É possível adicionar um endpoint e configurar o plug-in do PowerShell para se conectar a um host PowerShell em execução, de modo que você possa chamar scripts do PowerShell e cmdlets de ações e fluxos de trabalho do vRealize Orchestrator, e trabalhar com o resultado.

Pré-requisitos

  • Verifique se você tem acesso a um host do Windows PowerShell. Para obter mais informações sobre o Microsoft Windows PowerShell, consulte a documentação do Windows PowerShell.

  • Faça logon no console do vRealize Automation como administrador de tenant.

Procedimento

  1. Selecione Administração > Configuração do vRO > Endpoints.
  2. Clique no ícone Novo (Adicionar).
  3. Selecione PowerShell no menu suspenso Plug-in.
  4. Clique em Avançar.
  5. Insira um nome e, opcionalmente, uma descrição.
  6. Clique em Avançar.
  7. Especifique os detalhes do host PowerShell.
    1. Insira o nome do host na caixa de texto Nome.
    2. Insira o endereço IP ou o FDQN do host na caixa de texto Host/IP.
  8. Selecione o tipo de host PowerShell para o qual o plug-in se conecta.

    Opção

    Ação

    WinRM

    1. Insira o número da porta a ser utilizado para comunicação com o host na caixa de texto Porta nos detalhes do host PowerShell.

    2. Selecione um protocolo de transporte no menu suspenso Protocolo de transporte.

      Observação:

      Se você utilizar o protocolo de transporte HTTPS, o certificado do host PowerShell remoto é importado para o armazenamento de chave do vRealize Orchestrator.

    3. Selecione o tipo de autenticação no menu suspenso Autenticação.

      Observação:

      Para utilizar a autenticação Kerberos, ative-a no serviço WinRM. Para obter informações sobre a configuração da autenticação Kerberos, consulteUtilizando o plug-in do PowerShell.

    SSH

    Nenhuma.

  9. Insira as credenciais para uma comunicação de sessão compartilhada com o host PowerShell nas caixas de texto Nome de usuário e Senha.
  10. Clique em Concluir.

Resultados

Você adicionou um host do Windows PowerShell como um endpoint. Os arquitetos do XaaS podem utilizar o XaaS para publicar os fluxos de trabalho do plug-in do PowerShell como itens de catálogo e ações de recurso.