Você pode exibir o número total de fluxos de trabalho em andamento ou pendentes a qualquer momento na página Status da Execução Distribuída e pode usar a página Histórico de Fluxos de Trabalho para determinar o tempo necessário para a execução de um determinado fluxo de trabalho.

Se você tiver muitos fluxos de trabalho pendentes, ou se os fluxos de trabalho estiverem demorando mais do que o esperado para serem concluídos, adicione mais instâncias de Trabalhador do DEM (Distributed Execution Manager) para selecionar esses fluxos de trabalho. Cada instância de Trabalhador do DEM pode processar 30 fluxos de trabalho simultâneos. Fluxos de trabalho em excesso são enfileirados para execução.

Você pode ajustar programações de fluxo de trabalho para minimizar o número de fluxos de trabalho que são iniciados simultaneamente. Por exemplo, em vez de programar todos os fluxos de trabalho horários para execução no início da hora, você pode alternar seus tempos de execução para que eles não entrem em competição por recursos do DEM. Para obter mais informações sobre fluxos de trabalho, consulte a documentação sobre Extensibilidade do vRealize Automation.

Alguns fluxos de trabalho, especialmente os personalizados, podem exigir alto consumo de CPU. Se a carga da CPU nas máquinas de Trabalhadores do DEM for alta, considere aumentar a potência de processamento da máquina DEM ou adicionar mais máquinas DEM ao seu ambiente.