Você deve configurar seus fluxos de trabalho do vRealize Orchestrator para dar suporte às mensagem de serviços do IaaS.

Esquema de tópicos de eventos de ciclo de vida e provisionamento

Os tópicos de eventos de ciclo de vida e provisionamento de máquinas usam o mesmo esquema de ciclo de vida. As diferenças estão nos estados de acionamento. O provisionamento de máquinas recebe mensagens baseadas em estados e eventos de provisionamento, enquanto o ciclo de vida de máquinas recebe mensagens baseadas em eventos e estados ativos. Alguns estados de provisionamento incluem BuildingMachine e Disposing. Alguns estados de ciclo de vida incluem InstallTools e Off.

A mensagem de evento é a carga de dados de eventos. Veja a seguir a estrutura da carga de dados de eventos.

{
  machine : {
      id                : STRING,      /* IaaS machine ID */
      name              : STRING,      /* machine name */
      externalReference : STRING,      /* machine ID on the hypervisor */
      owner             : STRING,      /* machine owner */ 
      type              : INTEGER,     /* machine type: 0 - virtual machine; 1 - physical machine; 2 - cloud machine */ 
      properties        : Properties   /* machine properties, see notes below how to expose virtual machine properties */            
  },
  blueprintName   : STRING,      /* blueprint name */
  componentId     : STRING,      /* component id */
  componentTypeId : STRING,      /* component type id */
  endpointId      : STRING,      /* endpoint id */
  requestId       : STRING,      /* request id */
  lifecycleState  : {												/* see Life Cycle State Definitions*/
      state : STRING,
      phase : STRING,
      event : STRING
  },
  virtualMachineEvent                 : STRING,     /* fire an event on that machine - only processed by Manager Service as consumer */
  workflowNextState                   : STRING,     /* force the workflow to a specific state - only processed by Manager Service as consumer */
  virtualMachineAddOrUpdateProperties : Properties, /* properties on the machine to add/update - only processed by Manager Service as consumer */
  virtualMachineDeleteProperties      : Properties  /* properties to remove from the machine - only processed by Manager Service as consumer */
}

Os parâmetros do vRealize Orchestrator são mapeados para a carga do evento por nome e tipo.

Trabalhando com propriedades personalizadas de extensibilidade

As propriedades personalizadas da máquina virtual não são incluídas na carga de eventos, a não ser que elas sejam especificadas como uma propriedade personalizada de extensibilidade para o estado do ciclo de vida. Você pode adicionar essas propriedades a endpoints, reservas, blueprints, solicitação e outros objetos do IaaS que oferecem suporte a propriedades personalizadas.

O formato da propriedade personalizada que você adiciona a um objeto é Extensibility.Lifecycle.Properties.{workflowName}.{stateName}.

Por exemplo, se quiser incluir propriedades ocultas e todas as propriedades que começam com "Virtual" quando o estado da máquina virtual é BuildingMachine, adicione as propriedades personalizadas à máquina no blueprint. O nome da propriedade personalizada para esse exemplo é Extensibility.Lifecycle.Properties.VMPSMasterWorkflow32.BuildingMachine, e os valores são __* e Virtual*, separados por uma vírgula.

O sublinhado duplo (__*) inclui as propriedades ocultas. O valor Virtual* inclui todas as propriedades que começam com virtual. O asterisco (*) é um caractere curinga e pode ser usado como o único valor, mas o seu uso dessa maneira resulta na transferência de grandes quantidades de dados.

Criando um fluxo de trabalho do vRealize Orchestrator com base no esquema de ciclo de vida ou de provisionamento

O fluxo de trabalho personalizado que você criar deve ter um parâmetro de entrada que seja payload com o tipo Properties. A carga de dados de eventos de provisionamento ou ciclo de vida é colocada nesse parâmetro quando o fluxo de trabalho é executado no vRealize Orchestrator. Você também pode incluir parâmetros de entrada separados que correspondem ao nome e ao tipo dos campos na carga do evento.