Você pode usar perfis de rede para atribuir endereços IP estáticos de um intervalo predefinido a máquinas virtuais que são provisionadas por clonagem, com o uso do recurso Linux kickstart ou autoYaST, ou a máquinas em nuvem que são provisionadas no OpenStack, com o uso do recurso kickstart.

Por padrão, o vRealize Automation usa o protocolo DHCP para atribuir endereços IP a máquinas provisionadas.

Você pode criar perfis de rede para definir um intervalo de endereços IP estáticos que podem ser atribuídos a máquinas. Você pode atribuir perfis de rede a caminhos específicos de rede em uma reserva. Máquinas provisionadas por clonagem ou por kickstart ou autoYaST e que estão anexadas a um caminho de rede com um perfil de rede associado são provisionadas com um endereço IP estático atribuído. Para o provisionamento com uma atribuição de endereço IP estático, você deve usar uma especificação de personalização.

Você pode atribuir um perfil de rede a um componente de máquina do vSphere em um blueprint adicionando um NAT existente, sob demanda, ou um componente de rede roteada sob demanda, à tela de design e, em seguida, selecionando um perfil de rede ao qual conectar o componente de máquina do vSphere. Usando a propriedade personalizada VirtualMachine.NetworkN.ProfileName, onde N é o identificador da rede, você também pode atribuir perfis de rede a blueprints.

Opcionalmente, é possível usar o IPAM de vRealize Automation fornecido ou um endpoint do provedor de serviços IPAM de terceiros registrado e configurado em seu perfil de rede, para obter e configurar endereços IP. Para obter informações sobre requisitos de IPAM externo, consulte Lista de verificação para elaboração do suporte do provedor IPAM de terceiros.

Quando você seleciona um endpoint de provedor de serviços IPAM de terceiros em um perfil de rede, o vRealize Automation recupera intervalos de IP do endpoint do provedor IPAM externo registrado, como o Infoblox. Em seguida, ele aloca valores de IP desse endpoint. A máscara de sub-rede do intervalo especificada é usada para alocar sub-redes do bloco de IP.

Se você especificar um perfil de rede em uma reserva e um blueprint, o valor do blueprint terá precedência. Por exemplo, se você especificar um perfil de rede no blueprint usando a propriedade personalizada VirtualMachine.NetworkN.ProfileName e em uma reserva que é usada por esse blueprint, o perfil de rede especificado no blueprint terá precedência. No entanto, se a propriedade personalizada não for usada no blueprint e você selecionar um perfil de rede para um NIC de máquina, o vRealize Automation usará o caminho de rede de reserva para o NIC de máquina para o qual o perfil de rede está especificado.