Você pode usar os fluxos de trabalho de proxy para gerenciar a interação entre o servidor Orchestrator local e os fluxos de trabalho em um servidor Orchestrator remoto.

Você pode usar o plug-in Multi-Node para gerar fluxos de trabalho locais que interagem com fluxos de trabalho remotos. Esses fluxos de trabalho locais são chamados de fluxos de trabalho de proxy. Um fluxo de trabalho de proxy obtém os parâmetros de entrada do inventário de plug-ins do Multi-Node. Quando você executa o fluxo de trabalho de proxy, ele converte os parâmetros nos tipos necessários para o fluxo de trabalho remoto. Quando o fluxo de trabalho remoto conclui sua execução, os parâmetros de saída são convertidos de volta na representação local do servidor Orchestrator mestre.