Você pode criar endpoints para permitir que o vRealize Automation se comunique com o ambiente de pool principal do Hyper-V, do XenServer ou do Xen e descubra recursos de processamento, colete dados e provisione máquinas.

Pré-requisitos

  • Faça login no vRealize Automation como administrador do IaaS.

  • Um administrador de sistema deve instalar um agente de proxy com as credenciais armazenadas que correspondem ao seu endpoint. Consulte o Instalando o vRealize Automation.

Procedimento

  1. Selecione Infraestrutura > Pontos de extremidade > Agentes.
  2. Insira o nome de DNS totalmente qualificado do servidor Hyper-V, do servidor Xen ou do pool principal do Xen na caixa de texto Recurso de processamento.
    Observação:

    Para um endpoint do pool Xen, é necessário digitar o nome do pool principal.

    Para evitar entradas duplicadas na tabela de recursos da computação do vRealize Automation, especifique um endereço que corresponda ao endereço principal do Xen pool configurado. Por exemplo, se o endereço principal do Xen pool usar o nome de host, insira esse nome de host e não o FQDN. Se o endereço principal do Xen pool usar o FQDN, insira o FQDN.
  3. Selecione o agente de proxy que o administrador de sistema instalou para esse endpoint no menu suspenso Nome do agente de proxy.
  4. (Opcional) Insira uma descrição na caixa de texto Descrição.
  5. Clique em OK.

Resultados

O vRealize Automation coleta dados do seu endpoint e descobre seus recursos de processamento.

O que Fazer Depois

Adicione os recursos de processamento do seu endpoint a um grupo de estruturas. Consulte Criar um grupo de estrutura.