Os usuários corretamente autorizados podem especificar propriedades personalizadas para blueprints, endpoints, grupos de negócios e reservas. Quando a mesma propriedade existe em mais de uma origem, o vRealize Automation segue uma ordem de precedência ao aplicar propriedades à máquina.

Você pode adicionar propriedades personalizadas que são aplicadas a máquinas provisionadas para os seguintes elementos:

  • Uma reserva, para aplicar as propriedades personalizadas a todas as máquinas provisionadas dessa reserva.

  • Um grupo de negócios, para aplicar as propriedades personalizadas a todas as máquinas provisionadas pelos membros do grupo de negócios.

  • Um blueprint, para aplicar as propriedades personalizadas a todas as máquinas provisionadas do blueprint.

  • Grupos de propriedades, que podem ser incluídos em um blueprint, para aplicar todas as propriedades personalizadas no grupo a todas as máquinas provisionadas do blueprint.

    Um blueprint pode conter um ou mais grupos de propriedades.

  • Uma solicitação de máquina para aplicar as propriedades personalizadas à máquina que está sendo provisionada.

  • Uma política de aprovação, se o suporte à aprovação avançada estiver habilitado, para exigir que os aprovadores forneçam valores para a máquina que está sendo aprovada.

A lista a seguir mostra a ordem de precedência das propriedades personalizadas. O valor da propriedade especificado em uma origem que aparece no final da lista substitui os valores da mesma propriedade especificados em origens que aparecem no início da lista.

Observação:

Se houver um conflito entre um nome de propriedade personalizada fornecido pelo vRealize Automation e um nome de propriedade definido pelo usuário, o nome de propriedade personalizada fornecido pelo vRealize Automation terá a preferência.

  1. Grupo de propriedades

  2. Blueprint

  3. Grupo de negócios

  4. Recurso de processamento

  5. Reservas

  6. Endpoint

  7. Tempo de execução

Propriedades personalizadas de grupo de negócios, blueprint e grupo de propriedades são atribuídas na ocasião da solicitação, enquanto outras propriedades de recurso de computação, reserva e endpoint são atribuídas durante o provisionamento.

Esta ordem é mais detalhada a seguir:

  1. Propriedades e grupos personalizados no nível de blueprint global

  2. Propriedades e grupos personalizados no nível de componente

  3. Propriedades personalizadas do grupo de negócios

  4. Propriedades personalizadas do recurso de processamento

  5. Propriedades personalizadas da reserva

  6. Propriedades personalizadas do endpoint

  7. Propriedades personalizadas no nível da solicitação de blueprint aninhado

  8. Propriedades personalizadas no nível da solicitação de componente

Na maioria das situações, uma propriedade de tempo de execução tem precedência sobre outras propriedades. Uma propriedade de tempo de execução satisfaz as seguintes condições:

  • A opção de propriedade para avisar o usuário é selecionada, especificando que o usuário deve fornecer um valor para a propriedade ao solicitar o provisionamento de máquinas.

  • Um gerente de grupos de negócios está solicitando um provisionamento de máquina, e a propriedade é exibida na lista de propriedades personalizadas da página de confirmação da solicitação de máquina.

Há exceções às regras de precedência. Por exemplo, você adiciona a propriedade personalizada VMware.VirtualCenter.Folder a um grupo de negócios, fornece um valor de propriedade e não seleciona a opção para mostrar a propriedade na solicitação. Você adiciona a mesma propriedade personalizada em um blueprint e especifica que essa propriedade seja exibida na solicitação. Quando os usuários designados solicitarem o provisionamento no catálogo, a propriedade não aparecerá no formulário de solicitação de catálogo, pois ela se aplica a informações de reserva que só estão disponíveis após o início do provisionamento, e não quando o provisionamento é solicitado.