Se o provisionamento falhar, o vRealize Automation reverte todos os recursos incluídos no item de catálogo. Para implantações que contêm vários componentes, você pode usar uma propriedade personalizada para substituir esse padrão e receber informações para depurar a falha. Essas propriedades são utilizadas da melhor maneira possível quando aplicadas ao blueprint geral.

Tabela 1. Propriedades personalizadas para a análise de implantações

Propriedade personalizada

Descrição

_debug_deployment

Com exceção de operações de dimensionamento, que permitem implementações parcialmente bem-sucedidas, o comportamento padrão é destruir toda a implantação se qualquer um dos recursos individuais não for provisionado. Você pode substituir o comportamento padrão definindo o _debug_deployment valor da propriedade personalizada como verdadeiro. Se o provisionamento falhar, a propriedade personalizada de depuração interromperá a reversão dos recursos para que você possa identificar quais dos componentes falharam no provisionamento. Nenhum dos componentes em um item de catálogo com falha fica acessível aos usuários e, portanto, essa propriedade personalizada é mais bem usada durante o desenvolvimento e o teste de novos blueprints.

Para aplicar a propriedade personalizada a um blueprint, adicione _debug_deployment à página Propriedades do Blueprint usando a guia Propriedades ao criar ou editar um blueprint. Essa propriedade destina-se a blueprints que contêm vários componentes, como blueprints compostos, e será ignorada se for aplicada a blueprints autônomos. A propriedade _debug_deployment é consumida no nível de provisionamento de software, e não no nível do agente guest ou do provisionamento de máquinas.

_deploymentName

Quando adicionada a um blueprint, esta propriedade permite que você especifique um nome personalizado para a implantação definindo o valor do _deploymentName para sua cadeia de caracteres personalizada. Se mais de uma instância dessa implantação for provisionada em uma única solicitação, seu nome personalizado se tornará um prefixo. Se quiser que os usuários especifiquem seus próprios nomes de implantação, defina essa propriedade personalizada para permitir substituições. As seguintes duas advertências são necessárias para o uso:

  • Você deve adicionar esta propriedade no nível do blueprint, não no nível do componente. Por exemplo, ao criar ou editar um blueprint, clique na guia Propriedades e selecione Propriedades Personalizadas > Nova para adicionar a propriedade _deploymentName ao blueprint. Não adicione a propriedade a uma máquina ou a outro componente no blueprint.

  • Você deve adicionar esta propriedade como uma propriedade separada e não como um membro de um grupo de propriedades.