Para aumentar a disponibilidade dos serviços do vRealize Orchestrator, inicie várias instâncias do servidor do vRealize Orchestrator em um cluster com um banco de dados compartilhado. O vRealize Orchestrator funciona como uma única instância até que esteja configurada para funcionar como parte de um cluster.

Cluster do vRealize Orchestrator

Várias instâncias do servidor do vRealize Orchestrator com configurações idênticas de servidor e plug-ins funcionam juntas em um cluster e compartilham um banco de dados.

Todas as instâncias do servidor do vRealize Orchestrator se comunicam umas com as outras por meio da troca de heartbeats. Cada heartbeat é um carimbo de data/hora que o nó grava no banco de dados compartilhado do cluster em um determinado intervalo de tempo. Problemas de rede, um servidor de banco de dados sem resposta ou sobrecarregamento podem fazer com que um nó do cluster do vRealize Orchestrator pare de responder. Se uma instância do servidor do vRealize Orchestrator ativo não conseguir enviar heartbeats dentro do período de tempo limite do failover, ela será considerada não responsiva. O tempo limite de failover é igual ao valor do intervalo de heartbeat multiplicado pelo número de heartbeats do failover. Ele serve como definição para um nó não confiável e pode ser personalizado de acordo com os recursos disponíveis e com a carga de produção.

Um nó do vRealize Orchestrator entra no modo de espera quando perde a conexão com o banco de dados e permanece neste modo até que a conexão de banco de dados seja restaurada. Os outros nós no cluster assumem o controle do trabalho ativo, reiniciando todos os fluxos de trabalho interrompidos de seus últimos itens não finalizados, como tarefas programáveis ou invocações de fluxo de trabalho.

Você pode monitorar o estado do seu cluster do vRealize Orchestrator na página Gerenciamento de Cluster do Orchestrator do Centro de Controle do vRealize Orchestrator. Você também pode usar esta página para configurar o heartbeat do cluster, o número de heartbeats de failover e o número de nós ativos do vRealize Orchestrator.