Os aplicativos internos são aplicativos específicos da empresa desenvolvidos por sua organização que talvez você não queira que sejam necessariamente pesquisáveis na loja de aplicativos públicos, mas deseja que seus usuários tenham acesso a esse aplicativo a partir do dispositivo deles.

Há duas opções para implementar aplicativos internos:
  • Adicione-o à Google Play como um aplicativo privado. Esses aplicativos são adicionados como aplicativos públicos no Workspace ONE UEM console após a publicação na Google Play.
  • Hospede o arquivo .apk do aplicativo como um arquivo local. Apenas para dispositivos com o Android 6.0 ou superior.

    Para informações sobre o carregamento de aplicativos internos para dispositivos gerenciados do Work (Android 6.0+), consulte Adicionar e implementar aplicativos internos como um arquivo local, disponível na documentação do Gerenciamento de Aplicativos Móveis (MAM). Siga todas as instruções nesta seção para que esses aplicativos sejam aprovados, enviados e atribuídos a seus usuários.

Se você estiver implantando aplicativos internos em dispositivos de perfil do Android Work, adicione aplicativos internos ao Google Play for Work para que eles fiquem disponíveis a usuários específicos do Android. Carregue seu aplicativo fazendo login no Google Play Developer Console com suas credenciais corporativas. Há uma opção para ativar Restringir distribuição, que permite que apenas os usuários do seu domínio visualizem esse aplicativo no Google Play for Work (a Play Store com selos). Depois de adicionar seu aplicativo interno ao Developer console, esses aplicativos são tratados como aplicativos públicos.

Observação: Há algumas alterações de COPE (Corporate Owned Personally Enabled, propriedade da empresa e pessoalmente habilitado) no Android 11. Para obter mais informações, consulte Alterações na Propriedade Corporativa Ativada Pessoalmente(COPE, sigla em inglês) no Android 11.
  • Aplicativos internos hospedados por Workspace ONE UEM não podem mais ser enviados pelo lado pessoal do dispositivo. Os dois aplicativos internos enviados como aplicativos privados e aplicativos públicos devem ser implantados somente no perfil de trabalho.
  • Qualquer outra funcionalidade, como Regras de conformidade que dependem do aplicativo interno, não é mais compatível.