Use o vRealize Orchestrator Client para criar, exportar e importar pacotes. Os pacotes podem ser usados para exportar objetos de fluxo de trabalho para uso em outras instâncias do vRealize Orchestrator.

Os pacotes podem conter fluxos de trabalho, ações, políticas, elementos de configuração ou elementos de recursos.

Quando você adiciona um elemento a um pacote, o vRealize Orchestrator verifica se há dependências e adiciona quaisquer elementos dependentes ao pacote. Por exemplo, se você adicionar um fluxo de trabalho que usa ações ou outros fluxos de trabalho, o vRealize Orchestrator adicionará essas ações e fluxos de trabalho ao pacote.

Quando você importa um pacote, o servidor compara as versões dos diferentes elementos do seu conteúdo para os elementos locais correspondentes. A comparação mostra as diferenças nas versões entre os elementos locais e importados. O usuário pode decidir se deseja importar o pacote ou pode selecionar elementos específicos a serem importados.

Para a maioria dos objetos criados no vRealize Orchestrator Client, além dos elementos de recurso, os pacotes são a única maneira de exportar e importar esses objetos.

Os pacotes usam o gerenciamento de direitos digitais para controlar como o servidor de recebimento pode usar o conteúdo do pacote. O vRealize Orchestrator assina pacotes e criptografa os pacotes para proteção de dados. Os pacotes podem rastrear quais usuários exportam e redistribuem os elementos usando certificados X509.