O vRealize Automation inclui propriedades personalizadas que você pode usar para oferecer controles adicionais à integração com o HP Server Automation. Algumas propriedades personalizadas são obrigatórias para a integração com o HP Server Automation. Outras são opcionais.

Propriedades personalizadas obrigatórias para a integração com o HP Server Automation

Determinadas propriedades personalizadas são obrigatórias para que um blueprint trabalhe com o HP Server Automation.

Tabela 1. Propriedades personalizadas obrigatórias para a integração com o HP Server Automation

Propriedade

Definição

VMware.VirtualCenter.OperatingSystem

Especifica a versão do sistema operacional guest do vCenter Server (VirtualMachineGuestOsIdentifier) com a qual o vCenter Server cria a máquina. A versão do sistema operacional deve coincidir com a versão do sistema operacional a ser instalada na máquina provisionada. Os administradores podem criar grupos de propriedades usando um dos vários conjuntos de propriedades, por exemplo, VMware[OS_Version]Properties, que são predefinidos para incluir os valores corretos de VMware.VirtualCenter.OperatingSystem. Essa propriedade destina-se ao provisionamento virtual.

VirtualMachine.EPI.Type

Especifica o tipo de infraestrutura de provisionamento externo.

EPI.Server.Name

Especifica o nome do servidor de infraestrutura de provisionamento externo, por exemplo, o nome do servidor que hospeda o BMC BladeLogic. Se pelo menos um agente geral do EPI do BMC tiver sido instalado sem a especificação de um host do BMC BladeLogic Configuration Manager, o valor direcionará a solicitação para o servidor desejado.

Opsware.Software.Install

Defina como Verdadeiro para permitir que o HP Server Automation instale o software.

Opsware.Server.Name

Especifica o nome totalmente qualificado do servidor do HP Server Automation.

Opsware.Server.Username

Especifica o nome de usuário fornecido quando um arquivo de senha no diretório do agente foi criado, por exemplo, opswareadmin. Esse nome de usuário exige acesso administrativo à instância do HP Server Automation.

Opsware.BootImage.Name

Especifica o valor de imagem de inicialização conforme definido no HP Server Automation da imagem WinPE de 32 bits, por exemplo, winpe32. A propriedade não é obrigatória durante o provisionamento por clonagem.

Opsware.Customer.Name

Especifica um valor de nome do cliente conforme definido no HP Server Automation, por exemplo, NomedaMinhaEmpresa.

Opsware.Facility.Name

Especifica um valor de nome da instalação conforme definido no HP Server Automation, por exemplo, Cambridge.

Opsware.Machine.Password

Especifica a senha do administrador local padrão de uma imagem WIM de sequência do sistema operacional, como Opsware.OSSequence.Name, conforme definida no HP Server Automation, por exemplo, Senh@1.

Opsware.OSSequence.Name

Especifica o valor do nome da sequência do sistema operacional conforme definido no HP Server Automation, por exemplo, Windows 2008 WIM.

Opsware.Realm.Name

Especifica um valor de nome do realm conforme definido no HP Server Automation, por exemplo, Produção.

Opsware.Register.Timeout

Especifica o tempo, em segundos, a aguardar a conclusão da criação de um trabalho de provisionamento.

VirtualMachine.CDROM.Attach

Defina como Falso para o provisionamento da máquina sem um dispositivo de CD-ROM. O padrão é Verdadeiro.

Linux.ExternalScript.Name

Especifica o nome de um script de personalização opcional, por exemplo, config.sh, que o agente guest do Linux executa após a instalação do sistema operacional. Essa propriedade está disponível para máquinas Linux clonadas de modelos nas quais o agente do Linux está instalado.

Linux.ExternalScript.LocationType

Especifica o tipo de localização do script de personalização nomeado na propriedade Linux.ExternalScript.Name. Ele pode ser local ou nfs.

Linux.ExternalScript.Path

Especifica o caminho local para o script de personalização do Linux ou o caminho de exportação da personalização do Linux no servidor NFS. O valor deve começar com uma barra e não incluir o nome do arquivo, por exemplo, /scripts/linux/config.sh.

Propriedades personalizadas opcionais para a integração com o HP Server Automation

Determinadas propriedades personalizadas são opcionais para que um blueprint trabalhe com o HP Server Automation.

Tabela 2. Propriedades personalizadas opcionais para a integração com o HP Server Automation

Propriedade

Definição

Opsware.ProvFail.Notify

(Opcional) Especifica o endereço de e-mail de notificação do HP Server Automation a ser usado em caso de falha de provisionamento, por exemplo, falhadeprovisionamento@lab.local.

Opsware.ProvFail.Notify

(Opcional) Especifica o usuário do HP Server Automation a quem a propriedade será atribuída se o provisionamento falhar.

Opsware.ProvSuccess.Notify

(Opcional) Especifica o endereço de e-mail de notificação para uso pelo HP Server Automation se provisionamento for bem-sucedido.

Opsware.ProvSuccess.Owner

(Opcional) Especifica o usuário do HP Server Automation a quem a propriedade será atribuída se o provisionamento for bem-sucedido.

Propriedades personalizadas que disponibilizam os trabalhos do HP Server Automation

Dependendo de como o administrador de estrutura configura os trabalhos do HP Server Automation para a integração do vRealize Automation, você pode ter uma escolha entre disponibilizar todos os trabalhos de software para a seleção dos solicitantes de máquinas ou especificar trabalhos a serem aplicados a todas as máquinas provisionadas do seu blueprint.

Tabela 3. Propriedades personalizadas para disponibilizar os trabalhos de software

Propriedade

Definição

LoadSoftware

Defina como True para habilitar opções de instalação de software.

Vrm.Software.Id

(Opcional) Especifica uma política do HP Server Automation a ser aplicada a todas as máquinas provisionadas do blueprint. NNNN é um número entre 1000 e 1999. A primeira propriedade deve começar com 1000 e aumentar em ordem numérica para cada propriedade adicional.