Além de aplicativos da Web, você pode integrar desktops e aplicativos Horizon, desktops e aplicativos Horizon Cloud, desktops e aplicativos publicados da Citrix e aplicativos empacotados do ThinApp ao Workspace ONE UEM console. Esses recursos, que são chamados de aplicativos virtuais na interface do Workspace ONE UEM Console, são gerenciados por meio do recurso Coleções de aplicativos virtuais.

Você pode criar uma única Coleção de aplicativos virtuais ou várias coleções para qualquer tipo de recurso, exceto os pacotes do ThinApp, para os quais você só pode criar uma única coleção. Por exemplo, para integrar uma implantação de 50 farms do Citrix XenApp, você pode configurar 10 coleções de aplicativos virtuais no Workspace ONE UEM console, com cinco farms em cada coleção. Isso facilita o gerenciamento da configuração e agiliza a sincronização, à medida que cada coleção é sincronizada separadamente. Você também pode usar conectores diferentes para cada coleção, a fim de distribuir a carga de sincronização.

A página Coleções de aplicativos virtuais, acessada ao navegar até Recursos > Aplicativos > Aplicativos virtuais > Coleções de aplicativos virtuais no Workspace ONE UEM console, fornece um local central para gerenciar todas as integrações de recursos. Você pode criar e editar coleções, monitorar o status de sincronização de todas as coleções, exibir alertas e sincronizar manualmente a partir desta página.

Observação: A integração com aplicativos empacotados do ThinApp só é compatível com o conector do Linux Workspace ONE UEM. Não é compatível com o conector do Windows.

O recurso Coleções de aplicativos virtuais oferece os seguintes benefícios:

  • Uma localização central a partir da qual gerenciar todas as integrações de recursos
    • Gerenciar todos os tipos de recursos
    • Gerenciar as configurações de sincronização e a configuração de cada coleção
    • Monitorar o status de sincronização de todas as coleções
  • Capacidade de sincronizar conjuntos de dados menores configurando várias coleções para uma grande integração de recursos. Por exemplo, você pode criar coleções separadas para cada pod do Horizon ou cada farm do XenApp.
  • Capacidade de instalar coleções separadas em domínios diferentes. Vários domínios não precisarão de uma relação de confiança se você usar coleções separadas para cada domínio.

Requisitos para coleções de aplicativos virtuais

O recurso Coleção de aplicativos virtuais tem os seguintes requisitos:

  • Todas as instâncias de serviço do Workspace ONE UEM devem ter a versão 3.1 ou posterior.
  • Todos os conectores usados para sincronizar recursos devem ter a versão 2017.12.1.0 ou posterior.

Requisitos de configuração do Workspace ONE UEM:

  • Configurações de integração de diretório definidas entre a instância do Workspace ONE UEM e a instância do Workspace ONE UEM.
  • Existe um administrador de diretório na instância do Workspace ONE UEM e instância do Workspace ONE UEM.

Requisitos da função:

  • A função de superadministrador é necessária para acessar a página Coleções de aplicativos virtuais inicialmente.
  • Em uma nova instalação, ao selecionar Recursos > Aplicativos > Aplicativos virtuais > Coleções de aplicativos virtuais pela primeira vez, uma página de informações aparece e você clica em Começar para exibir a página Coleções de aplicativos virtuais. Esse fluxo inicial de como começar requer uma função de superadministrador.
  • Para instalações com upgrade de uma versão anterior, a função de superadministrador é necessária para migrar as configurações de recursos existentes para as Coleções de aplicativos virtuais.
  • Para instalações com upgrade de uma versão anterior, mas sem recursos configurados, a função de superadministrador é necessária para acessar a página Coleções de aplicativos virtuais inicialmente. Este cenário é semelhante ao novo cenário de instalação.
  • Posteriormente, você pode gerenciar Coleções de aplicativos virtuais com qualquer função que possa executar as seguintes ações no serviço Catálogo:
    • Gerenciar aplicativos de desktop (para criar, editar ou excluir Coleções de aplicativos virtuais publicadas pelo Horizon, Horizon Cloud e Citrix)
    • Gerenciar ThinApps (para criar, editar ou excluir coleções do ThinApps)
  • A função de superadministrador é necessária para salvar a página Intervalos de rede para coleções do Horizon e Citrix. A página Intervalos de rede é usada para especificar os FQDNs de acesso de cliente e direcionar as solicitações do usuário aos servidores apropriados.
  • OG deve ser do tipo Cliente.

Migração de configurações existentes para coleções de aplicativos virtuais

Você pode iniciar diretamente com coleções de aplicativos virtuais ou seguir um caminho de migração, dependendo do cenário de instalação. Em novas instalações, você pode criar novas Coleções de aplicativos virtuais para recursos do Horizon, Horizon Cloud, Citrix ou ThinApp diretamente. Se você fizer o upgrade para o Workspace ONE UEM 1903 e todos os seus conectores tiverem a versão 2017.12.1.0 ou posterior, você deverá migrar todas as configurações existentes que ainda estão sendo gerenciadas pela interface de usuário de Gerenciar aplicativos de desktop para Coleções de aplicativos virtuais.

  • Em novas instalações, selecione a guia Recursos > Aplicativos > Aplicativos virtuais > Coleções de aplicativos virtuais. Revise as informações na página e clique em Iniciar. Selecione o tipo de recurso que você deseja integrar e siga o assistente para criar uma nova coleção de aplicativos virtuais.

  • Se você estiver fazendo o upgrade para o Workspace ONE UEM 1903 e todos os conectores tiverem a versão 2017.12.1.0 ou posterior, selecione a guia Recursos > Aplicativos > Aplicativos virtuais > Coleções de aplicativos virtuais. Revise as informações na página e clique em Iniciar para usar o Assistente de migração.

    Depois que você migra as configurações existentes, a nova página Coleções de aplicativos virtuais é ativada, permitindo que você exiba e edite as configurações migradas e crie novas. Para acessar a página a qualquer momento, selecione a guia Recursos > Aplicativos > Aplicativos virtuais > Coleções de aplicativos virtuais.

  • Se estiver sendo feito upgrade de uma versão anterior e houver pelo menos um conector, independente ou incorporado, mais antigo do que a versão 2017.12.1.0, não será possível criar novas Coleções de aplicativos virtuais. Atualize todos os conectores para a versão 2017.12.1.0 ou posterior e use o Assistente de migração para migrar suas configurações existentes para Coleções de aplicativos virtuais.

Observação:

  • Para criar novas coleções de aplicativos virtuais ou migrar configurações existentes para coleções de aplicativos virtuais, todas as instâncias de serviço do Workspace ONE UEM devem ser da versão 3.1 ou posterior e todos os conectores devem ser da versão 2017.12.1.0 ou posterior.
  • A função Superadministrador é necessária para acessar a página Coleções de aplicativos virtuais inicialmente e para migrar os recursos existentes.

Uso do Assistente de migração para migrar Coleções de aplicativos virtuais

Use o Assistente de migração para migrar as configurações de recurso existentes da interface de usuário Gerenciar aplicativos de desktop, disponíveis em versões anteriores, para as Coleções de aplicativos virtuais.

Você deve migrar todas as configurações de recurso existentes ao mesmo tempo. Por exemplo, se os recursos do Horizon Cloud e Citrix estiverem configurados, selecione ambos no Assistente de migração. O Assistente de migração deve ser usado somente uma vez para migrar todos os recursos ao mesmo tempo. Depois de ser executado uma vez, ele não estará mais disponível. Em um ambiente de hospedagem, o processo de migração pode demorar um pouco.

  • A função de superadministrador é necessária para acesso inicial à página Coleções de aplicativos virtuais e para executar a migração.

Criação de Coleções de aplicativos virtuais

  1. No Workspace ONE UEM console, vá para Recursos > Aplicativos > Aplicativos virtuais > Coleções de aplicativos virtuais > Novo.
  2. Revise as informações e clique em Começar. O assistente de migração aparece e exibe todas as configurações de recursos existentes. Observe que o Assistente de migração só será exibido se os recursos da instalação antiga estiverem configurados.
  3. No assistente de migração, para cada tipo de recurso, selecione o trabalhador do conector que foi usado para a configuração na instalação antiga. O menu suspenso de cada tipo de recurso lista somente os conectores que tinham esse recurso configurado. Se o recurso tiver sido configurado em vários conectores como alta disponibilidade, todos os conectores aparecerão na lista. O rótulo Sincronização automática ou Sincronização manual indica se uma agenda de sincronização foi definida para o recurso nesse conector ou configurada para sincronização manual. Selecione o conector com o rótulo Sincronização automática. Essa é também a seleção padrão em cada lista. Certifique-se de fazer uma seleção para todas as configurações existentes. O Assistente de migração pode ser usado somente uma vez para migrar todos os recursos ao mesmo tempo. Depois de ser executado uma vez, ele não estará mais disponível.
  4. Clique em Migrar. Em um ambiente de hospedagem, o processo de migração pode demorar um pouco.

As configurações existentes de recurso são migradas. Uma coleção de aplicativos virtuais é criada para cada tipo de configuração. Essas coleções são exibidas na página Coleções de aplicativos virtuais que aparece depois que a migração é concluída. Para exibir ou editar uma coleção, clique no nome dela. Para acessar a página Coleções de aplicativos virtuais a qualquer momento, selecione a guia Catálogo > Coleções de aplicativos virtuais.

Para obter informações sobre solução de problemas em Coleções de aplicativos virtuais, exiba o arquivo de log do conector, connector.log, e o arquivo de log do serviço, horizon.log. Em dispositivos virtuais Linux, os arquivos de log estão no diretório /opt/vmware/horizon/workspace/logs. Em servidores Windows, os arquivos de log estão no diretório install_dir\IDMConnector_or_VMwareIdentityManager\opt\vmware\horizon\workspace\logs.

  • Apenas um conector, o que você selecionou no Assistente de migração, é adicionado a cada nova Coleção de aplicativos virtuais. Se você configurou um cluster de conectores como alta disponibilidade, edite as coleções e adicione os outros conectores.
  • Uma única coleção de aplicativos virtuais é criada para cada configuração migrada. Para grandes integrações, com muitos servidores e aplicativos, considere dividir a coleção em várias coleções para facilitar o gerenciamento e agilizar a sincronização. O recurso Coleção de aplicativos virtuais permite que você crie várias coleções para cada tipo de integração, exceto integrações do ThinApp.

Você pode criar uma ou mais Coleções de aplicativos virtuais para cada tipo de integração, como recursos publicados do Horizon Cloud ou Citrix.

Conclua as seguintes etapas antes de criar coleções de aplicativos virtuais:

  • Todas as instâncias de serviço do Workspace ONE UEM devem ter a versão 3.1 ou posterior.
  • Todos os conectores usados para sincronizar recursos devem ter a versão 2017.12.1.0 ou posterior.
  • As seguintes funções de administrador são necessárias:
    • Para começar a usar coleções de aplicativos virtuais, use a função de Superadministrador.
    • Para criar, editar ou excluir Coleções de aplicativos virtuais publicadas do Horizon, Horizon Cloud e Citrix, use qualquer função que possa executar a ação Gerenciar aplicativos de desktop no serviço Catálogo.
    • Para criar, editar ou excluir coleções ThinApps, use qualquer função que possa executar a ação Gerenciar ThinApps no serviço Catálogo.
    • Para editar e salvar a página Intervalos de rede para Coleções de aplicativos virtuais publicadas pelo Horizon e Citrix, use a função de superadministrador.
  • A integração com aplicativos empacotados do ThinApp só é compatível com o conector do Linux Workspace ONE UEM. Não é compatível com o conector do Windows.

  • No Workspace ONE UEM console, vá para Recursos > Aplicativos > Aplicativos virtuais > Coleções de aplicativos virtuais >Novo.

  • Selecione o tipo de origem. Você pode selecionar o tipo de recurso para integração. Você pode selecionar aplicativos publicados do Horizon, Horizon Cloud, Citrix ou pacotes do ThinApp como tipos de origem.

    Observação: A integração com aplicativos empacotados do ThinApp só é compatível com o Linux.

  • Conector do Workspace ONE UEM. Não é compatível com o conector do Windows.

  • Siga o assistente Nova coleção para criar a coleção. As informações de configuração para cada tipo de integração são diferentes. Alguns campos, como os seguintes, aparecem para todos os tipos de origem.

    Opção Descrição
    Conector Selecione o conector que você deseja usar para sincronizar esta coleção. Para selecionar o conector, selecione o diretório associado a ele. Se você configurou um cluster de conectores, todas as instâncias do conector aparecerão na lista Host e você poderá organizá-los em ordem de failover para esta coleção. Para reorganizar a lista, clique e arraste as linhas até a posição desejada.
    Observação: depois de criar a coleção, não é possível selecionar um conector diferente para ela.
    Frequência de sincronização Selecione quando e com que frequência você deseja sincronizar os recursos na coleção. A frequência de sincronização pode variar de hora em hora a semanal. Se você não quiser configurar uma agenda de sincronização automática, selecione Manual.
    Política de ativação Selecione como você deseja disponibilizar recursos nesta coleção para os usuários no portal e aplicativo Workspace ONE. Se você pretende configurar um fluxo de aprovação, selecione Ativado pelo usuário, caso contrário, selecione Automático. Com as duas opções, ativado pelo usuário e automático, os recursos serão adicionados à página do Catálogo. Os usuários podem usar os recursos da página Catálogo ou movê-los para a página Favoritos. No entanto, para configurar um fluxo de aprovação para qualquer um dos aplicativos, você deve selecionar ativado pelo usuário para esse aplicativo.
    A política de ativação aplica-se a todas as autorizações do usuário para todos os recursos na coleção. Você pode modificar a política de ativação para usuários individuais ou grupos por recurso, na página do usuário ou do grupo, na guia usuários e grupos.

Depois de criar a coleção, você pode visualizá-la e editá-la na página Coleções de aplicativos virtuais. Os recursos na nova coleção ainda não estão sincronizados. Se você definir uma agenda de sincronização para a coleção, os recursos serão sincronizados no próximo horário agendado. Para sincronizar manualmente os recursos, selecione a coleção na página Coleções de aplicativos virtuais e clique em Sincronizar.

Edição de Coleções de aplicativos virtuais

Você pode editar todas as coleções de aplicativos virtuais para todos os tipos de integrações, na página Coleções de aplicativos virtuais no Workspace ONE UEM console.

Antes de editar as coleções de aplicativos virtuais, as seguintes funções de administrador são necessárias:

  • Para criar, editar ou excluir Coleções de aplicativos virtuais publicadas do Horizon, Horizon Cloud e Citrix, use qualquer função que possa executar a ação Gerenciar aplicativos de desktop no serviço Catálogo.
  • Para criar, editar ou excluir coleções ThinApps, use qualquer função que possa executar a ação Gerenciar ThinApps no serviço Catálogo.

  • No Workspace ONE UEM console, vá para a guia Recursos > Aplicativos > Aplicativos virtuais > Coleções de aplicativos virtuais.

  • Selecione a coleção a ser editada e clique em Editar.

  • No Assistente para editar a coleção de aplicativos virtuais, edite a coleção e salve as alterações. Você pode alterar as seguintes configurações:

    • O nome da coleção
    • O servidor de origem ou o caminho e configurações relacionadas
    • Configurações de sincronização, como a frequência de sincronização ou o horário da sincronização agendada
    • Outras configurações, conforme aplicável ao tipo de integração, não é possível alterar o diretório após a criação de uma coleção.

    Observação:

    Em uma Coleção de aplicativos virtuais do Horizon, não é possível modificar o FQDN de um pod do Horizon adicionado anteriormente. Remova o pod da coleção e adicione-o novamente.

Como boas práticas, sincronize a coleção depois de editá-la. Vá para a página Recursos > Aplicativos > Aplicativos virtuais > Coleções de aplicativos virtuais, selecione a coleção e clique em Sincronizar.

Sincronização de Coleções de aplicativos virtuais

Você pode sincronizar uma Coleção de aplicativos virtuais a qualquer momento na página Coleções de aplicativos virtuais, independentemente de ter selecionado uma agenda de sincronização automática ou manual para a coleção. A sincronização de uma coleção propaga recursos e autorizações do servidor de origem para o Workspace ONE UEM.

  1. No Workspace ONE UEM console, vá para a guia Recursos > Aplicativos > Aplicativos virtuais > Coleções de aplicativos virtuais.

  2. Selecione a coleção de aplicativos virtuais para sincronizar e clique em Sincronizar.O Workspace ONE UEM compara recursos e atribuições entre a origem e o catálogo do Workspace ONE UEM e exibe a caixa de diálogo Calculando ações de sincronização.

    Se os recursos e as atribuições corresponderem, será exibida a mensagem Todos os recursos estão atualizados. A sincronização não é necessária.

    Se houver alterações na origem que precisem ser propagadas no Workspace ONE UEM, a caixa de diálogo Calculando ações de sincronização exibirá o número de aplicativos, desktops e atribuições de usuários que exigem sincronização.

  3. Clique em Salvar na caixa de diálogo Calculando ações de sincronização. O processo de sincronização é iniciado e pode levar algum tempo para ser concluído, dependendo do número de recursos e atribuições que exigem sincronização. Quando a sincronização for concluída, o status de sincronização na página Coleções de aplicativos virtuais é alterado de Iniciado para Sincronização concluída.

Monitoramento de coleções de aplicativos virtuais

Você pode monitorar o status de sincronização de todas as suas integrações de recursos na página Coleções de aplicativos virtuais. Para cada Coleção de aplicativos virtuais, você pode exibir a hora da última sincronização dos recursos, se a sincronização foi bem-sucedida ou não, quais recursos e atribuições foram sincronizados, e se ocorreu algum alerta durante a sincronização.

  1. No Workspace ONE UEM console, vá para a guia Recursos > Aplicativos > Aplicativos virtuais > Coleções de aplicativos virtuais. Todas as coleções, para todos os tipos de integrações de recursos, aparecem na página.

  2. Exiba as informações de cada coleção.

    Para exibir Consulte
    A agenda de sincronização definida para a coleção Coluna frequência de sincronização. Se você não definir uma agenda de sincronização automática, a coluna exibirá Manual. Com uma configuração Manual, você deve sincronizar a Coleção de aplicativos virtuais manualmente toda vez que quiser propagar as alterações em recursos ou autorizações dos servidores de origem para o Workspace ONE UEM.
    Workspace ONE UEM.
    A hora da última tentativa de sincronização Coluna última tentativa de sincronização.
    O status da última sincronização A coluna Status da sincronização exibe um dos seguintes estados:

    1. Ainda não sincronizado: A coleção de aplicativos virtuais nunca foi sincronizada.

    2. Exercício de simulação concluído: Quando você clica em sincronizar para sincronizar uma Coleção de aplicativos virtuais manualmente antes de executar uma sincronização,
    o Workspace ONE UEM calcula o número de aplicativos, desktops e atribuições que exigem sincronização e exibe os resultados na caixa de diálogo Calculando ações de sincronização. Nesse ponto, o status é Exercício de simulação concluído. A tarefa de sincronização é iniciada após você clicar em Salvar.

    3. Iniciada: O processo de sincronização foi iniciado.

    4. Falha ao iniciar a sincronização: Não é possível iniciar o processo de sincronização porque uma sincronização anterior está em andamento.

    5. Sincronização concluída: O processo de sincronização foi concluído.

    6. Falha ao concluir a sincronização: O processo de sincronização não foi concluído. Por exemplo, se um problema de rede impediu o conector de alcançar o servidor do qual os recursos são sincronizados, a sincronização não será concluída.

    7. Nem todos os recursos e autorizações foram sincronizados: Alguns recursos e autorizações não foram sincronizados porque o processo de sincronização não foi concluído.
    Desktops, aplicativos e autorizações adicionados ou excluídos na última sincronização Clique em Mais na coluna Status de sincronização e selecione o ícone de informações.

    A caixa de diálogo Resumo da ação de sincronização lista o número de aplicativos, desktops e atribuições adicionados, excluídos ou atualizados na última sincronização.
    Para exibir os nomes dos aplicativos, desktops ou atribuições, clique nos links.
    Alertas Clique em Mais na coluna Status de sincronização e selecione o ícone de alerta.

    A caixa de diálogo Alertas de sincronização exibe o alerta ocorrido durante a sincronização. Por exemplo, se houver atribuições para um usuário que não existe no Workspace ONE UEM, será exibido um alerta.
    Observação: O histórico do resumo de sincronização só estará visível se todos os conectores foram atualizados para o mais recente. Alertas não são separados por coleção nem por execução de sincronização. Todos os alertas são exibidos na lista, inclusive alertas de sincronização de diretório.
check-circle-line exclamation-circle-line close-line
Scroll to top icon