Com o XaaS, os arquitetos do XaaS podem criar ações de recurso e blueprints do XaaS, e publicá-los como itens de catálogo.

Com o XaaS, você pode fornecer qualquer coisa como um serviço usando os recursos do VMware vRealize ™ Orchestrator ™. Por exemplo, você pode criar um blueprint que permite a um usuário solicitar o backup de um banco de dados. Depois de preencher e enviar uma solicitação de reserva, o usuário recebe um arquivo de backup do banco de dados especificado.

Um arquiteto do XaaS pode criar tipos de recurso personalizados mapeados para tipos de objeto do vRealize Orchestrator e defini-los como itens a serem provisionados. Um arquiteto do XaaS pode então criar blueprints a partir de fluxos de trabalho do vRealize Orchestrator e publicar esses blueprints como itens de catálogo. Os fluxos de trabalho do vRealize Orchestrator podem ser predefinidos ou desenvolvidos independentemente por desenvolvedores de fluxo de trabalho.

Você também pode usar o XaaS para criar ações adicionais que o consumidor pode realizar nos itens provisionados. Essas ações adicionais são conectadas a fluxos de trabalho do vRealize Orchestrator e utilizam o item provisionado como entrada para o fluxo de trabalho. Para usar essa função para itens provisionados por outras fontes diferentes do XaaS, você deve criar os mapeamentos de recursos para definir os respectivos tipos de recurso no vRealize Orchestrator.

Para obter mais informações sobre o vRealize Orchestrator e suas capacidades, consulte a documentação do vRealize Orchestrator.