O vRealize Automation usa agentes para fazer integração a sistemas externos. Um administrador de sistema pode selecionar os agentes a serem instalados para comunicação com outras plataformas de virtualização.

O vRealize Automation usa os seguintes tipos de agentes para gerenciar sistemas externos:

  • Agendes de proxy do Hypervisor (servidores vSphere, Citrix Xen Servers e Microsoft Hyper-V)

  • Agentes de integração do External Provisioning Infrastructure (EPI)

  • Agentes do Virtual Desktop Infrastructure (VDI)

  • Agentes da Instrumentação de Gerenciamento do Windows (WMI)

Para obter alta disponibilidade, você pode instalar vários agentes para um único endpoint. Instale cada agente redundante em um servidor separado, mas nomeie-os e configure-os de forma idêntica. Os agentes redundantes fornecem alguma tolerância a falhas, mas não fornecem failover. Por exemplo, se você instalar dois agentes do vSphere, um no servidor A e um no servidor B, e o servidor A estiver disponível, o agente instalado no servidor B continuará a processar itens de trabalho. No entanto, o agente do servidor B não poderá terminar o processamento de um item de trabalho que o agente do servidor A já tiver iniciado.

Você tem a opção de instalar um agente do vSphere como parte da instalação mínima, mas, após a instalação, você também poderá adicionar outros agentes, incluindo um agente do vSphere adicional. Em uma implantação distribuída, instale todos os seus agentes depois de concluir a instalação distribuída base. Os agentes que você instala dependem dos recursos na sua infraestrutura.

Para obter informações sobre o uso de agentes do vSphere, consulte Requisitos do agente do vSphere.