Para ajudar a configurar seu sistema de distribuição por peers e evitar problemas de configuração, revise os comportamentos de rede, os tipos de comunicação, os canais de comunicação entre os componentes e o gerenciamento de licenças.

Importante: não envie pacotes confidenciais com a distribuição por peers. Consulte a seção sobre criptografia deste tópico para obter mais informações.
  • Rede comum: o servidor peer-to-peer, o VMware Enterprise Systems Connector e os clientes peer-to-peer devem todos se comunicar na mesma rede. Se esses componentes do sistema estiverem em sub-redes da rede e houver comunicação entre as sub-redes, o recurso poderá transferir aplicativos. Clientes que não estão na rede não podem receber aplicativos com a distribuição peer-to-peer.
  • Criptografia: a comunicação entre os servidores peer-to-peer, e a Workspace ONE UEM é criptografada. A comunicação entre clientes peer-to-peer na rede não é criptografada. Essa comunicação usa UDP, mas o pacote em si não é criptografado entre clientes. Embora o sistema verifique se os pacotes foram violados, é uma boa prática não enviar pacotes confidenciais com a distribuição peer-to-peer.
  • UDP: o servidor e os clientes peer-to-peer usam UDP para comunicação com a Workspace ONE UEM.
  • Escritório central: o servidor peer-to-peer deve residir em uma das sub-redes do escritório central no nível mais alto.
  • Excesso de licenças: o sistema peer-to-peer não impede que você atribua um número de licenças maior que o adquirido. Se você atribuir licenças extra, o sistema cobrará por elas.

    Para ajudar a medir o uso de licenças, a taxa de instalação de clientes em relação a licenças usadas é de um para um.

  • Portas abertas: o cliente peer-to-peer precisa de portas específicas abertas para transferir metadados. Descubra se a equipe de gerenciamento de rede fechou as portas necessários ou bloqueou a transmissão nessas portas. Se essas portas estiverem fechadas ou não permitirem transmissão, entre em contato com o representante do Workspace ONE UEM a respeito de portas alternativas. Consulte Portas usadas para a distribuição por peers para obter informações.
  • Versões de console, cliente e servidor: você deve instalar e usar a versão compatível do cliente e do servidor peer-to-peer. Atualize o servidor peer-to-peer quando o Workspace ONE UEM console incluir uma atualização para o cliente peer-to-peer. Se ase versões não forem compatíveis, o recurso não funcionará.
  • SQL Server Express: baixe e instale o SQL Server Express no mesmo servidor que tem o VMware Enterprise Systems Connector. Instale esse componente antes de configurar a instalação peer-to-peer, pois essa instalação pode ser demorada.
  • Metadados do aplicativo: o sistema peer-to-peer armazena e transmite a ID do blob (ou a ID do conteúdo), o tamanho do aplicativo e o hash do aplicativo. Nenhum outro dado é armazenado ou transferido.
  • Downloads iniciais: o primeiro download de um processo de distribuição por peers é o mais demorado. Após o download inicial e com o recebimento do aplicativo por mais dispositivos na sub-rede, os tempos de download serão reduzidos.
  • Processos de ativação: depois que você salvar as configurações, o sistema ativará o servidor e os clientes peer-to-peer com uma chave de licença. Você pode inserir a topologia ou usar a topologia gerada pela rede no momento da ativação. Também no momento da ativação, o sistema publica todo o conteúdo de aplicativos Win32 existente no servidor peer-to-peer. A partir desse momento, os dispositivos que pertencem à rede de distribuição por peers começam a receber o download do aplicativo.