Ao manter um ambiente ou rede, pode ser necessário atribuir um endereço de IP diferente a um servidor Windows vRealize Automation IaaS existente.

Pré-requisitos

  • Se o endereço IP do appliance do vRealize Automation precisar ser alterado, primeiro faça o seguinte. Consulte Alterar o endereço IP do Appliance vRealize Automation.

  • Como precaução, faça snapshots dos appliances do vRealize Automation e dos servidores do IaaS.

  • A partir de uma sessão de console como raiz no appliance do vRealize Automation, inspecione as entradas no arquivo /etc/hosts.

    Procure por endereços atribuídos que podem causar conflito com o novo plano de endereços IP e faça alterações, conforme necessário.

    Em todos os servidores IaaS, repita o processo para o arquivo Windows\system32\drivers\etc\hosts.

  • Desligue o appliance do vRealize Automation.

  • Pare todos os serviços do vRealize Automation em todos os servidores do IaaS.

Procedimento

  1. Faça login no servidor IaaS com uma conta com direitos de administrador.
  2. No Windows, altere o endereço IP.

    Procure pelo endereço IP nas configurações de adaptador de rede do Windows, em propriedades do Protocolo de Internet.

  3. Atualize o seu DNS local com as alterações.

    Atualizar o DNS garante que os servidores Windows IaaS podem encontrar uns aos outros e que você pode reconectar a um servidor Windows se você for desconectado.

  4. No host do Manager Service, inspecione o seguinte arquivo em um editor de texto.

    install-folder\vCAC\Server\ManagerService.exe.config

    A pasta de instalação padrão é C:\Program Files (x86)\VMware.

    Verifique os endereços IP ou FQDNs das appliances vRealize Automation e dos servidores Windows IaaS.

  5. Em todos os servidores Windows IaaS, inspecione o seguinte arquivo em um editor de texto.

    install-folder\vCAC\Management Agent\VMware.IaaS.Management.Agent.exe.Config

    Verifique o endereço IP ou FQDN do appliance vRealize Automation.

  6. Faça login ao host do Servidor SQL.
  7. Verifique se o endereço do repositório está configurado corretamente para usar o FQDN na coluna ConnectionString.

    Por exemplo, abra o SQL Management Studio e execute a seguinte pesquisa.

    "SELECT Name, ConnectionString FROM [database-name].[DynamicOps.RepositoryModel].[Models]"

  8. Iniciar o appliance do vRealize Automation.
  9. Inicie os serviços do vRealize Automation nos servidores do IaaS.
  10. Inspecione arquivos de registro para verificar se os serviços Agent, DEM Worker, Manager Service e Web host foram iniciados com sucesso.
  11. Faça login à vRealize Automation como um usuário com função de Administrador de Infraestrutura.
  12. Navegue para Infraestrutura > Monitoramento > Status de Distributed Execution e verifique se todos os serviços estão sendo executados.
  13. Faça teste para uma operação correta verificando os serviços de appliance, testando o provisionamento ou usando a ferramenta de Teste de Produção vRealize.