O Software é compatível com propriedade de cadeia de caracteres, de matriz, de conteúdo, boolianas, de número inteiro e duplas.

Observação:

Os nomes das propriedades diferenciam maiúsculas de minúsculas e podem conter apenas caracteres alfabéticos, numéricos, hífen (-) ou sublinhado (_).

Opções de propriedade

É possível computar o valor de qualquer propriedade de sequência de caracteres marcando a caixa de seleção processada, bem como tornar qualquer propriedade criptografada, substituível ou necessária marcando as caixas de seleção apropriadas quando você configurar as propriedades do Software. Combine essas opções com os valores a fim de atingir fins diferentes. Por exemplo, para exigir que os arquitetos de blueprint forneçam um valor para uma senha e criptografem esse valor, deixe a caixa de texto de valor em branco e selecione Substituível, Necessário e Criptografado.

Opção

Descrição

Criptografado

Marque as propriedades como criptografadas para mascarar o valor e exibi-lo como asteriscos no vRealize Automation. Se você modificar uma propriedade de criptografada para não criptografada, o vRealize Automation reiniciará o valor da propriedade. Por segurança, você deve definir um novo valor para a propriedade.

Substituível

Permita que os arquitetos editem o valor dessa propriedade durante a montagem do blueprint de um aplicativo. Se você inserir um valor, o mesmo será exibido como padrão.

Obrigatório

Exija que os arquitetos forneçam um valor para essa propriedade ou que aceitem o valor padrão fornecido.

Processadas

Os valores para as propriedades processadas são atribuídos pelos scripts de ciclo de vida INSTALAR, CONFIGURAR ou INICIAR. O valor atribuído é propagado para as fases de ciclo de vida subsequentes disponíveis e aos componentes que se vinculam a essas propriedades em um blueprint. Se selecionar Processado para uma propriedade que não é uma propriedade de cadeia de caracteres, o tipo de propriedade muda para cadeia de caracteres.

Se você selecionar a opção de propriedade calculada, deixe em branco o valor para a propriedade personalizada. Projete os scripts para os valores processados.

Tabela 1. Exemplos de scripts para a opção de propriedade processada

Amostra de propriedade de cadeia de caracteres

Sintaxe de script

Amostra de uso

my_unique_id = ""

Bash - $my_unique_id

export my_unique_id="0123456789"

Windows CMD - %my_unique_id%

set my_unique_id=0123456789

Windows PowerShell - $my_unique_id

$my_unique_id = "0123456789"

Propriedade de cadeia de caracteres

O valor da propriedade de cadeia de caracteres pode ser uma cadeia de caracteres ou o valor vinculado a outra propriedade de cadeia de caracteres. O valor de uma cadeia de caracteres pode conter qualquer caractere ASCII. Para uma propriedade vinculada, use a guia Propriedades na tela do blueprint para selecionar a propriedade apropriada para vinculação. O valor da propriedade é passado para os scripts de ação como dados de cadeia de caracteres não processados.

Amostra de propriedade de cadeia de caracteres

Sintaxe do script

Amostra de uso

admin_email = "admin@email987.com"

Bash - $admin_email

echo $admin_email

Windows CMD - %admin_email%

echo %admin_email%

Windows PowerShell - $admin_email

write-output  $admin_email

Propriedade de matriz

O valor da propriedade de matriz pode ser uma matriz de cadeias de caracteres definida como [“value1”, “value2”, “value3”…] ou o valor vinculado a outra propriedade de matriz. Quando você define os valores de uma propriedade de matriz, é necessário colocar a matriz de cadeias de caracteres entre colchetes. No caso de uma matriz de cadeia de caracteres, o valor nos elementos da matriz pode conter qualquer caractere ASCIl. Para codificar corretamente um caractere de barra invertida em um valor de propriedade de Matriz, adicione outra barra invertida, por exemplo, ["c:\\teste1\\teste2"]. Para uma propriedade vinculada, use a guia Propriedades na tela do blueprint para selecionar a propriedade apropriada para vinculação.

Por exemplo, considere uma máquina virtual de balanceamento de carga que esteja balanceando a carga de um cluster de máquinas virtuais do servidor de aplicativos. Nesse caso, uma propriedade de matriz é definida para o serviço do balanceador de carga e atribuída à matriz de endereços IP das máquinas virtuais do servidor de aplicativos.

Esses scripts de configuração do serviço do balanceador de carga usam a propriedade de matriz para configurar o esquema de balanceamento de carga apropriado nos sistemas operacionais Red Hat, Windows e Ubuntu.

Amostra de propriedade de matriz

Sintaxe do script

Amostra de uso

operating_systems = ["Red Hat","Windows","Ubuntu"]

Bash - ${operating_systems[@]}

para toda a matriz de cadeias de caracteres

${operating_systems[N]}

para o elemento de matriz individual

for (( i = 0 ; i < ${#operating_systems[@]}; i++ )); do
   echo ${operating_systems[$i]}
done

Windows CMD - %operating_systems_N%

onde N representa a posição do elemento na matriz

for /F "delims== tokens=2" %%A in ('set operating_systems_') do (
    echo %%A
)

Windows PowerShell - $operating_systems

para toda a matriz de cadeias de caracteres

$operating_systems[N]

para o elemento de matriz individual

foreach ($os in $operating_systems){
   write-output  $os
}

Propriedade de conteúdo

O valor da propriedade de conteúdo é uma URL de um arquivo para baixar conteúdo. O agente do Software baixa o conteúdo da URL para a máquina virtual e passa a localização do arquivo local na máquina virtual para o script.

As propriedades de conteúdo devem ser definidas como uma URL válida com o protocolo HTTP ou HTTPS. Por exemplo, o componente do Software do JBOSS Application Server no aplicativo de amostra do Dukes Bank especifica uma propriedade de conteúdo cheetah_tgz_url. Os artefatos estão hospedados no dispositivo do Software, e a URL aponta para essa localização no dispositivo. O agente do Software baixa os artefatos da localização especificada para a máquina virtual implantada.

Amostra de propriedade de cadeia de caracteres

Sintaxe do script

Amostra de uso

cheetah_tgz_url = "http://app_content_server_ip:port/artifacts/software/jboss/cheetah-2.4.4.tar.gz"

Bash - $cheetah_tgz_url

tar -zxvf $cheetah_tgz_url

Windows CMD - %cheetah_tgz_url%

start /wait c:\unzip.exe
%cheetah_tgz_url%

Windows PowerShell - $cheetah_tgz_url

 & c:\unzip.exe
$cheetah_tgz_url

Propriedade booliana

O tipo de propriedade booliana oferece as opções Verdadeiro e Falso no menu suspenso Valor.

Propriedade de inteiro

O tipo de propriedade de inteiro aceita como valor o zero ou um inteiro positivo ou negativo.