A atualização Executar Tarefa Personalizada permite que você execute uma série de tarefas personalizadas arbitrárias nas máquinas virtuais de uma implantação existente.

A atualização Executar Tarefa Personalizada permite que você execute as tarefas a seguir.
  • Operar no nível da máquina virtual. Permite que você opere em diversos componentes simultaneamente em componentes e serviços.
  • Executar scripts sem alteração de propriedade. Permite que você execute os scripts sem alterar qualquer propriedade de serviço ou de componente em uma implantação existente.
Para disparar uma atualização Executar Tarefa Personalizada por meio da API REST, você deve especificar as informações a seguir.
  • Todas as tarefas que precisam ser executadas.
  • Parâmetros de entrada de todas as tarefas.
  • O nó no qual cada tarefa é executada.
  • A dependência de execução de cada tarefa em um nó. Por exemplo, uma ou mais tarefas podem aguardar pela execução e conclusão das outras tarefas.

Quando a atualização Executar Tarefa Personalizada for iniciada, será exibida na página de visão geral da implantação. A linha do tempo da implantação tem um nó que representa a execução atual da atualização Executar Tarefa Personalizada.

Executar Tarefa Personalizada é compatível com a operação de reversão. Quando a tarefa personalizada falhar ao executar ou se você desejar reverter as alterações feitas anteriormente, deverá executar outra tarefa personalizada para reverter a alteração. Isso acontece porque o Application Services não consegue gerar um script de reversão para tarefas personalizadas arbitrárias.

Foram introduzidas duas novas APIs REST para o gerenciamento de Executar Tarefa Personalizada.

  • Criar e programar um perfil de atualização Executar Tarefa Personalizada
  • Atualizar e programar um perfil de atualização Executar Tarefa Personalizada

Para obter mais informações sobre APIs REST, consulte Usando APIs REST do Application Services.