Você pode se proteger contra limpezas excessivas de dispositivos e limpezas empresariais configurando um limite de apagamento no Workspace ONE UEM powered by AirWatch.

A limpeza remota de um dispositivo de conteúdo corporativo privilegiado, chamada de Apagar dados corporativos, é uma das etapas a serem consideradas quando um dispositivo é perdido ou roubado. Esse recurso foi criado como proteção contra a ameaça do conteúdo corporativo chegar aos concorrentes. Uma limpeza de dispositivo é potencialmente mais destrutiva, removendo todo o conteúdo até que o dispositivo retorne ao seu estado de fábrica.

No entanto, há situações em que os processos agendados, como o mecanismo de conformidade e outras diretrizes automatizadas apagam vários dispositivos. Além dos apagamentos automatizados, um apagamento acidental iniciado por um administrador pode ser problemático. Como administrador, você pode desejar saber quando ações são iniciadas e ter a chance de intervir.

Defina as configurações de proteção contra apagamento de dados definindo um limite de apagamento, que é um número mínimo de dispositivos apagados em determinado período. Por exemplo, se mais de 10 dispositivos forem apagados em 20 minutos, você pode colocar as limpezas futuras em espera automaticamente até depois de validar os comandos de apagamento.

Você pode revisar os registros de limpeza de dados para ver quando os dispositivos foram apagados e por qual motivo. Depois de analisar as informações, você pode aceitar ou rejeitar os comandos para apagar dados em espera e desbloquear o sistema para redefinir o contador de limite do apagamento de dados.