Os fluxos de trabalho recebem parâmetros de entrada e geram parâmetros de saída quando são executados.

Parâmetros de entrada

A maioria dos fluxos de trabalho requer um determinado conjunto de parâmetros de entrada para serem executados. Um parâmetro de entrada é um argumento que o fluxo de trabalho processa quando é executado. O usuário, um aplicativo, outro fluxo de trabalho ou uma ação passa parâmetros de entrada para um fluxo de trabalho para o processamento do fluxo de trabalho quando ele é executado.

Por exemplo, se um fluxo de trabalho redefine uma máquina virtual, o fluxo de trabalho requer o nome da máquina virtual como um parâmetro de entrada.

Parâmetros de saída

Os parâmetros de saída de um fluxo de trabalho representam o resultado da execução do fluxo de trabalho. Os parâmetros de saída podem mudar quando um fluxo de trabalho ou um elemento de fluxo de trabalho é executado. Durante a execução de um fluxo de trabalho, o fluxo de trabalho pode receber os parâmetros de saída de outros fluxos de trabalho como parâmetros de entrada.

Por exemplo, se um fluxo de trabalho criar um snapshot de uma máquina virtual, o parâmetro de saída para o fluxo de trabalho será o snapshot resultante.