Você pode usar os mapeamentos de recursos fornecidos para máquinas vSphere, vCloud Director ou vCloud Air ou pode criar fluxos de trabalho ou ações de script do vRealize Orchestrator personalizados para mapear outros tipos de recursos de catálogo do vRealize Automation para tipos de inventário do vRealize Orchestrator.

Mapeamentos de recursos fornecidos com o vRealize Automation

O vRealize Automation inclui mapeamentos de recursos para máquinas virtuais IaaS vSphere, IaaS vCloud Director e implantações.

O vRealize Automation inclui ações de script de mapeamento de recursos do vRealize Orchestrator para cada um dos mapeamentos de recursos do XaaS fornecidos. Ações de script para os mapeamentos de recursos fornecidos estão localizadas no pacote com.vmware.vcac.asd.mappings do servidor vRealize Orchestrator incorporado.

Quando você cria uma ação de recurso executada em um blueprint composto implantado que usa um fluxo de trabalho do vRealize Orchestrator com o vCACAFE:CatalogResource como um parâmetro de entrada, o mapeamento de Implantação é aplicado como o tipo de recurso de entrada. O mapeamento de Implantação apenas será aplicado se o fluxo de trabalho selecionado incluir o vCACAFE:CatalogResource como um parâmetro de entrada. Por exemplo, se você criar uma ação para solicitar uma ação de recurso em nome de um usuário, o tipo de recurso na guia Recurso de Entrada será Implantação, pois esse fluxo de trabalho usa o vCACAFE:CatalogResource.

Os mapeamentos de recursos IaaS vCD VM e IaaS VC VirtualMachine são usados por uma ação para mapear as máquinas virtuais que correspondem a recursos IaaS para a máquina virtual vRealize Orchestrator vSphere ou vCloud Director.

Desenvolvendo mapeamentos de recursos

Dependendo da sua versão do vRealize Orchestrator, você pode criar um fluxo de trabalho ou uma ação de script do vRealize Orchestrator para mapear recursos entre o vRealize Orchestrator e o vRealize Automation.

Para desenvolver o mapeamento de recursos, você usa um parâmetro de entrada do tipo Properties contendo um par de chave/valor que define o recurso provisionado e um parâmetro do tipo Inventário do vRealize Orchestrator, esperado pelo plug-in do vRealize Orchestrator correspondente. As propriedades disponíveis para o mapeamento dependem do tipo de recurso. Por exemplo, a propriedade EXTERNAL_REFERENCE_ID é um parâmetro de chave comum que define máquinas virtuais individuais, e você pode usá-la para consultar um recurso de catálogo. Se estiver criando um mapeamento para um recurso que não usa um EXTERNAL_REFERENCE_ID, você poderá usar uma das outras propriedades transmitidas para as máquinas virtuais individuais. Por exemplo, nome, descrição e assim por diante.

Para obter mais informações sobre como desenvolver fluxos de trabalho e ações de script, consulte Desenvolvimento com o VMware vCenter Orchestrator.