Com o Application Services, se um processo de atualização para modificar uma configuração falhar ou se a implantação atualizada tiver problemas de desempenho ou disponibilidade, será possível usar o recurso de reversão para restaurar a atualização que obteve sucesso mais recentemente na linha do tempo.

O script de reversão é executado nos componentes cujas propriedades são alteradas e em outros nós dependentes. Por exemplo, em um Clustered Dukes Bank App implantado, quando você modifica o número da porta MySQL de 3306 para 3307, o script de reversão é executado no serviço mysql e no componente dukes_bank_app. Se esse processo de atualização falhar, será possível reverter a atualização de configuração para o valor da porta anterior de 3306. No assistente de Reversão, é possível ver o Valor atual como 3307 e o valor de Reverter para como 3306. O script de reversão é executado no serviço mysql e no componente dukes_bank_app para concluir o processo.

Defina o script de estágio de ciclo de vida ROLLBACK para um serviço dependente ou um componente de aplicativo durante a implantação inicial do aplicativo. Você também pode adicionar ou modificar os scripts de reversão quando faz a reversão de um processo de atualização para modificar uma configuração.

Pré-requisitos

  • Faça login no Application Services como um editor e implantador de aplicativos.
  • Familiarize-se com os conceitos básicos de definição e configuração de propriedades e ações de componentes. Consulte Desenvolvendo componentes do Application Services.
  • Verifique se a implantação inicial foi implantada com sucesso para um ambiente de nuvem.

Procedimento

  1. Na barra de título do Application Services, clique no menu suspenso e selecione Implantações.
  2. Selecione uma implantação de aplicativo para reverter para um estado previamente bem-sucedido.
  3. No menu suspenso Operações na barra de ferramentas, selecione Reverter.
  4. Clique na imagem do blueprint para revisar as dependências destacadas entre os serviços ou componentes de aplicativo.
    Observe todos os componentes dependentes para que você possa criar um script de reversão se um não existir ou modificar um existente.
  5. Na guia Serviço ou Componente de aplicativo, modifique as propriedades aplicáveis e o script de reversão.
    Se o estágio de ciclo de vida ROLLBACK estiver definido, o script será exibido com o serviço ou o componente de aplicativo associado. Você deve criar um script de reversão de alterações e reverter para o componente.

    No caso de um nó clusterizado, se você modificar uma propriedade de um serviço ou componente de aplicativo, as alterações serão aplicadas a todos os nós do cluster.

    Se você atualizar as propriedades de configuração de uma implantação que foi acionada por uma alteração na instância do serviço externo, não poderá reverter essas propriedades atualizadas.

  6. (Opcional) Selecione a caixa de seleção Reinicializar se for necessário que o agente reinicie a máquina virtual depois que o script de reversão for executado com sucesso e clique em Avançar.
    As tarefas de reversão dos componentes alterados e a reverter aparecem no plano de execução. O plano de execução original não aparece durante o processo de reversão.
  7. Revise o nó clusterizado modificado e o script de reversão em execução no plano e clique em Avançar.
    As linhas azuis pontilhadas no plano de execução definem uma ordem específica na qual as tarefas de implantação serão executadas.

    Clique na seta para baixo próxima ao script de reversão de configuração para visualizar os detalhes do script ou as definições da variável usadas no script.

  8. Revise os componentes alterados e a reverter na atualização.
    As propriedades alteradas e a reverter são destacadas.
  9. Clique em Reverter.

Resultados

O processo de reversão restaura a implantação para o último estado de sucesso na nuvem.

O que Fazer Depois

Revise o status da implantação na página de resumo de implantação. Consulte Usando a página de resumo da implantação.