É necessário criar um recurso personalizado para que seja possível criar um blueprint do XaaS para provisionamento com a opção de acessar e gerenciar os itens provisionados. Recursos personalizados definem os itens para provisionamento e é possível usá-los para definir operações de pós-provisionamento que os consumidores podem executar.

É possível criar um recurso personalizado para definir um novo tipo de item provisionado e mapeá-lo para um tipo de objeto do vRealize Orchestrator existente. Os tipos de objeto do vRealize Orchestrator são os objetos expostos por meio das APIs dos plug-ins do vRealize Orchestrator. O recurso personalizado é o tipo de saída de um fluxo de trabalho de blueprint de provisionamento e pode ser o tipo de entrada de um fluxo de trabalho de ação de recurso.

Por exemplo, se você tiver uma instância em execução do vCenter Server e também tiver o plug-in do vCenter Server configurado para operar com o vRealize Orchestrator, todos os tipos de objeto da API do vCenter Server serão expostos no vRealize Orchestrator. O plug-in do vCenter Server expõe os objetos de inventário do vSphere no inventário do vRealize Orchestrator. Os objetos de inventário do vSphere incluem datacenters, pastas, hosts ESXi, máquinas virtuais e aparelhos, pools de recursos e assim por diante. É possível realizar operações nesses objetos. Por exemplo, você pode criar, clonar ou destruir máquinas virtuais.

Para obter mais informações sobre os tipos de objeto do vRealize Orchestrator expostos através da API do vCenter Server, consulte o documento de Referência de API do plug-in do vCenter Server para o vCenter Orchestrator.