Usar um endereço IP elástico permite fazer failover rapidamente para outra máquina em um ambiente de nuvem dinâmico do Amazon Web Services. No vRealize Automation, o endereço IP elástico está disponível para todos os grupos de negócios que têm direitos à região.

Um administrador pode alocar endereços IP elásticos para sua conta do Amazon Web Services usando o AWS Management Console. Há dois grupos de endereços IP elásticos em qualquer região específica, um intervalo é alocado para instâncias que não são do Amazon VPC e outro intervalo para Amazon VPCs. Se você alocar endereços somente em uma região que não é do Amazon VPC, os endereços não estarão disponíveis em um Amazon VPC. O contrário também é verdadeiro. Se você alocar endereços somente em um Amazon VPC, os endereços não estarão disponíveis em uma região que não é do Amazon VPC.

O endereço IP elástico é associado à sua conta do Amazon Web Services, não uma máquina particular, mas apenas uma máquina por vez pode usar o endereço. O endereço permanece associado à sua conta do Amazon Web Services até que você o libere. Você pode liberá-lo para mapeá-lo para uma instância específica de máquina.

Um arquiteto de IaaS pode adicionar a um blueprint uma propriedade para atribuir um endereço IP elástico a máquinas durante o provisionamento. Os proprietários e administradores de máquina podem visualizar os endereços IP elásticos atribuídos a máquinas. Esses proprietários e administradores de máquina com direitos de editar máquinas podem atribuir endereços IP elásticos após o provisionamento. No entanto, se o endereço já estiver associado a uma instância de máquina e a instância fizer parte da implantação do Amazon Virtual Private Cloud, a Amazon não atribuirá o endereço.

Para obter mais informações sobre como criar e usar os endereços IP elásticos, consulte a documentação do Amazon Web Services.