Usando o vSphere Client, você converte sua máquina de referência CentOS existente em um modelo vSphere a ser referenciado pelos seus arquitetos de IaaS do vRealize Automation como base para seus blueprints de clone.

Procedimento

  1. Faça login na máquina de referência como o usuário raiz e prepare a máquina para conversão.
    1. Remova as regras de persistência do udev.
      /bin/rm -f /etc/udev/rules.d/70*
    2. Habilite máquinas clonadas deste modelo para ter seus próprios identificadores exclusivos.
      /bin/sed -i '/^\(HWADDR\|UUID\)=/d'
      /etc/sysconfig/network-scripts/ifcfg-eth0
    3. Desligue a máquina.
      shutdown -h now
  2. Faça login no vSphere Web Client como um administrador.
  3. Clique na guia Opções da VM.
  4. Clique com o botão direito do mouse na máquina de referência e selecione Editar configurações.
  5. Insira Rainpole_centos_63_x86 na caixa de texto Nome da VM.
  6. Mesmo que a máquina de referência tenha um sistema operacional guest CentOS, selecione Red Hat Enterprise Linux 6 (64 bits) no menu suspenso Versão do SO guest.

    Se você selecionar CentOS, o modelo e a especificação de personalização podem não funcionar como esperado.

  7. Clique com o botão direito do mouse na máquina de referência Rainpole_centos_63_x86 no vSphere Web Client e selecione Modelo > Converter em Modelo.

Resultados

O vCenter Server marca sua máquina de referência Rainpole_centos_63_x86 como modelo e exibe a tarefa no painel Tarefas Recentes.

O que Fazer Depois

Para evitar conflitos que possam surgir devido à implantação de várias máquinas virtuais com configurações idênticas, você cria uma especificação de personalização geral que você e seus arquitetos do Rainpole podem usar para criar blueprints de clones para modelos Linux.