Várias solicitações simultâneas de provisionamento de máquina podem impactar o desempenho do vRealize Automation. Você pode fazer algumas alterações nos limites dos agentes de proxy e das atividades do fluxo de trabalho para alterar o desempenho.

Dependendo das necessidades dos proprietários das máquinas, o servidor do vRealize Automation pode receber várias solicitações simultâneas de provisionamento de máquinas. Isso pode ocorrer nas seguintes circunstâncias:

  • Um único usuário envia uma solicitação para várias máquinas
  • Vários usuários solicitam máquinas ao mesmo tempo
  • Um ou mais gerenciadores de grupos aprovam várias solicitações de máquinas pendentes um após o outro

O tempo necessário para o vRealize Automation provisionar uma máquina geralmente aumenta com grandes números de solicitações simultâneas. O aumento no tempo de provisionamento depende de três fatores importantes:

  • O efeito do desempenho de atividades com uso intensivo de recursos do fluxo de trabalho do vRealize Automation, incluindo a atividade SetupOS (para máquinas criadas na plataforma de virtualização, como no provisionamento baseado em WIM) e a atividade Clone (para máquinas clonadas na plataforma de virtualização).
  • O limite configurado para o vRealize Automation em relação ao número de atividades de provisionamento com uso intensivo de recursos (geralmente longas) que podem ser executadas simultaneamente. Por padrão, esse limite é oito. Atividades simultâneas além do limite configurado são colocadas em fila.
  • Qualquer limite na plataforma de virtualização ou na conta de serviço na nuvem em relação ao número de itens de trabalho do vRealize Automation (com uso intensivo de recursos ou não) que podem ser executados simultaneamente. Por exemplo, o limite padrão no vCenter Server é quatro, sendo que os itens de trabalho que ultrapassam esse valor são colocados em fila.

Por padrão, o vRealize Automation limita atividades de provisionamento virtual simultâneas para hipervisores que usam agentes de proxy até oito por endpoint. Isso garante que a plataforma de virtualização gerenciada por um determinado agente nunca receba um número suficiente de itens de trabalho com uso intensivo de recursos que impeça a execução de outros itens. Planeje um teste cuidado dos efeitos da alteração do limite antes de fazer qualquer alteração. Determinar o melhor limite para o seu local pode exigir que você investigar a execução de itens de trabalho na plataforma de virtualização e também a execução de atividades de fluxo de trabalho no vRealize Automation.

Se você aumentar o limite do vRealize Automationconfigurado por agente, talvez seja necessário fazer ajustes extras de configuração no vRealize Automation, como a seguir:

  • Os intervalos de tempo limite de execução padrão para as atividades SetupOS e Clone do fluxo de trabalho são de duas horas para cada. Se o tempo necessário para executar uma dessas atividades exceder o limite, a atividade será cancelada e ocorrerá falha no provisionamento. Para impedir essa falha, aumente um ou ambos os intervalos de tempo limite de execução.
  • Os intervalos de tempo limite de entrega padrão para as atividades SetupOS e Clone do fluxo de trabalho são de 20 horas para cada. Assim que uma dessas atividades é iniciada, se a máquina resultante da atividade não tiver sido provisionado dentro de 20 horas, a atividade será cancelada e ocorrerá falha no provisionamento. Sendo assim, se você tiver aumentado o limite para o ponto em que isso costuma ocorrer, talvez você queira aumentar um ou ambos os intervalos de tempo limite de entrega.