Muitas vezes, aplicativos internos são desenvolvidos para tarefas empresariais específicas. A remoção abrupta desses aplicativos pode causar frustração e interromper o trabalho. Você pode impedir a remoção de aplicativos internos importantes usando a proteção contra remoção de aplicativo. A proteção contra remoção de aplicativo garante que o sistema não remova aplicativos críticos para os negócios, a menos que a remoção seja aprovada pelo administrador e bloqueie os comandos de remoção de aplicativo com base nos valores limite.

Você pode usar os valores padrão ou digitar os limites que disparam o bloqueio dos comandos de remoção de aplicativo por parte do sistema. Essas ações impedem que o sistema remova os aplicativos internos associados dos dispositivos. O sistema não removerá os aplicativos internos até que um administrador execute uma ação para os comandos de remoção de aplicativo bloqueados. No geral, os valores limite aplicam-se a IDs de pacotes e a um grupo organizacional do tipo de cliente e, por sua vez, são herdados por grupos organizacionais herdeiros. Ao definir valores limite e agir com base neles, considere essas características para tomar medidas informadas sobre os aplicativos e ter as permissões necessárias para executar ações para comandos de remoção de aplicativo. Como o sistema aplica valores limite por ID de pacote, é possível que um único aplicativo tenha nomes variáveis e ainda tenha a mesma ID de pacote.

Observação: Os administradores não podem substituir valores limites em grupos organizacionais herdeiros. O posicionamento dos administradores na hierarquia do grupo organizacional controla as funções e ações disponíveis. Os administradores em grupos organizacionais herdeiros podem executar ações para comandos de remoção em seus grupos organizacionais atribuídos. Os administradores em grupos organizacionais principais podem editar valores e executar comandos de remoção no grupo principal e nos grupos organizacionais herdeiros.

O sistema de proteção contra remoção de aplicativo busca valores que alcançam ou excedem os limites na fila de comandos de remoção de aplicativo. Várias alterações de estado de aplicativo ou de grupo podem acionar comandos de remoção de aplicativos. Por exemplo, os comandos de remoção de aplicativo são disparados quando você edita seus grupos inteligentes, publica, desativa ou exclui aplicativos e assim por diante. Conclua as etapas a seguir para configurar a proteção contra remoção de aplicativo em um grupo organizacional no nível do cliente ou abaixo no Workspace ONE UEM console.

  1. Vá para Grupos e configurações > Todas as configurações > Aplicativos > Workspace ONE > Proteção contra remoção de aplicativo.

  2. Digite as seguintes configurações de limite:

    Configuração Descrição
    Dispositivos afetados Digite o total de dispositivos que podem perder um aplicativo crítico antes de a perda impedir o funcionamento da empresa.
    Dentro de (minutos) Digite o total de minutos em que o sistema envia comandos de remoção antes de a perda de um aplicativo crítico impedir que os dispositivos realizem tarefas de negócios.
    Modelo de e-mail Selecione um modelo de notificação por e-mail e faça personalizações. O sistema inclui o modelo Notificação de limite de remoção de aplicativo alcançado, específico da proteção contra a remoção de aplicativo.
    Enviar e-mail para Digite os endereços de e-mail que receberão notificações sobre os comandos de remoção bloqueados para que os destinatários possam tomar medidas com base no log de remoção de aplicativo.
  3. Salve as configurações.

Analisar log de remoção de aplicativo para executar uma ação relacionada aos comandos de remoção de aplicativo bloqueados

Você pode usar a página Log de remoção de aplicativo para continuar a bloquear comandos de remoção de aplicativo, descartar comandos ou liberar os comandos para os dispositivos. O status do comando no console exibe o log de remoção de aplicativo que representa uma fase do processo de proteção. Até que um administrador execute uma ação para os comandos bloqueados, o sistema não remove os aplicativos internos.

Conclua as seguintes etapas para analisar o log de remoção de aplicativo e executar ações com os comandos de remoção de aplicativo bloqueados:

  1. Vá para Recursos > Aplicativos > Configurações > Log de remoção de aplicativo.

  2. Filtre, classifique ou procure dados para seleção.

    • Filtre os resultados por aplicativos na lista Status de comando.

    • Classifique por ID do pacote para selecionar dados.

    • Selecione um aplicativo.

    • Você pode selecionar a Contagem de dispositivos impactados para navegar pela lista de dispositivos afetados pelas ações. Essa ação exibe a página Dispositivos do log de remoção de aplicativo, que exibe o nome dos dispositivos. Você pode usar o nome do dispositivo para ir até a página Visualizar detalhes do dispositivo.

      Status Descrição Motivo
      Retido para aprovação O sistema de proteção contém comandos de remoção, mas não remove o aplicativo interno associado.
      Os comandos de remoção estão na fila de comandos, mas o sistema não consegue processá-los sem a aprovação de um administrador.
      O sistema bloqueia comandos de remoção quando os valores dos limites são alcançados.
      Liberado para dispositivo O sistema de proteção enviou os comandos de remoção de aplicativos internos aplicáveis dos dispositivos. O sistema liberou os comandos porque um administrador configurou a liberação.
      Rejeitado pelo administrador O sistema de proteção limpou os comandos de remoção da fila de comandos.
      O sistema não removeu os aplicativos internos aplicáveis dos dispositivos.
      O sistema eliminou os comandos porque um administrador configurou a eliminação.
  3. Você pode selecionar Liberar ou Descartar.

    • A opção Liberar envia os comandos aos dispositivos e o sistema remove o aplicativo interno dos dispositivos.
    • A opção Descartar retira os comandos de remoção da fila e o sistema não remove o aplicativo interno dos dispositivos.
  4. Para ver os comandos descartados, volte à área de aplicativos internos no console e selecione as atribuições do grupo inteligente do aplicativo cujos comandos foram descartados. Certifique-se de que as atribuições do grupo inteligente do aplicativo interno ainda estejam válidas. Se a atribuição do grupo inteligente estiver inválida e não for selecionada, o sistema poderá remover o aplicativo quando o dispositivo se conectar ao sistema.

check-circle-line exclamation-circle-line close-line
Scroll to top icon