Existem várias maneiras de unir uma máquina Linux a um domínio do Windows Active Directory quando você provisiona a máquina.

  • Se você estiver provisionando por clonagem, deverá usar uma especificação de personalização (para provisionar uma máquina do vSphere) ou incluir um perfil do sistema operacional guest com um modelo do SCVMM. Quando você provisiona a máquina, ela é unida ao domínio especificado.
  • Se você não estiver provisionando por clonagem, poderá usar a configuração de sufixo DNS no perfil de rede associado do blueprint para identificar o domínio. No entanto, para o provisionamento de clonagem do Windows com uma atribuição de endereço IP estático, você deve usar uma especificação de personalização do vSphere.
  • Se você usar uma especificação de personalização do vSphere, quando as máquinas forem provisionadas, elas serão unidas no domínio identificado na especificação de personalização e não no domínio especificado como o sufixo DNS no perfil de rede associado do blueprint.

As especificações de personalização do vSphere são objetos do vSphere que contêm um conjunto predefinido de condições para as configurações de sistema operacional convidado Windows e Linux. Você pode adicionar um nome de especificação de personalização ao seu blueprint do vRealize Automation usando a configuração de Especificação de personalização na guia Informações da compilação da máquina.

Para obter informações sobre a criação de especificações de personalização no vSphere, consulte os tópicos de especificação de personalização na documentação do produto do vSphere, como Criando e gerenciando especificações de personalização.