As políticas de conformidade permitem que você atue em dispositivos que não cumprem os padrões definidos. Por exemplo, você pode criar políticas de conformidade que detectam quando os usuários instalam aplicativos proibidos. Com base nessa detecção, você pode configurar o sistema para agir automaticamente nos dispositivos com status de fora da conformidade.

Você pode criar políticas de conformidade para aplicativos individuais usando o Modo de exibição de lista de conformidade ou para listas de aplicativos usando grupos de aplicativos. Embora não seja obrigatório usar grupos de aplicativos, eles permitem tomar medidas preventivas em relação a um grande número de dispositivos fora de conformidade.

Exemplo de ações da política de conformidade

O mecanismo de conformidade detecta um usuário com um aplicativo do tipo jogo, que é um dos aplicativos não autorizados na lista do grupo de aplicativos não autorizados. Você pode configurar o mecanismo de conformidade para executar diversas ações.

  • Enviar uma notificação push ao usuário solicitando a remoção do aplicativo.
  • Remover alguns recursos do dispositivo, como Wi-Fi, VPN ou perfis de e-mail.
  • Eliminar aplicativos e perfis gerenciados específicos.
  • Enviar uma notificação de e-mail final para o usuário copiando TI, Segurança e RH.

Plataformas conformidade para políticas e aplicativos de conformidade

Você pode configurar uma política de conformidade de lista de aplicativos para diversas plataformas que atua em dispositivos fora de conformidade.

  • Android
  • Apple iOS
  • macOS