Você pode executar os fluxos de trabalho de amostra do plug-in XML a partir do cliente Orchestrator para criar e modificar documentos XML para fins de teste.

Como os fluxos de trabalho podem criar, ler ou modificar os arquivos, você deve ter direitos de acesso suficientes para o diretório de trabalho.

O Orchestrator tem direitos de leitura, gravação e execução em uma pasta denominada orchestrator, na raiz do sistema de servidor. Embora os fluxos de trabalho tenham permissão para ler, gravar e executar nessa pasta, você deve criá-la no sistema de servidor. Se você usa o Orchestrator Appliance, a pasta se chama vco e está localizada em /var/run/vco.

Você pode permitir o acesso a outras pastas alterando as configurações para acesso de sistema de arquivos do servidor a partir de fluxos de trabalho e JavaScript. Consulte Instalando e configurandoVMware vRealize Orchestrator, Definindo acesso ao sistema de arquivos de servidor a partir de fluxos de trabalho e ações.