Você pode usar a atividade InvokeVcoWorkflow ou InvokeVcoWorkflowAsync para chamar um fluxo de trabalho do vRealize Orchestrator a partir de um fluxo de trabalho do IaaS.

Por Que e Quando Desempenhar Esta Tarefa

Alguns fluxos de trabalho do vRealize Orchestrator exigem a interação do usuário durante a execução. Para esses fluxos de trabalho, o prompt do usuário aparece no cliente do vRealize Orchestrator em vez de no console do vRealize Automation e, por isso, não é evidente para o usuário final no vRealize Automation que um fluxo de trabalho está aguardando entrada.

Para impedir que fluxos de trabalho sejam bloqueados na entrada do usuário, não chame fluxos de trabalho do vRealize Orchestrator que exigem a interação do usuário a partir de fluxos de trabalho do IaaS.

Procedimento

  1. No vRealize Automation Designer, abra um fluxo de trabalho e navegue até o contexto no qual você deseja chamar um fluxo de trabalho do vRealize Orchestrator.
  2. Arraste a atividade InvokeVcoWorkflow ou InvokeVcoWorkflowAsync até o painel Designer.
  3. Selecione o fluxo de trabalho do vCenter Orchestrator a ser executado.
    1. Em Geral, clique nas reticências ao lado de Fluxo de Trabalho.
    2. Na caixa de diálogo Procurar fluxo de trabalho do vCO, selecione um fluxo de trabalho.
    3. Clique em OK.

    As seções Entradas e Saídas mostram os parâmetros de entrada e saída do fluxo de trabalho selecionado.

  4. No painel Propriedades, especifique um dos seguintes parâmetros de destino.
    • VirtualMachineId é o nome da variável que representa a ID da máquina virtual. Uma máquina virtual com essa ID é selecionada, e o valor recuperado da propriedade personalizada VMware.VCenterOrchestrator.EndpointName para uma máquina virtual é usado como o nome do endpoint do vRealize Orchestrator.

    • VcoEndpointName é o nome do endpoint usado para executar o fluxo de trabalho. Se especificado, esse valor substitui o valor de VirtualMachineId ao selecionar o endpoint do vRealize Orchestrator.

    • WorkflowTimeout é um valor de tempo limite em segundos. Uma exceção será gerada se o fluxo de trabalho do vRealize Orchestrator não terminar no tempo especificado, em vez de ele ser bloqueado até que uma resposta seja retornada. Se nenhum valor for definido ou se um valor igual a zero for fornecido, o tempo limite não será ativado. O status do fluxo de trabalho é verificado a cada 10 segundos durante esse período, a não ser que o tempo de sondagem seja modificado para o endpoint por meio da especificação de um valor na propriedade personalizada VMware.VCenterOrchestrator.PollingInterval.

  5. Especifique os parâmetros para o fluxo de trabalho do vRealize Orchestrator.
    • Insira os valores na atividade usando o painel Designer.

    • No painel Propriedades, clique nas reticências ao lado de InputParameters ou OutputParameters para abrir a caixa de diálogo Parâmetros. Essa caixa de diálogo exibe o tipo do IaaS de cada parâmetro. Se o tipo de parâmetro aparecer em negrito, o parâmetro será necessário.

    Aponte para a caixa de texto de qualquer parâmetro para visualizar uma dica de ferramenta indicando o tipo do vRealize Orchestrator.

    Se você estiver usando a atividade InvokeVcoWorkflowAsync, os parâmetros de saída do fluxo de trabalho do vRealize Orchestrator serão exibidos com seus tipos correspondentes para fins informativos, mas não será possível especificar uma expressão para o parâmetro nessa atividade.

O que Fazer Depois

Para recuperar os resultados de um fluxo de trabalho executado sincronicamente, use a atividade WaitForVcoWorkflowCompletion.