A VMware oferece uma série de fluxos de trabalho que você pode personalizar usando o vRealize Automation Designer. Eles incluem fluxos de trabalho de alteração de estado e fluxos de trabalho de operação de menu.

Os fluxos de trabalho do IaaS são criados com o uso do Microsoft Windows Workflow Foundation 4, parte do .NET Framework 4. Para obter informações sobre o Windows Workflow Foundation e a criação de fluxos de trabalho, consulte a documentação da Microsoft. O vRealize Automation também oferece várias atividades do vRealize Automation Designer para a execução e o monitoramento de fluxos de trabalho do vRealize Orchestrator.

Os modelos de fluxo de trabalho personalizáveis fornecidos pela VMware demonstram práticas recomendadas para a estruturação de fluxos de trabalho com sequências separadas para inicialização, lógica personalizada e finalização. O fluxo de trabalho inteiro é encapsulado em um bloco TryCatch para o tratamento de erros. Todas as exceções não detectadas ou novamente lançadas são registradas pelo Distributed Execution Manager, que executa o fluxo de trabalho.

Depois que você cria um fluxo de trabalho personalizado do IaaS, um autor de blueprint deve habilitá-lo em blueprints específicos.