Instale o agente guest do Linux nas máquinas de referência para personalizá-las ainda mais após a implantação.

Pré-requisitos

  • Identifique ou crie a máquina de referência.

  • Os arquivos do agente guest que você faz download contêm os formatos de pacote tar.gz e RPM. Se seu sistema operacional não puder instalar arquivos tar.gz ou RPM, use uma ferramenta de conversão para converter os arquivos de instalação no seu formato de pacotes preferido.

  • Estabeleça uma confiança segura entre o agente guest e sua máquina de Serviço de Gerenciamento. Consulte Configuração do Agente Guest para dar confiança a um servidor.

Procedimento

  1. Navegue até a página do console de gerenciamento do vCloud Automation Center Appliance.

    Por exemplo: https://va-hostname.domain.com.

  2. Clique na página Agentes guest e de software na seção de instalação de componentes do vRealize Automation da página.

    Por exemplo: https://va-hostname.domain.com/software/index.html.

    A página Instaladores de Agentes Guest e de Software é aberta, exibindo links para downloads disponíveis.

  3. Clique em Pacotes de agentes guest Linux na seção de instaladores de agentes guest da página para baixar e salvar o arquivo LinuxGuestAgentPkgs.zip.
  4. Descompacte o arquivo LinuxGuestAgentPkgs.zip baixado para criar a pasta VraLinuxGuestAgent.
  5. Instale o pacote do agente guest correspondente ao sistema operacional guest que você está implantando durante o provisionamento.
    1. Navegue até o subdiretório VraLinuxGuestAgent que corresponde ao sistema operacional guest a ser implementado durante o provisionamento, por exemplo rhel32.
    2. Localize o seu formato de pacote preferido ou converta um pacote no seu formato de pacote preferido.
    3. Instale o pacote do agente guest na máquina de referência.

      Por exemplo, para instalar os arquivos do pacote RPM, execute rpm -i gugent-gugent-7.1.0-4201531.i386.rpm.

  6. Configure o agente guest para a comunicação com o Manager Service executando installgugent.sh Manager_Service_Hostname_fdqn:númerodaporta ssl plataforma.

    O número de porta padrão do Manager Service é 443. Os valores de plataforma aceitos são ec2, vcd, vca e vsphere.

    Opção

    Descrição

    Se você estiver usando um balanceador de carga

    Insira o nome de domínio totalmente qualificado e o número da porta do balanceador de carga do Manager Service. Por exemplo:

    cd /usr/share/gugent
    ./installgugent.sh load_balancer_manager_service.mycompany.com:443 ssl ec2

    Sem balanceador de carga

    Insira o nome de domínio totalmente qualificado e o número da porta da máquina do Manager Service. Por exemplo:

    cd /usr/share/gugent
    ./installgugent.sh manager_service_machine.mycompany.com:443 ssl vsphere
  7. Se as máquinas implantadas ainda não estiverem configurados para confiar no certificado SSL do Manager Service, você deverá instalar o arquivo cert.pem na máquina de referência para estabelecer a confiança.
    • Para uma abordagem mais segura, obtenha o certificado cert.pem e instale manualmente o arquivo na máquina de referência.

    • Para uma abordagem mais conveniente, você pode conectar-se ao balanceador de carga do Manager Service ou à máquina do Manager Service, e fazer download do certificado cert.pem.

    Opção

    Descrição

    Se você estiver usando um balanceador de carga

    Como o usuário raiz na máquina de referência, execute o seguinte comando:

    echo | openssl s_client -connect balanceador_carga_manager_service.minhaempresa.com:443 | sed -ne '/-BEGIN CERTIFICATE-/,/-END CERTIFICATE-/p' > cert.pem

    Sem balanceador de carga

    Como o usuário raiz na máquina de referência, execute o seguinte comando:

    echo | openssl s_client -connect máquina_manager_service.minhaempresa.com:443 | sed -ne '/-BEGIN CERTIFICATE-/,/-END CERTIFICATE-/p' > cert.pem
  8. Se você estiver instalando o agente guest em um sistema operacional Ubuntu, crie links simbólicos para os objetos compartilhados executando um dos conjuntos de comandos a seguir.

    Opção

    Descrição

    Sistemas de 64 bits

     cd /lib/x86_64-linux-gnu
    sudo ln -s libssl.so.1.0.0 libssl.so.10
    sudo ln -s libcrypto.so.1.0.0 libcrypto.so.10

    Sistemas de 32 bits

    cd /lib/i386-linux-gnu
    sudo ln -s libssl.so.1.0.0 libssl.so.10
    sudo ln -s libcrypto.so.1.0.0 libcrypto.so.10

O que Fazer Depois

Converta a sua máquina de referência em um modelo para clonagem, uma imagem de máquina da Amazon ou um snapshot que seus arquitetos de IaaS podem usar ao criarem blueprints.