A Lista de verificação para estender ciclos de vida de máquinas usando o vRealize Automation Designer fornece uma visão geral de alto nível das etapas necessárias para instalar e configurar o vRealize Automation Designer de forma a personalizar ciclos de vida de máquinas IaaS.

Tabela 1. Lista de verificação para estender ciclos de vida de máquinas usando o vRealize Automation Designer

Tarefa

Detalhes

Caixa de seleção Baixe e instale o vRealize Automation Designer.

Instalando o vRealize Automation Designer

Caixa de seleção Crie um endpoint do vRealize Automation para a sua instância do vRealize Orchestrator.

Criar um endpoint do vRealize Orchestrator

Caixa de seleção Associe seu endpoint do vRealize Orchestrator com um blueprint de máquina.

Associar um endpoint do vRealize Orchestrator a um blueprint

Caixa de seleção Usando atividades do vRealize Automation Designer, personalize um stub de Fluxo de trabalho do IaaS.

Observação:

Os stubs de fluxo de trabalho estão sendo substituídos pelas inscrições de fluxo de trabalho do agente de eventos. Eles ainda estão disponíveis, têm suporte e podem ser usados, mas serão removidos em uma versão futura do vRealize Automation. Para garantir a compatibilidade com produtos futuros, você deve usar as inscrições de fluxo de trabalho para executar fluxos de trabalho personalizados com base em alterações de estado. Consulte Configurando inscrições de fluxo de trabalho para estender o vRealize Automation.

Opcionalmente, você pode usar atividades de fluxo de trabalho do vRealize Orchestrator a serem chamadas para fluxos de trabalho personalizados do vRealize Orchestrator.

Personalizar um fluxo de trabalho do IaaS

Caixa de seleção Depois de criar um fluxo de trabalho de alteração de estado personalizado, um administrador de tenants ou um gerente de grupos de negócios deve habilitá-lo para blueprints específicos, adicionando uma propriedade personalizada.

Configurar um blueprint para chamar um fluxo de trabalho de alteração de estado