Você deve associar todos os parâmetros de entrada e de saída do fluxo de trabalho. As associações definem os dados nos elementos, bem como a saída e o comportamento de exceção dos elementos. Os links definem o fluxo lógico do fluxo de trabalho, enquanto as associações definem o fluxo de dados.

Para definir dados em um elemento, gerar parâmetros de saída do elemento após o processamento e manipular quaisquer erros que possam ocorrer quando o elemento for executado, você deverá definir a associação de elemento.

Associação de entrada
Defina os dados de entrada de um elemento de esquema. Para a maioria dos elementos de esquema, você pode fazer isso no menu Entradas/Saídas da guia Geral .
Associação de saída
Defina os parâmetros de saída usados quando um elemento termina sua execução. Para a maioria dos elementos de esquema, você pode fazer isso no menu Entradas/Saídas da guia Geral .
Associações da exceção de saída
Link para manipuladores de exceção se o elemento encontrar uma exceção ao ser executado.

As associações de exceção de saída gravam os valores no parâmetro de origem associado.

Se o elemento alterar os valores dos parâmetros de entrada que ele receber quando for executado, você deverá associá-los a uma variável de fluxo de trabalho usando uma associação de exceção de saída. Associar os parâmetros de saída do elemento a variáveis de fluxo de trabalho permite que outros elementos que o seguem no esquema de fluxo de trabalho usem esses parâmetros de saída como seus parâmetros de entrada.

Um erro comum ao criar fluxos de trabalho é não associar valores de parâmetro de saída para refletir as alterações que o elemento faz nas variáveis de fluxo de trabalho.

Importante: Quando você adiciona um elemento que requer parâmetros de entrada e de saída de um tipo já definido no fluxo de trabalho, o vRealize Orchestrator define as associações com esses parâmetros. Você deve verificar se os parâmetros que o vRealize Orchestrator associa estão corretos caso o fluxo de trabalho defina diferentes parâmetros do mesmo tipo ao qual o elemento pode ser associado.