Uma especificação de repositório de artefatos é um modelo para uma instância de repositório de artefatos.

Uma especificação de repositório de artefatos define propriedades para acessar uma instância de repositório de artefatos e identificar os artefatos que ele contém. A especificação contém um script de ação que usa os valores de propriedade para resolver a instância de repositório de artefatos e o artefato durante a implantação.

Pré-requisitos

  • Faça login no Application Services como um arquiteto de aplicativos ou um administrador de catálogo de aplicativos.
  • Verifique se você é um membro do grupo de negócios adequado.
  • Familiarize-se com os conceitos básicos de definição e configuração de propriedades e ações de componentes. Consulte Desenvolvendo componentes do Application Services.

Procedimento

  1. Na barra de título do Application Services, clique no menu suspenso e selecione Biblioteca > Repositórios de artefato.
  2. Clique no ícone Adicionar (Adicionar).
  3. Insira um nome e uma descrição para a especificação de repositório de artefatos.
  4. Insira um identificador de rastreamento para identificar o artefato físico no repositório.
    Use uma sequência de caracteres exclusiva para servir como ID de criação, ID de trabalho, ID de confirmação, número de versão ou outro identificador. O sistema usa esse identificador para localizar diferentes versões do mesmo artefato no mesmo repositório. É possível usar esse identificador em scripts de ação.
  5. Selecione um grupo de negócios no menu suspenso Grupo de Negócios.
    Apenas os usuários do grupo de negócios podem acessar as instâncias de repositório de artefatos criadas a partir dessa especificação.
  6. Adicione uma propriedade de acesso de repositório.
    Uma propriedade de acesso de repositório especifica a URL do servidor e outras informações necessárias para localizar uma instância de repositório de artefatos.
    1. Clique no ícone Adicionar (Adicionar) para Propriedades de Acesso de Repositório.
      É possível usar uma linha vazia na lista de Propriedades de Acesso de Repositório em vez disso, se estiver disponível.
    2. Insira um nome de propriedade na caixa de texto Nome de Propriedade.
    3. (Opcional) Insira uma descrição na caixa de texto Descrição.
    4. Selecione o tipo de propriedade no menu suspenso Tipo.
      Tipo Descrição
      Cadeia de caracteres Especifica um identificador exclusivo para repositórios criados a partir desta especificação. Aceita um máximo de 1.024 caracteres alfanuméricos.
      Inteiro Especifica o inteiro único com valor positivo ou negativo.
      Conteúdo Especifica a URL de objeto a ser baixada como um artefato por scripts.
      Matriz Especifica uma matriz na forma "value1", "value2",.....
      Computada Especifica o valor calculado a ser fornecido por scripts
      Booliano Especifica SIM ou NÃO.
      Duplo Especifica um número inteiro duplo.
      Seleção única Define uma única instrução de seleção.
    5. (Opcional) Insira um valor de propriedade na caixa de texto Valor.
      Insira um valor aqui apenas se desejar usar o mesmo valor para todas as instâncias de repositório de artefatos criadas a partir da especificação.
    6. (Opcional) Selecione a caixa de texto Protegida.
      Ao estar selecionado, oculta o valor da propriedade mascarando os caracteres.
  7. Adicione uma propriedade de identificador de artefato.
    1. Clique no ícone Adicionar (Adicionar) para Propriedades de Identificador de Artefato.
      É possível usar uma linha vazia na lista de Propriedades de Identificador de Artefato em vez disso, se estiver disponível.
    2. Insira um nome de propriedade na caixa de texto Nome de Propriedade.
    3. (Opcional) Insira uma descrição na caixa de texto Descrição.
    4. Selecione o tipo de propriedade no menu suspenso Tipo.
      Tipo Descrição
      Cadeia de caracteres Especifica um identificador exclusivo para repositórios criados a partir desta especificação. Aceita um máximo de 1.024 caracteres alfanuméricos.
      Inteiro Especifica o inteiro único com valor positivo ou negativo.
      Conteúdo Especifica a URL de objeto a ser baixada como um artefato por scripts.
      Matriz Especifica uma matriz na forma "value1", "value2",.....
      Computada Especifica o valor calculado a ser fornecido por scripts
      Booliano Especifica SIM ou NÃO.
      Duplo Especifica um número inteiro duplo.
      Seleção única Define uma única instrução de seleção.
    5. (Opcional) Insira um valor de propriedade na caixa de texto Valor.
      Insira um valor aqui apenas se quiser usar o mesmo valor para cada de artefato em uma instância de repositório de artefatos.
    6. (Opcional) Selecione a caixa de texto Protegida.
      Ao estar selecionado, oculta o valor da propriedade mascarando os caracteres.
  8. Crie um script para resolver a localização de um artefato.
    1. Selecione o tipo de script no menu suspenso Tipo de Script do script RESOLVE_ARTIFACT.
    2. Clique na caixa de texto Script para editar o script.
    3. Insira o texto de script na janela de edição.
      É possível alterar o tipo de script ou selecionar uma propriedade a ser inserida com os menus suspensos localizados na parte superior da janela de edição.
    4. Clique em OK para fechar a janela de edição e salvar o script.
      O texto de script é exibido na caixa de texto Script.
  9. Clique em Salvar para salvar as alterações ao concluir.

O que Fazer Depois

Criar uma instância de repositório de artefato.