Como administrador do sistema do vRealize Automation, você deve executar uma operação de failover de manutenção de banco de dados do appliance.

Por Que e Quando Desempenhar Esta Tarefa

Este cenário assume que o nó mestre atual está instalado e funcionando normalmente. Há duas etapas de manutenção de failover de banco de dados: manutenção do nó mestre e manutenção do nó de réplica. Quando um nó mestre tiver sido substituído para se tornar uma réplica, você deve executar a manutenção do mesmo para que ele seja adequado para tornar-se mestre de novo caso haja necessidade.

Observação:

Não interrompa ou reinicie o serviço HAProxy na máquina do host aplicável enquanto realiza um failover de manutenção.

Pré-requisitos

  • O vRealize Automation é instalado e configurado de acordo com as devidas instruções em Instalando o vRealize Automation.

  • Faça login no console de gerenciamento do vRealize Automation como raiz.

  • Instale e configure um cluster de banco de dados de dispositivo Postgres incorporado apropriado.

  • Se o banco de dados usa o modo de replicação síncrona, verifique se há pelo menos três nós ativos no cluster.

Procedimento

  1. Certifique-se de que o nó mestre atual esteja instalado e funcionando em preparação para manutenção.
  2. Selecione Configurações vRA > Banco de dados na interface do gestor do dispositivo virtual.
  3. Selecione o nó de réplica mais adequado para promoção para mestre e clique em Promover..

    O antigo mestre é rebaixado ao status de réplica, e o novo mestre é promovido.

  4. Realize a manutenção de réplica adequada.
  5. Quando a manutenção estiver concluída, confirme que o dispositivo virtual está executando com conectividade de rede e que seu serviço HAProxy está executando.
    1. Faça login no console de gerenciamento do vRealize Automation como raiz.
    2. Certifique-se de que possa ser executado um ping no nó da réplica, resolvido pelo nome e tenha um status recente na guia Banco de dados do console de gerenciamento do appliance virtual.
  6. Clique em Redefinir para o nó de réplica.

    Esta operação redefine o banco de dados para que ele seja configurado para replicar para o mestre atual e sincroniza novamente o nó de replica com a configuração haproxy mais recente do nó mestre.

  7. Após a redefinição de sucesso, retorne o endereço IP de nó de appliance virtual de réplica para o pool de endereço IP do balanceador de carga do virtual appliance externo.
  8. Certifique-se de que o nó da réplica aparece como íntegro na tabela Configurar o banco de dados Postgres vRA e que pode ser pingado e resolvido pelo nome.