Importa uma ou mais máquinas virtuais para uma implantação de destino do vRealize Automation.

Sinopse

CloudUtil.exe Machine-BulkRegisterImport [-b|--batch][-d|--delay <value>] -f|--filename <value> [-i|--ignore] [-h|--humanreadable] -n|--name <value> [--repository <value>] [-s|--skipUser] -t|--time <value> -u|--user <value> [-v|--verbose] [-w|--whatIf]

Argumentos de Machine-BulkRegisterImport

Tabela 1.
Argumento Descrição
-b | - -batch (Opcional) Tamanho do lote.
-d | - -delay (Opcional) Especifique o tempo de atraso de processamento neste formato: hh:mm:ss, por exemplo, 02:20:10.
-f | - -filename Especifique o nome do arquivo de dados CSV que contém a lista de nomes de máquinas. Por exemplo, filename.csv.
-h | --humanreadable (Opcional) O arquivo de entrada contém os nomes, e não os GUIDs, de máquinas virtuais.
-i | - -ignore (Opcional) Ignore máquinas virtuais registradas ou gerenciadas.
-n | - -name Especifique o nome da fila de trabalho para realizar a importação para o vRealize Automation de destino.

- -repository

(Opcional) O URI raiz do Model Manager, por exemplo, http://nome_host/repositório. O padrão é especificado no arquivo de configuração do CloudUtil, na chave repositoryAddress da seção <appSettings>.

-s | - -skipUser (Opcional) Define o proprietário da máquina como o valor listado na coluna Proprietário do arquivo de dados CSV sem verificar se o usuário existe ou não. A seleção dessa opção pode diminuir o tempo necessário para a importação.
-t | - -time Especifique a hora de início do fluxo de trabalho no formato MM/DD/AAAA hh:mm GMT, por exemplo, 04/18/2014 10:01 GMT. Supõe-se que a hora de início especificada seja a hora local do servidor, e não a hora local da estação de trabalho do usuário.
-u | - -user Especifique o Administrador de Estrutura que realiza o registro em massa.

-v | - -verbose

(Opcional) Se um erro ocorrer, gera um rastreamento de pilha em vez de apenas a mensagem de exceção.

whatif (Opcional) Defina para validar o arquivo CSV, mas não importar máquinas virtuais.