Quando um pod do Horizon Cloud implantado no Microsoft Azure tem uma configuração do gateway, você deve criar um registro CNAME no servidor DNS que mapeie o nome de domínio completo (FQDN) inserido no assistente de implantação para as informações do balanceador de carga do Azure implantado do gateway do pod. Para uma configuração gateway externo com um endereço IP de balanceador de carga público, mapeie o FQDN que você inseriu no assistente de implantação para o FQDN público gerado automaticamente do recurso do balanceador de carga do Azure do gateway. Para uma configuração gateway interno ou externo com um endereço IP de balanceador de carga privado, mapeie o FQDN que você inseriu no assistente de implantação para o endereço IP privado do recurso do balanceador de carga interno do Azure do gateway. Você pode obter as informações do balanceador de carga do Azure na página de detalhes do pod no Console administrativo do Horizon Cloud, também chamado apenas de console.

No assistente de implantação, você forneceu:

  • O FQDN (por exemplo, ourOrg.example.com ou ourApps.ourOrg.example.com). Este FQDN é aquele que os usuários utilizam para acessar as áreas de trabalho.
  • Um certificado SSL associado a esse FQDN e que foi assinado por uma autoridade de certificação confiável.
Configuração de gateway externo com um endereço IP do balanceador de carga público

Se a implantação de pod for especificada usando-se um gateway externo com um endereço IP público, as instâncias do Unified Access Gateway implantadas serão configuradas com um recurso de balanceador de carga do Azure que tem um endereço IP público e um FQDN público gerado automaticamente. O formulário do FQDN público gerado automaticamente está no padrão vmw-hcs-ID-uag.região.cloudapp.azure.com, onde o vmw-hcs-ID corresponde ao padrão dentro do nome do grupo de recursos no qual residem as instâncias do Unified Access Gateway, e a região é a região do Microsoft Azure onde o pod está localizado.

Dica: A página de detalhes do pod exibe o FQDN público gerado automaticamente.

Para o gateway externo, o servidor DNS deve mapear esses dois FQDNs. Quando os endereços são mapeados, seus usuários finais podem inserir o FQDN como o endereço do servidor no Horizon Client ou usar o HTML Access para acessar as áreas de trabalho atendidas por esse pod.

ourApps.ourOrg.example.com   vwm-hcs-ID-uag.região.cloudapp.azure.com
Configuração gateway interno ou externo com um endereço IP de balanceador de carga privado

Quando você especifica o uso de um gateway interno ou de um gateway externo sem um endereço IP público em seu balanceador de carga, as instâncias implantadas do Unified Access Gateway são configuradas com um recurso de balanceador de carga do Azure que tem um endereço IP privado. O motivo comum pelo qual você implanta um gateway externo sem um endereço IP público é adicionar um firewall ou NAT na frente do balanceador de carga do Azure para remover a capacidade de se conectar diretamente a ele.

Dica: A página de detalhes do pod exibe o endereço IP a ser usado.

Para o gateway interno ou externo sem um endereço IP público em seu balanceador de carga, seu servidor DNS mapearia seu FQDN para o endereço IP privado do balanceador de carga do Azure implantado. Quando mapeados, seus usuários finais podem inserir o FQDN como o endereço do servidor no Horizon Client ou usar o HTML Access para acessar as áreas de trabalho atendidas por esse pod.

ourApps.ourOrg.example.com   Azure-load-balancer-private-IP

A página de detalhes do pod lista as informações necessárias para o mapeamento. Use essas etapas para localizar as informações apropriadas na página de detalhes do pod.

Pré-requisitos

O pod deve ser implantado com êxito no seu ambiente do Microsoft Azure, de acordo com as etapas em Guia de implantação do Horizon Cloud.

Procedimento

  1. No console, vá para Configurações > Capacidade e clique no pod para abrir a respectiva página de detalhes.
  2. Na guia Resumo, role para baixo na parte inferior da página e localize as seções denominadas UAG Interno e UAG Externo.
    Observação: A página inclui uma seção apenas quando o pod tem a configuração de gateway correspondente. Se o pod só tiver um gateway interno, só a seção UAG Interno aparecerá, não a seção para o UAG externo. Se o pod tiver ambas as configurações, ambas as seções aparecem na página.

    A seguinte captura de tela mostra a parte da página para um pod que tem os dois tipos de configurações, a interna e a externa.


    Horizon Cloud on Microsoft Azure: captura de tela das seções UAG Interno e UAG Externo.

  3. Para cada configuração do seu pod, localize o campo FQDN do Balanceador de Carga e copie o valor exibido.
    Opção Descrição
    Interno O valor exibido é o endereço IP privado do recurso do balanceador de carga do Microsoft Azure da configuração do gateway. Esse endereço IP numérico é atribuído ao recurso do balanceador de carga do gateway a partir da sub-rede da área de trabalho do pod.
    Externo com um endereço IP do balanceador de carga público O valor exibido é o FQDN público gerado automaticamente do recurso do balanceador de carga do Microsoft Azure no formato vmw-hcs-podID-uag.região.cloudapp.azure.com, em que região é a região do Microsoft Azure e podID é o valor do ID do pod. Esse ID do pod é exibido na página de detalhes.
    Externo com um endereço IP do balanceador de carga privado O valor exibido é o endereço IP privado do recurso do balanceador de carga do Microsoft Azure. Esse endereço IP numérico é atribuído ao recurso do balanceador de carga a partir da sub-rede da zona desmilitarizada do pod.
  4. Em seu servidor DNS, mapeie esse valor FQDN do balanceador de carga para o FQDN que foi fornecido no assistente quando o pod foi implantado.
    Opção Descrição
    Interno
    ourApps.ourOrg.example.com   Azure-load-balancer-private-IP
    Externo com um endereço IP do balanceador de carga público
    ourApps.ourOrg.example.com   vwm-hcs-ID-uag.região.cloudapp.azure.com
    Externo com um endereço IP do balanceador de carga privado
    ourApps.ourOrg.example.com   Azure-load-balancer-private-IP