vRealize Orchestrator Appliance 8.3 | 4 de fevereiro de 2021 | Compilação 17535332

vRealize Orchestrator Update Repository 8.3 | 4 de fevereiro de 2021 | Compilação 17535332

Verifique frequentemente se há complementos a estas notas da versão ou se foram atualizadas.

O que há nas notas de versão

As notas de versão abrangem os seguintes tópicos:

Novidades no vRealize Orchestrator 8.3

  • Função de Visualizador. Essa função inclui acesso somente exibição a todos os objetos e páginas do vRealize Orchestrator. Os Visualizadores não podem criar, editar ou executar fluxos de trabalho e outros objetos do vRealize Orchestrator, como ações, configurações, recursos, políticas e tarefas agendadas. A função de Visualizador tem suporte para implantações do vRealize Orchestrator autenticadas com o vRealize Automation. Consulte Funções e grupos do vRealize Orchestrator.
  • Referências e uso de itens de conteúdo. Você pode exibir referências de objeto e uso de objeto no Cliente vRealize Orchestrator. Consulte Localizar referências de objeto em fluxos de trabalho.
  • Melhorias de usabilidade. Agora você pode filtrar por Nome, Tipo e Descrição nas grades de dados das guias Variáveis e Entrada/Saída . Você também pode classificar parâmetros e variáveis de fluxo de trabalho.

Suporte ao Federal Information Processing Standards (FIPS)

O vRealize Orchestrator agora é enviado com módulos criptográficos que passaram com êxito pelo teste NIST FIPS 140-2 Cryptographic Module Validation Program (CMVP). Quando esses módulos são configurados para execução no "modo FIPS", eles abrangem todas as operações criptográficas do produto que executam uma função de segurança e/ou processam dados confidenciais.

OBSERVAÇÃO: Os usuários poderão escolher se vão estar no modo FIPS apenas durante a instalação e antes que o conteúdo no vRealize Orchestrator seja gerado. Além disso, o modo FIPS estará disponível apenas para ambientes greenfield do vRealize Orchestrator.

Para obter informações sobre como ativar o modo FIPS, consulte a etapa 13 em Baixar e implantar o vRealize Orchestrator Appliance.

Para obter informações sobre considerações de upgrade e migração do modo FIPS, consulte Considerações de conformidade com FIPS em Migração do vRealize Orchestrator.

Implantação do VMware vRealize Orchestrator 8.3 Appliance

O vRealize Orchestrator Appliance é um dispositivo com base no VMware Photon OS distribuído como um arquivo OVA. Ele é pré-criado e pré-configurado com um banco de dados PostgreSQL interno e pode ser implantado com o vCenter Server 6.0 ou versões posteriores.

O vRealize Orchestrator Appliance é uma maneira rápida, fácil de usar e mais econômica de integrar a pilha do VMware Cloud, incluindo o vRealize Automation e o vCenter Server, aos seus processos e ambiente de TI.

Para obter instruções sobre como implantar o vRealize Orchestrator Appliance, consulte Baixar e implantar o vRealize Orchestrator Appliance

Para obter informações sobre como configurar o servidor do vRealize Orchestrator Appliance, consulte Configurando um servidor vRealize Orchestrator autônomo.

Atualização e migração para o vRealize Orchestrator 8.3

Você pode atualizar uma implantação do vRealize Orchestrator 8.x autônoma ou agrupada em cluster para a versão mais recente do produto usando uma imagem ISO montada.

Para obter mais informações sobre como atualizar o vRealize Orchestrator Appliance, consulte Atualização do vRealize Orchestrator.

Você pode migrar para o vRealize Orchestrator 8.3 uma instância do vRealize Orchestrator autônoma autenticada no vSphere ou no vRealize Automation. As versões do produto do vRealize Orchestrator 7.x compatíveis com a migração são as versões 7.3 à 7.6. Não há suporte para a migração de implantações agrupadas em cluster do vRealize Orchestrator 7.x.

Para obter mais informações sobre como migrar o vRealize Orchestrator Appliance, consulte Migração do vRealize Orchestrator.

Aviso de linguagem inclusiva

Na VMware, valorizamos a inclusão. Para promover esse princípio em nossa comunidade interna, de clientes e parceiros, removemos a linguagem não inclusiva da documentação.

Plug-ins instalados com o vRealize Orchestrator 8.3

Os seguintes plug-ins são instalados por padrão com o vRealize Orchestrator 8.3.

  • vRealize Orchestrator vCenter Server Plug-In 6.5.0
  • vRealize Orchestrator Mail Plug-In 8.0.0
  • vRealize Orchestrator SQL Plug-In 1.1.6
  • vRealize Orchestrator SSH Plug-In 7.2.0
  • vRealize Orchestrator SOAP Plug-In 2.0.2
  • vRealize Orchestrator HTTP-REST Plug-In 2.3.8
  • vRealize Orchestrator Plug-In for Microsoft Active Directory 3.0.11
  • vRealize Orchestrator AMQP Plug-In 1.0.5
  • vRealize Orchestrator SNMP Plug-In 1.0.3
  • vRealize Orchestrator PowerShell Plug-In 1.0.18
  • vRealize Orchestrator Multi-Node Plug-In 8.3.0
  • vRealize Orchestrator Dynamic Types 1.3.6
  • vRealize Orchestrator vCloud Suite API (vAPI) Plug-In 7.5.2

Versões anteriores do vRealize Orchestrator

Os recursos e os problemas das versões anteriores do vRealize Orchestrator estão descritos nas notas da versão de cada versão. Para conferir as notas da versão das versões anteriores do vRealize Orchestrator, clique em um dos seguintes links:

Problemas resolvidos

  • O contêiner do Centro de Controle do vRealize Orchestrator não é iniciado e abre no navegador.

    Esse problema é causado por um erro no arquivo /data/vco/usr/lib/vco/configuration/log/catalina.log.

  • Os erros de validação de fluxo de trabalho persistem para fluxos de trabalho mesmo após a resolução dos erros.

    Os erros de validação não desaparecem do esquema de fluxo de trabalho após a resolução dos erros e a gravação do fluxo de trabalho validado.

  • Ocorrem erros ao executar scripts de elemento de decisão personalizada com os novos tempos de execução.

    Os tempos de execução que não sejam o JavaScript não oferecem suporte a scripts de elemento de decisão personalizada. 

  • Ao migrar o vRealize Orchestrator 7.4 para o vRealize Orchestrator 8.2, as alterações locais em ações e recursos da página Histórico do Git ficam vazias.

    Ao migrar o vRealize Orchestrator 7.4 para o vRealize Orchestrator 8.2, as alterações locais em ações e recursos da página Histórico do Git ficam vazias. O conteúdo não está disponível.

  • Pods do Kubernetes para o vco-app- falham com um status de CrashLoopBackOff após a implantação de um patch do vRealize Automation 8.1.

    O log vco-app-xxx inclui entradas como as seguintes:

    [ERROR] ERROR: duplicate key value violates unique constraint "uk_vmoreselt"
      Detail: Key (tenantid, categoryid, name)=(__SYSTEM, 8a7482a57310c83401733xxxxxxxxxxxxx, configuration.json) already exists.
      Where: SQL statement "UPDATE vmo_resourceelement
         SET categoryid = '8a7482a57310c83401733xxxxxxxxx'
        WHERE categoryid IN ( SELECT t.id FROM Tree t WHERE t.id != '8a7482a57310c83401733xxxxxxxxxxx' AND t.name = 'SecurityModel' AND t.level = '11' AND t.parentcategoryid = '8a7482a57310c83401733xxxxxxxxxx' AND t.tenantId = '_SYSTEM' ) and tenantid = '_SYSTEM'"

  • O conteúdo do plug-in pode ser detectado como alterações locais no Git ao usar a integração do Git do vRealize Orchestrator.

    Após a instalação do vRealize Automation ou do vRealize Orchestrator 8.1 Patch 3, os fluxos de trabalho e as ações do plug-in do vCenter são detectados como alterações locais no Git, por exemplo, Workflows/Library/vCenter/Virtual Machine management/Device Management/Add CD-ROM/workflow.xml.

  • Ao migrar o vRealize Orchestrator 7.4 para a versão 8.1 patch 3 ou a versão 8.2, os fluxos de trabalho do sistema são detectados como alterações locais no histórico de Git.

    Os fluxos de trabalho do sistema migrados da versão 7.4 para a versão 8.1 patch 3 ou a versão 8.2 são detectados como alterações locais na página Histórico do Git.

  • Mudar um repositório ativo para o estado inativo e depois de volta para o estado ativo causa um erro ao tentar fazer push das alterações locais.

    Alterar o estado do repositório pode causar um erro na próxima confirmação para o repositório. A mensagem de erro pode ser a seguinte: "Erro: Falha ao enviar para remoto com o status: REJECTED_NONFASTFORWARD".

  • Os detalhes do elemento de recurso não podem ser atualizados.

    O cliente vRealize Orchestrator não é compatível com a atualização das seguintes propriedades do elemento de recurso: nome, descrição, versão (não visível na interface do usuário), tipo MIME.

Problemas conhecidos

Os problemas conhecidos são agrupados da seguinte maneira.

Problemas de migração/atualização
  • O conteúdo personalizado não está disponível na página Histórico do Git após a migração do vRealize Orchestrator 7.5 para o vRealize Orchestrator 8.x.

    Após a migração do vRealize Orchestrator 7.5 para o vRealize Orchestrator 8.x, quando você configura sua integração do Git, o conteúdo personalizado não está disponível na página Histórico do Git.

    Solução alternativa: Para ver todo o conteúdo migrado como alterações locais no Git, edite e salve manualmente o conteúdo personalizado para convertê-lo em um formato compatível com o 8.x antes de fazer um envio inicial para o repositório. Depois, você pode enviar todo o conteúdo migrado para seu repositório do Git.

  • Após o upgrade para o vRealize Orchestrator ou o vRealize Automation 8.2, alguns elementos de recurso no cliente do vRealize Orchestrator podem parecer alterados ou revertidos para uma versão mais antiga.

    Após o upgrade para o vRealize Orchestrator ou o vRealize Automation 8.2, alguns elementos de recurso no cliente do vRealize Orchestrator podem parecer alterados ou revertidos para uma versão mais antiga. Esse problema ocorre com os elementos de recurso que foram atualizados anteriormente no cliente do vRealize Orchestrator usando um arquivo de origem diferente. Depois de realizar o upgrade do vRealize Orchestrator ou a implantação do vRealize Automation, esses elementos de recurso podem ser substituídos por uma versão mais antiga. Esse é um problema intermitente.

    Solução alternativa:

    1. Faça login no Cliente do vRealize Orchestrator.
    2. Naveqgue até Ativos>Recursos.
    3. Selecione o elemento de recurso afetado pelo problema.
    4. Selecione a guia Histórico de Versões e restaure o elemento para a versão apropriada.
    5. Repita o procedimento para todos os elementos de recurso afetados.

Problemas do cliente Web
  • Não é possível criar ou editar conteúdo no vRealize Orchestrator.

    Ao tentar criar ou editar conteúdo do vRealize Orchestrator, as solicitações falham. O arquivo /services-logs/prelude/vco-app/file-logs/vco-server-app.log exibe as seguintes mensagens:
    {code:java}
    ch.dunes.util.DunesServerException: com.vmware.o11n.service.version.ContentVersionException: java.lang.RuntimeException: java.lang.RuntimeException: org.eclipse.jgit.api.errors.TransportException: /usr/lib/vco/app-server/data/git/__SYSTEM.git: internal server error
    {code}

    Solução alternativa:

    1. Faça login na linha de comando do vRealize Orchestrator/vRealize Automation Appliance como root.
    2. Execute o seguinte comando:
    {code:java}
    mv /data/vco/usr/lib/vco/app-server/data/git/__SYSTEM.git/refs/heads/master /tmp/vro_ref_backup{code}

  • A interação do usuário contém um campo de entrada para uma variável já excluída. Quando um fluxo de trabalho atinge essa interação do usuário, ele falha quando você responde à interação.

    Se uma interação do usuário tiver uma associação com uma variável excluída, a associação de interação do usuário não será removida e isso fará com que o fluxo de trabalho falhe quando atingir a interação do usuário.

    Solução alternativa: Depois de excluir a variável manualmente, vá para o elemento de interação do usuário no esquema de fluxo de trabalho e exclua a associação. Você também deve excluir a associação no formulário de entrada gerado.

  • As alterações locais não estão disponíveis após a duplicação e a exclusão de um fluxo de trabalho.

    Duplique um fluxo de trabalho e exclua-o. Na página Histórico do Git, não há alteração local para o fluxo de trabalho excluído.

    Sem solução alternativa.

  • Os usuários podem descartar as alterações de Git no conteúdo ao qual não têm acesso.

    Na página Histórico de Git, os usuários com direitos de designer de fluxo de trabalho podem descartar alterações do Git no conteúdo ao qual eles não têm acesso.

    Sem solução alternativa.

  • Não é possível fazer push de confirmações para uma ramificação Git protegida.

    Se a ramificação Git configurada estiver protegida, a operação de push falhará de forma consistente, mas a mensagem exibida indicará que o push foi realizado com sucesso.

    Sem solução alternativa.

  • No cliente vRealize Orchestrator, você vê tags com caracteres de sublinhado no nome.

    O cliente vRealize Orchestrator não oferece suporte a nomes de tag com menos de três caracteres ou nomes com caracteres de espaço em branco. Todas as tags geradas automaticamente a partir de objetos com nomes mais curtos são sufixadas com caracteres de sublinhado. Todos os caracteres de espaço em branco também serão substituídos por sublinhados. Por exemplo, um fluxo de trabalho localizado em /Library/project A/app/DR/backup no cliente herdado Orchestrator, quando migrado, tem as seguintes tags geradas automaticamente no cliente vRealize Orchestrator: "Library", "project_A", "app", "DR_".

    Solução alternativa: Siga as convenções de marcação ao criar um novo conteúdo no cliente vRealize Orchestrator.

  • A linha de falha incorreta é exibida na mensagem de erro de script.

    O log de scripts do vRealize Orchestrator exibe uma linha incorreta de falha no rastreamento de pilha de erro.

    Sem solução alternativa.

Problemas diversos
  • O uso de scripts do vRealize Orchestrator para criar e atualizar configurações ou recursos pode resultar em um histórico de versões incorreto ou ausente.

    Quando você atualiza as configurações e os recursos por meio da API de scripts do vRealize Orchestrator sem chamar explicitamente o método saveToVersionRepository, o histórico de versões não é gerado para esse conteúdo. Isso poderá causar problemas se uma integração externa do Git for adicionada após o upgrade.

    Solução alternativa: Antes de executar o upgrade para o vRealize Orchestrator 8.2 Patch 1, salve as alterações feitas por meio da API de scripts. Consulte o KB 81575.

  • Executar o fluxo de trabalho Executar comando do SSH no plug-in multinó faz com que o fluxo de trabalho falhe.

    Anexar uma instância remota do vRealize Orchestrator usando o plug-in multinó e executar o fluxo de trabalho Executar comando do SSH, que é sincronizado a partir do repositório remoto, faz com que o fluxo de trabalho falhe.

    Solução alternativa: Para fazer com que o fluxo de trabalho passe com êxito, renomeie a variável local no fluxo de trabalho gerado para o elemento de script final Executar comando SSH. O script a seguir é um exemplo de correção:

    var r = remoteToken.getOutputParameters(); 
    result = r.get("result"); 
    errorText = r.get("errorText"); 
    outputText = r.get("outputText");
  • O tamanho do banco de dados vRealize Orchestrator é muito grande devido à tabela vmo_tokenreplay.

    A tabela vmo_tokenreplay é muito grande.

    Solução alternativa: Acesse o Centro de Controle. Em Propriedades da extensão, digite tokenreplay e desative a propriedade Gravar repetição para todas as execuções de fluxo de trabalho.

  • Importar em uma versão anterior do vRealize Orchestrator um pacote criado em uma versão mais recente do vRealize Orchestrator pode causar um erro.

    Os problemas de compatibilidade entre as versões do vRealize Orchestrator levam à incapacidade de importar em implantações anteriores do vRealize Orchestrator pacotes criados em versões de produtos mais recentes.

    Sem solução alternativa.

Problemas conhecidos anteriormente

Para visualizar uma lista de problemas conhecidos anteriormente, clique aqui.

check-circle-line exclamation-circle-line close-line
Scroll to top icon