionadas que estão ligadas no momento.
  • Você pode exibir o andamento na página Monitorar > Atividade.
Iniciar console Inicia um console para a área de trabalho selecionada. Essa opção fica desativada se a VM estiver desligada ou se mais de uma VM for selecionada.
Gerar Logs Gera logs para a VM.
  • Os logs são listados na guia Logs da página Relatórios.
  • Se você tiver configurado um compartilhamento de arquivos de VMs, o sistema colocará arquivos de log nesse compartilhamento de arquivos. Para obter mais informações, consulte Gerenciamento de compartilhamento de arquivos.
Observação: Este recurso requer o Horizon Agent Installer 19.1 ou superior.
Retificar Exclui e recria a área de trabalho selecionada. Use essa opção para VMs de área de trabalho que ficaram corrompidas ou não operacionais.