A lista de verificação para estender ciclos de vida de máquinas usando o vRealize Orchestrator fornece uma visão geral de alto nível das etapas necessárias para instalar e configurar o vRealize Orchestrator de forma a personalizar ciclos de vida de máquinas IaaS.

Tabela 1. Lista de verificação para estender ciclos de vida de máquinas usando o vRealize Orchestrator

Tarefa

Detalhes

Caixa de seleção Configure um host vRealize Automation para o seu vRealize Orchestrator.

Adicionar um host do vRealize Automation

Caixa de seleção Configure um host IaaS para o seu vRealize Orchestrator.

Adicionar um host IaaS

Caixa de seleção Instale as personalizações do vRealize Orchestrator para estender os ciclos de vida de máquinas IaaS.

Instalar a personalização do vRealize Orchestrator

Caixa de seleção Crie um endpoint do vRealize Automation para a sua instância do vRealize Orchestrator.

Criar um endpoint do vRealize Orchestrator

Caixa de seleção Use o modelo de fluxo de trabalho fornecido no subdiretório Extensibilidade da biblioteca de plug-ins do vRealize Automation para criar um fluxo de trabalho personalizado do vRealize Orchestrator a ser executado durante o ciclo de vida da máquina. Será possível executar vários fluxos de trabalho no mesmo estado para o mesmo blueprint desde que eles estejam aninhados em um único fluxo de trabalho encapsulador.

Para obter informações sobre como desenvolver fluxos de trabalho com o vRealize Orchestrator, consulte a documentação do vRealize Orchestrator. Para treinamento em desenvolvimento do vRealize Orchestrator para integrações com o vRealize Automation, consulte os cursos de treinamento disponíveis na VMware Education e os materiais de instrução fornecidos pela VMware Learning.

Caixa de seleção Execute o fluxo de trabalho fornecido que insere seu fluxo de trabalho personalizado em um stub de fluxo de trabalho do IaaS e configura um blueprint para chamar esse stub.

Observação:

Os stubs de fluxo de trabalho são substituídos pelas inscrições de fluxo de trabalho do agente de eventos. Eles ainda estão disponíveis, têm suporte e podem ser usados, mas serão removidos em uma versão futura do vRealize Automation. Para garantir a compatibilidade com produtos futuros, você deve usar as inscrições de fluxo de trabalho para executar fluxos de trabalho personalizados com base em alterações de estado. Consulte Configurando inscrições de fluxo de trabalho para estender o vRealize Automation.

Atribuir um fluxo de trabalho de alteração de estado a um blueprint e suas máquinas virtuais