Visualize uma descrição detalhada de cada ação que pode ser executada em um dispositivo, remotamente pelo Workspace ONE UEM console. Essa lista é independente da plataforma.

  • Adicionar etiqueta – Atribua uma etiqueta personalizável a um dispositivo que possa ser usada para identificar determinado dispositivo da sua frota.
  • Aplicativos (consulta) – Envie um comando de consulta MDM ao dispositivo para que ele retorne uma lista dos aplicativos instalados.
  • Livros (consulta) – Envie um comando de consulta ao dispositivo para que ele retorne uma lista dos livros instalados.
  • Certificados (consulta) – Envie um comando de consulta MDM ao dispositivo para que ele retorne uma lista dos certificados instalados.
  • Alterar código de acesso do dispositivo – Substitua qualquer código de acesso usado para acessar o dispositivo selecionado por um novo código de acesso.
  • Alterar grupo organizacional – Altere a página inicial do grupo organizacional do dispositivo para um outro GO pré-existente. Inclui uma opção para escolher entre um grupo organizacional estático ou um dinâmico.
    • Se você quiser alterar o grupo organizacional para vários dispositivos de cada vez, selecione dispositivos para a ação em massa usando o método de seleção de blocos (usando a tecla Shift) em vez da caixa de seleção global (ao lado do cabeçalho da coluna Última visualização no modo de exibição de lista de dispositivos).
  • Alterar o tipo de proprietário – Altere a configuração de propriedade de um dispositivo, quando aplicável. As opções incluem Corporativo-dedicado, Corporativo-compartilhado, Propriedade do funcionário ou Indefinido.
  • Limpar bloqueio de ativação – Limpe o bloqueio de ativação em um dispositivo iOS. Se Bloqueio de ativação estiver ativado, o usuário precisará de uma ID da Apple e uma senha antes de executar as seguintes ações: desativar Buscar iPhone, restaurar o dispositivo para as configurações de fábrica ou reativá-lo para utilização.
  • Limpar código de acesso (contêiner) – Limpe o código de acesso específico do contêiner. Deve ser usado quando o usuário tiver esquecido o código de acesso do contêiner do dispositivo.
  • Limpar código de acesso (dispositivo) – Limpe o código de acesso do dispositivo. Deve ser usado quando o usuário tiver esquecido o código de acesso do dispositivo.
  • Limpar código de acesso (Configuração de restrições): o comando de limpar o código de acesso limpa o código de acesso para login no dispositivo. O dispositivo precisa ser supervisionado.
  • Excluir dispositivo – Exclua e cancele a inscrição de um dispositivo do Console. Envie o comando para apagar dados corporativos ao dispositivo, que será apagado no próximo check-in e marcado como Exclusão em andamento no Console. Se a proteção contra a limpeza for desativada no dispositivo, o comando emitido apagará imediatamente os dados corporativos e removerá a representação do dispositivo no Console.
  • Informações do dispositivo (consulta) – Envie um comando de consulta MDM ao dispositivo para obter informações sobre ele, como apelido, plataforma, modelo, grupo organizacional, versão do sistema operacional e status de propriedade.
  • remoção de dados de dispositivo – Envie um comando MDM para apagar os dados de um dispositivo eliminando todos os dados e o sistema operacional. Esta ação não pode ser desfeita.
    • Considerações sobre limpeza de dispositivos iOS
      • Para dispositivos com iOS 11 e inferior, o comando de limpeza do dispositivo também limpa os dados SIM da Apple associados aos dispositivos.
      • Para dispositivos com iOS 11 e superiores, é possível preservar o plano de dados SIM da Apple (se houver nos dispositivos). Marque a caixa de seleção Preservar plano de dados na página Limpeza do dispositivo antes de enviar o comando de limpeza do dispositivo.
      • Para dispositivos com iOS 11.3 e superiores, existe uma opção para ignorar a tela Configuração de proximidade ao enviar o comando de limpeza para o dispositivo. Quando a opção está ativada, a tela Configuração de proximidade é ignorada no Assistente de configuração e, portanto, o usuário do dispositivo não consegue ver a opção de Configuração de proximidade.
    • Para dispositivos da área de trabalho do Windows, é possível selecionar o tipo de limpeza de dispositivo.
      • Limpe: esta opção limpa o dispositivo de todo o conteúdo.
      • Apagar protegido - Essa opção é semelhante ao apagamento normal de dispositivo, mas o usuário final do dispositivo não pode burlar a ação. O comando Limpar com proteção continua tentando redefinir o dispositivo até que ser bem-sucedido. Em algumas configurações de dispositivos, esse comando pode deixar o dispositivo incapaz de inicializar.
      • Limpeza e persistência dos dados de provisionamento - Esta opção limpa o dispositivo, mas especifica que os dados de provisionamento devem ser copiados para um local persistente. Depois que a limpeza é executada, os dados de provisionamento são restaurados e aplicados ao dispositivo. A pasta de provisionamento é salva. Você pode encontrar a pasta navegando no dispositivo até %ProgramData%\Microsoft\Provisioning .
  • Editar dispositivo – Edite informações do dispositivo, como Apelido, Número do ativo, Proprietário do dispositivo, Grupo de dispositivos e Categoria do dispositivo.
  • Ativar/Desativar o Modo perdido – Use esse recurso para bloquear um dispositivo e enviar uma mensagem, número de telefone ou texto para a tela de bloqueio. O usuário final do dispositivo não pode desativar o Modo perdido. Quando um administrador desativa o Modo perdido, o dispositivo retorna à funcionalidade normal. Os usuários recebem uma mensagem informando que a localização do dispositivo foi compartilhada (iOS 9.3 ou posterior supervisionada)
    • Solicitar a localização do dispositivo – Consulta o dispositivo quando em Modo Perdido e utiliza a aba Localização para achar o dispositivo (iOS 9.3 ou posterior supervisionada)
  • Inscrever – Envie uma mensagem ao usuário para inscrever seu dispositivo. Como opção, é possível utilizar um modelo de mensagem que pode incluir informações de inscrição, como instruções detalhadas e links úteis. Essa ação só está disponível em dispositivos não inscritos.
  • Redefinição empresarial – Redefina um dispositivo empresarial para as configurações de fábrica, mantendo apenas a inscrição do Workspace ONE UEM.
    • Somente Windows Desktop: o Enterprise Reset restaura um dispositivo para um estado Ready to Work quando um dispositivo está corrompido ou tem aplicativos com mau funcionamento. Ele instala o sistema operacional Windows novamente, preservando dados do usuário, contas de usuário e aplicativos gerenciados. O dispositivo ressincroniza as configurações corporativas, políticas e aplicativos implantados automaticamente após a ressincronização, enquanto permanece gerenciado pelo Workspace ONE.
  • Apagar dados corporativos – Use Apagar dados corporativos em um dispositivo para cancelar a inscrição e remover todos os recursos corporativos gerenciados, incluindo aplicativos e perfis. Essa ação não pode ser desfeita e uma nova inscrição é necessária para Workspace ONE UEM gerenciar esse aplicativo novamente. Essa ação do dispositivo inclui opções para evitar uma nova inscrição e uma caixa de texto Descrição da anotação para que você adicione informações sobre a ação.
    • A ação Apagar dados corporativos não é compatível com os dispositivos associados a um domínio de nuvem.
  • Gerenciador de arquivos – Inicialize um gerenciador de arquivos no UEM Console para visualizar remotamente o conteúdo do dispositivo, adicionar pastas, realizar pesquisas e carregar arquivos.
  • Encontrar dispositivo – Envie uma mensagem de texto para o aplicativo Workspace ONE UEM aplicável junto com um som audível projetado para ajudar o usuário a localizar um dispositivo perdido. As opções de som audíveis incluem a configuração da duração da lacuna, em segundos, entre os sons e a determinação da quantidade de vezes em que o som é reproduzido.
  • Forçar a redefinição da senha do BIOS – Force o dispositivo a redefinir a senha do BIOS para uma nova senha gerada automaticamente.
  • Consulta de Hub inteligente do Workspace ONE – Envie um comando de consulta paraWorkspace ONE Intelligent Hub no dispositivo para garantir que ele foi instalado e está funcionando normalmente.
  • Atualização do iOS – Envie uma atualização do sistema operacional para um ou mais dispositivos iOS. Aplicável apenas para dispositivos supervisionados, inscritos no DEP, com versão do iOS 9 ou posterior.
  • Localização – Revele a localização de um dispositivo mostrando-o em um mapa usando o recurso de GPS habilitado no macOS Workspace ONE Intelligent Hub. Essa ação do dispositivo também requer a aprovação do usuário para ativar a funcionalidade nas Preferências do sistema do macOS.
    • Se você quiser exibir a localização de vários dispositivos de uma vez, selecione dispositivos para a ação em massa usando o método de seleção de blocos (usando a tecla Shift) em vez da caixa de seleção global (ao lado do cabeçalho da coluna Última visualização no modo de exibição de lista de dispositivos).
  • Bloquear dispositivo – Envie um comando MDM para bloquear um dispositivo selecionado, tornando-o inutilizável até que seja desbloqueado.
  • Bloquear SSO – Bloqueie o usuário do dispositivo fora do Contêiner Workspace ONE UEM e todos os aplicativos instalados.
  • Configurações de gerenciamento – Ative ou desative roaming de voz, roaming de dados e hotspots pessoais.
  • Gerenciar tags – Visualize as tags de dispositivo atribuídas no momento e veja uma lista de tags disponíveis a serem atribuídas com a tela Gerenciar tags.
    • Se você quiser gerenciar tags para vários dispositivos de uma vez, selecione dispositivos para a ação em massa usando o método de seleção de blocos (usando a tecla Shift) em vez da caixa de seleção global (ao lado do cabeçalho da coluna Última visualização no modo de exibição de lista de dispositivos).
  • Marcar como "Não perturbe" – Marque o dispositivo como "Não perturbe" para evitar o recebimento de mensagens, e-mails, perfis e qualquer outro tipo de interação de entrada. Apenas os dispositivos marcados ativamente como "Não perturbe" têm a ação Limpar opção "Não perturbe" disponível, que elimina as restrições.
  • Substituir o nível de log de trabalho – Substitua o nível de log de evento de trabalho atual e especificado no dispositivo selecionado. Esta ação define o detalhamento de log dos trabalhos enviados por push pelo Aprovisionamento de produto e substitui o atual nível de log definido nas configurações de hub do Android. A substituição do nível de log de trabalho pode ser apagada ao selecionar o item de menu suspenso Redefinir para o padrão na tela de ação. Também é possível alterar o nível de log de trabalho na categoria de Provisionamento de produto nas configurações de Hub do Android.
  • Perfis (consulta) – Envie um comando de consulta MDM ao dispositivo para que ele retorne uma lista de perfis dos dispositivos instalados.
  • Provisionamento imediato – Fornecimento de produtos para um dispositivo. Aprovisionamento é a capacidade de criar uma instalação ordenada dos arquivos, ações, perfis e aplicativos em um único produto que pode ser enviado por push para os dispositivos.
  • Consultar todos – Envie um comando de consulta ao dispositivo para que ele retorne uma lista de aplicativos instalados (incluindo o Workspace ONE Intelligent Hub, quando aplicável), livros, certificados, informações do dispositivo, perfis e medidas de segurança.
  • Reinicializar dispositivo – Reinicialize um dispositivo remotamente, reproduzindo o efeito de ligar-desligar novamente.
  • Gerenciador de registro – Inicialize um Gerenciador de registro no UEM Console para visualizar remotamente o registro do sistema operacional do dispositivo, adicionar chaves, realizar pesquisas e adicionar propriedades.
  • Assistência remota: assuma o controle de um dispositivo compatível remotamente com essa ação, que oferece ferramentas específicas da plataforma, permitindo que você ofereça suporte e solucione problemas no dispositivo. Dispositivos Android exigem a instalação do serviço de controle remoto no dispositivo.
  • Gerenciamento remoto – Assuma o controle de um dispositivo compatível remotamente com essa ação, que inicia um aplicativo do console, permitindo que você dê suporte e solucione problemas no dispositivo. Dispositivos Android exigem a instalação do serviço de controle remoto no dispositivo.
  • Exibição remota – Habilite um fluxo ativo da saída do dispositivo para um destino de sua preferência, possibilitando a visualização do que o usuário vê à medida que opera o dispositivo. Os parâmetros de destino incluem o endereço IP, a porta, a porta de áudio, a senha e o tempo de verificação.
  • Renomear dispositivo – Altere o apelido do dispositivo no console do UEM.
  • Solicitar o log do dispositivo – Solicite o log de depuração no dispositivo selecionado para depois visualizar o log selecionando a guia Mais e Anexos > Documentos. Você não pode ver o log no Workspace ONE UEM console. O log é entregue como um arquivo ZIP que pode ser usado para solucionar problemas e fornecer suporte.

    Quando você solicita um log, pode optar por receber os logs do Sistema ou do Hub. O Sistema fornece logs no nível do sistema. O Hub fornece logs dos vários agentes em execução no dispositivo.

    Somente Android: você pode recuperar logs detalhados de dispositivos Android corporativos e visualizá-los no console para resolver rapidamente problemas no dispositivo.
  • Solicitar o check-in do dispositivo – Solicite que o dispositivo selecionado faça check-in no UEM Console. Essa ação atualiza o status da coluna Última visualização.
  • Reinicie o VMware Workspace ONE Intelligent Hub – reinicie o Workspace ONE Intelligent Hub. Essa opção é usada durante a solução de problemas para quando o processo de inscrição ou o processo de instalação do submódulo for interrompido.
  • Segurança (consulta) – Envie um comando de consulta MDM para o dispositivo exibir a lista de medidas de segurança ativas (gerenciador de dispositivos, criptografia, código de acesso, certificados, etc.).
  • Enviar mensagem – Envie uma mensagem para o usuário do dispositivo selecionado. Selecione E-mail, Enviar notificação (pelo AirWatch Cloud Messaging) ou SMS. As notificações por push requerem aplicativos Airwatch, como Hub, Boxer, etc., que devem ter sido inicializados pelo menos uma vez.
  • Iniciar o AirPlay – Transmitir o conteúdo audiovisual do dispositivo para um destino de espelhamento do AirPlay. O endereço do MAC (formato "xx:xx:xx:xx:xx:xx" sem diferenciação de maiúsculas e minúsculas) do destino é obrigatório. Um código de acesso também pode ser especificado se necessário. Tempo de digitalização define o número de segundos (10-300) dedicados à pesquisa do destino. Requer macOS 10.10 ou versões superiores.
  • Iniciar/Parar o AWCM – Iniciar/Parar o serviço do Cloud Messaging no dispositivo selecionado. O AirWatch Cloud Messaging (AWCM) da Vmware simplifica a entrega de mensagens e comandos do console de administração. O AWCM elimina a necessidade de usuários finais acessarem a Internet pública ou de usarem contas de consumidor, como IDs do Google.
  • Sincronizar dispositivo – Sincronize o dispositivo selecionado com o UEM Console alinhando seu status de Última visualização.
  • Gerenciador de tarefas – Inicialize um gerenciador de tarefas no UEM Console para visualizar remotamente tarefas em execução no dispositivo, incluindo tarefas de Nome, ID do processo e Ações aplicáveis que você pode executar.
  • Exibir senha do BIOS – Exiba a senha do BIOS para o dispositivo que foi gerado automaticamente pelo Workspace ONE UEM console. Você vê a Última senha aplicada e a Última senha enviada.
  • Ver manifesto – Visualize o Manifesto do pacote do dispositivo no formato XML no console do UEM. O manifesto de dispositivos Windows Rugged lista os metadados para widgets e aplicativos.
  • Reiniciar – Inicie uma reinicialização do sistema operacional sem executar um autoteste de inicialização (POST).